Namorando e vamos ser amigos

Vamos ser honestos: ninguém agüenta a mesma mulher ou o mesmo marido por trinta anos com a mesma roupa, o mesmo batom, com os mesmos amigos, com as mesmas piadas. Muitas vezes não é a sua esposa que está ficando chata e mofada, é você, são seus próprios móveis com a mesma desbotada decoração. Apesar disso nós não sabemos ser amigos, e parece que vamos acabar nos afastando de novo, e mesmo sendo algo temporário ainda é destruidor Então é isto. Não sabemos o que fazer. Se alguém quiser falar alguma coisa sobre é bem vindo, qualquer dúvida pode perguntar também e eu tento responder. É um fato: se vocês eram muito amigos antes e começam a namorar, apenas para descobrir que o relacionamento não vai funcionar, a queda vai ser enorme. Você pode perder um namorado e um grande amigo tudo ao mesmo tempo – e esse é a maior ressalva para algumas das usuárias do nosso grupo. Tô namorando, e eu confio nele, mas ele possui alguns amigos próximos, e de vez em quando ele recebe nudes desse pessoal. ele diz que é só brincadeira e que não se importa. Mas eu acho isso detestável! Ninguém se sente bem de saber que seu namorado(a) ver nudes da melhor amiga por exemplo. N sei como agir. Vamos ser honestos – namorar é complicado. Quem você deveria namorar? Quando acontece o momento de definição da relação? Existem almas gêmeas? Quando devemos terminar o namoro? A boa notícia é: você não tem que descobrir as respostas para essas perguntas sozinho. Aprenda com as experiências de namoro de outras pessoas e como elas viram Deus trabalhando através desse Plano ... Amigos, existem os falsos, os que te abandonam por causa de namorado(a), os que não perdoam, os que julgam, os que tem inveja, os que vão embora e deixam uma saudade enorme, os medrosos, os corajosos, os ambiciosos, os apaixonados, os ruins, os bonzinhos, os que sempre acham que tudo vai dar errado, os que sempre te apoiam, os que sempre ... Após formarem um casal no BBB19 Alan e Hana decidiram serem só amigos, revelou o vice-campeão do reality ao site oficial do programa dias após afirmar que tinha vontade de manter a relação ...

Oii Luba, turma, editores, gatas e todo tipo de coisa que pode estar vendo ou lendo isso. Essa é a história de como um ex meu ficou obcecado por mim. (Essa história pareci de um nice people, mas não rola xingamento, então não sei como identificar kk)

2020.09.12 17:23 NaomyChan Oii Luba, turma, editores, gatas e todo tipo de coisa que pode estar vendo ou lendo isso. Essa é a história de como um ex meu ficou obcecado por mim. (Essa história pareci de um nice people, mas não rola xingamento, então não sei como identificar kk)

(Vamos um pouco pro passado, inicio do ano em fevereiro) Antes de a gente começar a namorar com ele, eu conheci uma menina ( vamos chamar ela de Rainara) e queria muito fica com ela, porém ela tava namorando, mas tinha dito que se a gente se encontrasse de novo nos poderíamos ficar se eu quiser se, logico que eu aceitei, como na época esse cara o Cars era meu melhor amigo, eu contei pra ele. (Se passou, agora em Julho) Eu era muito próxima do Cars, e ele começou a gostar de mim e me pediu em namoro, eu aceitei porque achei que gostava ele, umas semanas depois, eu tava percebendo que eu tava gostando da Rainara de um jeito diferente, ai eu me toquei que eu gostava do Cars como amigo e senti a algo mais pela Rainara. Terminei o namoro com ele. (Agora vamos pra, quinta feira agora, dia 10 de setembro) Eu pedi a Rainara em namoro e ela aceitou, no dia seguinte eu coloquei que tava namorando nos status e o Cars veio encher meu saco. (Hoje dia 12 de setembro rolo o seguinte dialogo, copiei a conversa do WhastApp mesmo porque é mais fácil como ele digita palavra por palavra eu tive que da meu jeito pra n fica tão longo) [02:55, 12/09/2020] Ser Insuportável: Vc Foi Desleal A mim Se era Afim Dela Não tinha Aceitado Namorar Cmg Como dizia Me amar Amando Outra Isso Tudo So por não estou ai Olha so Fassamos assim estou disposto a esquecer tudo isso apenas volte pra mim e vamos retomar um futuro que ainda temos pela frente
[08:55, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Vc sabe q tem como gostar de 2 pessoas ao mesmo tempo neh? No caso n é só pq você não ta aqui. Entenda EU TO NAMORANDO
[10:33, 12/09/2020] Ser Insuportável: Otimo Entt Pq Não nos 3?
[10:34, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Pq eu n gosto mais de vc? Entenda
[10:34, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Eu n gosto mais de vc
[10:39, 12/09/2020] Ser Insuportável: Mentira Isso E mentira E vc sabe So ta dizendo isso Pra que eu pare de insistir Mas não vou Pq eu te amo Quem ama cuida protege da carinho e nunca abandona Não faz isso cmg vey porfv volta pra mim🥺❤️ Quando nunca mais Achei Que fosse Feliz
[10:43, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Cara
[10:43, 12/09/2020] Ser Insuportável: Deus te colocou
[10:43, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Vai te fude
[10:43, 12/09/2020] Ser Insuportável: Na Minha
[10:43, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Entende
[10:43, 12/09/2020] Ser Insuportável: Vida
[10:44, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: EU NÃO TE QUERO MAIS, EU NÃO GOSTO DE VOCÊ, EU NÃO TE AMO MAIS
[10:44, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Entende
[10:44, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: EU TO FELIZ NAMORANDO UMA GAROTA INCRÍVEL
[10:44, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Entende isso
[11:10, 12/09/2020] Ser Insuportável: Mentiraaaaaaaaaa Pohaaaaaaa Para de mentir Pra mim Vc me ama Se Não amasse não teria me dado uma oportunidade
[11:10, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: desculpa
[11:10, 12/09/2020] Ser Insuportável: E vc que não entende isso
[11:11, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: mas acho q ta confundindo as coisas
[11:11, 12/09/2020] Ser Insuportável: Não
[11:11, 12/09/2020] Ser Insuportável: Não to
[11:11, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: como eu tinha falando antes, EU CONFUNDI AMIZADE COM AMOR, EU NÃO QUERO VOCÊ MAIS, EU TO NAMORANDO COM UMA GAROTA, entende as coisas! Não se confunda, se tu acha q é mentira o trem deu ta namorando eu te mando print deu pedindo ela em namoro
[11:13, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: entende cara: eu n quero vc
[11:14, 12/09/2020] Ser Insuportável: Olha eu posso ate se apaixonar por outra pessoa o que eu acho dificl e o coração obedecer Ele so pertence a vc Não vou deixar Vc Ir Eu amo vc e so quero vc Pra mim Não me peça para entender O impossível Mas eu peço para você compreender que eu te amo e eu não quero te perder
[11:16, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: cara só supera
[11:16, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: e para de encher a porra do meu saco
[11:16, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: tu ta a quase 1 mês no meu pé
[11:17, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: já n aquento mais vc
[11:17, 12/09/2020] Ser Insuportável: Fala o que vc quizer Mas eu não vou Desistir Ja disse Não vou
[11:19, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: só para de manda msg
[11:19, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: agradeço
[11:20, 12/09/2020] Ser Insuportável: Não Vou Para Vou mandar Ate Vc Perceber Que o unico Amor Da Sua Vida Sou eu
[11:22, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: O porra, para de ser obcecado por mim! Eu n gosto de vc!!
[11:23, 12/09/2020] Ser Insuportável: Não dá sempre que eu penso em você meu coração dispara sempre que eu tô dormindo tô querendo contigo sempre quando eu não tô fazendo nada tô sempre pensando em você não dá para esquecer um grande amor
[11:23, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: cara vc ta parecendo um psicopata obcecado, isso ta mt estranho e tbm fica mais estranho ainda pq vc é maior de idade, velho só para, só me deixa em paz Ai eu dei um block Minha namorada mandou mensagem pra ele falando que era pra ele parar de me incomodar, se ele quiser se amizade tava tranquilo que ela não se importava, mas que ele confundiu as coisas, etc (a mesma ladainha que eu já tinha falado) ele foi e xingo ela de todos os nomes possíveis e falou que a culpa de eu e o Cars terminamos era dela, sendo que a culpa foi minha de confundir as coisa E esse é o fim, espero que ele não me procure mais. Tenha um bom dia Sr. Leitor ^^
submitted by NaomyChan to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.09 04:41 kriskastro Cada vez mais quebrado e tentando juntar os cacos

Gente, já li de tudo por aqui e adoro os temas sobre relacionamento. Dessa vez chegou a minha vez de desabafar. : PS: Sorry pelo textão, mas é que eu preciso externar um pouco de tudo pra ver se me serve de alguma coisa.
Já não sou mais um adolescente, mas também não chego a ser já um adulto de meia idade; mas tá perto rs. Tenho 27 anos, já beirando os 28. Nunca engatei definitivamente em um relacionamento sério e nem sei se sou preparado para isso efetivamente, serio mesmo. Minha família é meio fudi* sobre relacionamentos. Pais separados, confusões aqui e ali e até pelo que pude perceber sobre os que estão além dos meus pais, digo tios e tias, a situação não é muito animadora ou exemplar. Enfim, sinto até que de alguma forma por não ter bons exemplos ou referências em casa isso de alguma forma pode ter me afetado, me travado, ou até mesmo me ter deixado com um certo nível de ansiedade/panico. Sei lá. Moro com a minha mãe ainda e meu irmão mais novo.
Sou uma pessoa que simplesmente não sai e resolveu viver isolado na sua própria bolha; diria até que com poucos amigos próximos, digamos assim... (sabe daqueles que você pode literalmente contar com eles para o que der e vier? Pois é.). Já sou formado, pago as próprias contas, ajudo até de certa forma a segurar ainda a estrutura financeira abalada em casa. SIM, meu pai era o provedor do dinheiro como toda "família tradicional" brasileira; mas hoje me dia minha mãe já tem a fonte de renda dela que se complementa com a minha. E meu pai acho que ainda ajuda só por conta do meu irmão mais novo mesmo.
Enfim, sinto que o tempo vai passando e passando e a maneira como eu vivo hoje me incomoda. Não quero ter esse papel de "pai provedor" da família que eu ainda não tive, se é que me entendem. Sinto que preciso mudar e sair dessa zona de (des)conforto, mas ao mesmo tempo vivo um dilema entre a responsabilidade para com aqueles que estão comigo e a vontade de construir algo meu, a minha própria história. Agora assim, sair de casa pra (sobre)viver e ficar a ver navios é foda, até pq a vida sozinho é bad trip total. Nessa parte, já quero introduzir o tema o relacionamento que até então são inexistentes; penso que de alguma forma quando você tem alguém que vale a pena você lutar para que as coisas deem certo, e obviamente a pessoa também queira, de alguma forma os dois conseguem encontrar alguma felicidade em meio a tudo, mesmo diante das dificuldades.
Mas vamos lá que já estou é divagando aqui. Sobre relacionamentos: sou uma pessoa extramente fechada. Não saio. Como disse, sou de poucos ou quase nenhum amigo próximo. Não considero conhecidos ou colegas de trabalho como alguém que se pode contar muito, sabe. Obviamente pra não pirar da batatinha, pelo menos cresci aderindo ao hobby de jogar video games pra aliviar um pouco o estresse e até a deprê - na verdade herdei esse hobby da adolescência e acho que os sentimentos meio depressivos também. Tenho ps4 que mal jogo hoje em dia, mas ainda me divirto um pouco no pc com uma galera muito massa no lol kk. SIM. 27 anos jogando ainda League of Legends. Mas voltando... pra piorar um pouco, tenho de certa forma uma atração, ou sei lá um imã, pra garotas que são bem peculiares, digamos assim.
O meu primeiro contato na adolescência que talvez pudesse ter rendido um relacionamento foi com uma garota que conheci no Tinder. Eu deveria ter uns 17 anos mais ou menos. Nem tinha entrado na faculdade. Ela era gata e inteligentíssima, mas não me recordo o nome dela. Sente o drama: depois de semanas conversando e praticamente se descobrindo quase que nascidos um pro outro, ela me revelou que fazia tratamento para câncer e já faziam anos e mais anos na luta. As fotos dela eram de peruca, sabe. Tanto que depois de semanas ela começou a me mostrar as fotos já carequinha. Ela morava no interior e vinha de tempos em tempos aqui pra cidade fazer o tratamento dela. O namorado dela a deixou depois dessa bad trip. Enfim, um negócio pesadíssimo. Quase como A culpa é das estrelas. : O tempo passou, coisas aconteceram, a vida foi entrando numa velocidade frenética. A faculdade chegou, as provas, os semestres, os estágios, a rotina maluca e simplesmente fomos aos poucos deixando de nos falar e eu simplesmente não sei o final dessa história. Mas me arrependo quase que amargamente de não ter ido conhecer ela pessoalmente independente do desfecho.
Na faculdade, me apaixonei por uma garota. Mas nem vou me alongar muito. A thread da facul: depois de anos estudando juntos, me declarei pra essa garota e para minha surpresa uma amiga nossa em comum também fez a mesma coisa. A garota da história é bi e eu tinha total consciência sobre isso, mas só fiz o que meu coração mandou. Enfim, esse negócio não foi nem pra frente e nem pra trás. Nem eu e nem a nossa amiga em comum ficou/namorou essa garota. Mais uma vez o tempo foi passando e passando... até que terminei a faculdade e até onde tive notícias, hoje a garota que eu era apaixonado está namorando um cara aí. Enterrei esse amor e deixei o tempo cumprir o papel dele. Aconteceram outras coisas na faculdade também entre eu e uma outra miga, mas nem vou comentar pq não vem ao caso, simplesmente não era para ser e pronto e o pior é que até transa sem camisinha rolou kk #medo, mas calma que teve pilula e teste após isso. Então, nada de filhos não programados. Amém.
Após a facul e agora sim em um tempo mais recente. No trabalho, há uns dois anos atrás descobri que uma garota era perdidamente apaixonada por mim. Isso era novidade pra mim que já estava acostumado só com amor não correspondido, mas o drama aqui é que eu simplesmente não sentia a mesma coisa por ela. Olha só que ironia, não? Isso é foda, pq eu sabia como era gostar de alguém e isso não ser recíproco. Mas enfim, a garota foi demitida e com a demissão acho que foi-se qlq esperança de se construir algum amor - isso para os que acreditam que esse trem é construído tijolinho, por tijolinho. Eu só simplesmente não sei como funciona, desculpa.
Há seis meses atrás ou até mais, meu coração resolveu bater mais forte por alguém mais uma vez. Mais uma coisa que simplesmente não sei o pq diabos acontece, mas já aceitei que a vida é assim. Ela é uma colega de trabalho. O tempo passou, ficamos íntimos, conversamos muito, mas muito mesmo sobre absolutamente tudo. Literalmente tudo. A pandemia chegou e até hoje estamos de home office :p. O drama aqui é que eu resolvi me declarar para ela. Abri o jogo. Coloquei as cartas na mesa e joguei para ver o que iria dar. Como resposta tive um surpresa e um desagrado ao mesmo tempo. A surpresa foi em saber que ela se preocupa comigo tanto quanto eu me preocupo com ela, mas amigos... o sentimento que temos um do outro é bem diferente. Infelizmente! Ah e o drama aqui não vou entrar em muitos detalhes, mas a thread só não chega a ser pior do que a minha primeira história e a segunda. Talvez seja pior que a segunda. Envolve uma infância bem conturbada da parte dela, abusos do pai e até relacionamentos abusivos de ex. Mas como disse, não vou entrar em detalhes. Enfim, essa semana tive a noticia de que ela está com um cara ai e é isso, amigos. Mais uma vez quebrei-me em mais um monte de pedaços antes mesmo de saber o que é um relacionamento.
Agora assim, sabe o que é o pior de tudo? A sensação de baixa-autoestima que você acaba criando e acho que até uma certa ansiedade/nervosismo ou sei lá o que. Um sentimento quase como: qual é o meu problema? Será que eu não sou uma pessoa interessante? Estou fora do padrão do que costumam encontrar por ai? Enfim, neuroses que nem vale a pena perder tempo pra não cultivar bad trips. O tempo só vai passando e não há nada que eu possa fazer a respeito a não ser aceitar que as coisas são como são e pronto. E que simplesmente não sirvo para relacionamentos. Talvez isso me conforte de alguma forma.
submitted by kriskastro to desabafos [link] [comments]


2020.08.27 23:21 _Suh_55 Sou babaca por me apaixonar pelo crush da minha melhor amiga???

Olá Luba,editores,plantas e papelões e possíveis convidados,hoje estou fazendo minha primeira historia e quero saber se sou a babaca ou não.
Bem,tenho uma melhor amiga desde infância e desde que nascemos ,vamos chama-la de "a loirinha" ,e bem com o tempo eu tinhamos nos esquecido uma da outra (pois éramos crianças) então um dia minha mãe mostrou uma foto minha com a loirinha e eu decidi conversa com a mesma no outro dia na escola ,e desde então nos tornamos amigas denovo e por ai ficamos best friends ate o 7° ano ,ate que um dia a loirinha me convidou para sair pra vender trufas e empadinhas com os amigos dela,então ok ate ai td bem aceitei ir ,depois da escola fui pra casa,me troquei e minha amiga chegou em minha casa para me buscar (estava de noite,acho q umas 19:00) e eu vi um garoto lindooo ,maravilhoso do lado dela !! Vamos chama-lo de "Carls" ,mas ai ela falou "miga esse aq é meu mariduuu ,minha propriedade nao toque nele ;)" e o abraçou ,na hora me apaixonei.Depois disso td no outro dia na escola ficamos amigos eu,a loirinha e o carls ,mas eu ficava mal pra krl ver os 2 juntos e eles na vdd nao namoravam nem nada ,mas o carls meios q pegava nós 2 quando tinha a oportunidade de ficar com uma de nós 2 a sos ,e nós 2 ficávamos mal pra krl ,pq nós 2 éramos apaixonada pelo mesmo boy ,e toda noite eu e ele mandavamos mensagem um para o outro (o carls e eu) e ele ficava dando em cima de mim como eu dava em cima dele tbm!!,Eu ficava mais apaixonada ainda.Então a loirinha já sabia q eu gostava do carls e eu sentia q ela me odiava por isso ,mas ai td bem passou o tempo ai a loirinha chegou em mim e falou que gostava de outro menino que eu poderia ficar com o carls de boas (GRAVEM BEM ISSO,ELA DEU "PERMISSÃO" PRA EU FICAR COM ELE!!) e estava chegando meu aniversário de 13 anox <3 e a loirinha na casa dela falou pro carls" po ,tive uma ideia ,pra vc da um presente pra Suh,pq vc n pede ela em namoro???" então no outro dia na escola A loirinha juntou eu e o carls e tipo...JEITO SUPER ROMÂNTICO DE SE PEDIR O OUTRO EM NAMO NEEEH???Ele me pediu na quadra da escola durante meu recreio!!e falou tipo "eae quer ficar cmg??" eu fiquei super timida e LOUCA!!nao acreditando no que ouvi e eu aceitei ,claro ,se passou uma semana e chegou o dia do meu aniversário e claro, convidei a loirinha,o carls e mais um garoto q era nosso amigo ,nos divertimos ,então no outro dia quando estava indo pra escola meu amigo (vamos chama-lo de Gabi ) chegou correndo em minha direção todo ofegante falando "SUUH o carls falou q quer terminar contigo!!" eu nao acreditei nele ,claro ,pois o carls sempre me dizia q me amava...quando cheguei no portao da escola ,a loirinha chegou com o carls com a cara de quem sabe q vai da merda ,e eu ouvindo música de boas o carls chegou em minha direção e falou "quero terminar com vc" e eu fiquei em choque ...fiz um puta drama me joguei no chão e fiquei sentada e fiquei chorando ali mesmo...enquanto o carls ia com seus amiguinhos sem o minimo pingo de remorso ...e eu sai correndo feito criança no braços da conselheira da escola e contei td...
Se passou um tempo e a loirinha voltou a ficar com o carls e eu ainda nao tinha superado ele,E ela sabia q ela estar com ele me machucava pra krl ,e sofri com isso durante muito tempo vendo os 2 juntos , o carls me dava bolos quando íamos marcar de ficar juntos pra ficar com a loirinha...E eles me viam chorando e simplesmente me deram as costas e nao tavam nem ligando se aquilo me machucava ou nao ,nunca me perguntaram "Suh vc esta bem com eu e o carls juntos??" ...e o carls sempre ficava nervoso quando eu perguntava oq eles faziam sozinhos...e ele nunca me contava a vdd ,ai se passou mais uns tempinhos e eu e o carls voltamos a namorar mas ai ele me falou "mas ninguém pode saber .." e eu topei já q eu estava "cega" por ele ,passou um tempinho e ele ainda estava com a loirinha e eu ficava super CIUMENTA com aquilo!!!Ate que me cansei e decidi falar pra loirinha "Olha acho q n estou sendo sincera com vc e nem o carls,então vou te falar ,eu e ele estamos namorando escondidos de vc" ai ela ficou puta pra krl cmg e começou a me humilhar na frente da classe inteira(todos estavam olhando) e o professor fez porra NENHUMA!!apenas falou" opa vamos acalmando os animos??" e ela continuou me humilhando falando "garota PQ EU ACREDITARIA EM UM SER TAO FRACO COMO VC??VC N ACEITA NEM UMA VDD NA CARA Q EU E O CARLS GOSTAMOS UM DO OUTRO !!!VC É ASSIM PQ VC É FRACA,VC É UM LIXO!!!" me lembro de cada momento e palavras...e ela amassou um papel e atacou em minha cabeça e disse "lixo no lixo,nem dói né!!!??" Eu corri pro banheiro e fiquei chorando lá....(e pra piorar tenho crises de ansiedade) Então desde então paramos de ser amigas ...mas pensa q acabou?Ai q vem a treta meu caro Lubisco ,contei td pra minha tia q a propósito faz barraco quando é preciso!E OQ A vó da loirinha nao sabia é q a vó e minha tia já tinham brigado uma vez mt feio e minha tia q saiu com razão ,Então a loirinha "parou" de mexer cmg ...mas ela sempre manipulava todos da escola pra se afastar de mim,ate q todos os amigos q eu tinha se afastaram de mim por culpa dela q ela os manipulava espalhando coisas minha q n quero citar... Fiquei como a "louca" da escola ..ela sempre se fazia de vitima para as pessoas e me fazia sair como a vilã ..pras diretora ela dizia q eu roubava os brinquedos dela quando éramos crianças (q era mt mentira isso..)
Desde então não somos mais amigas,mt pelo contrário,todo o amor e carinho q tínhamos uma pela outra virou odio e rancor (viramos rivais) ,mas eu e o carls namoramos por mt tempo desde então quando ele se afastou dela e decidiu ficar cmg ...mas dps de quase 1 ano terminamos por causa de ciumes obsessivo do carls ...mas agr estou com outro boy mt fofo tem os mesmo gostos e personalidade <3 e estamos bem (esse ano ,e fiz 14 anos)
E aqui em casa meus pais e eu somos proibidos de citar o nome dela por acreditamos q trás "briga" pq sempre q falamos o nome dela acabamos brigando.
submitted by _Suh_55 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.27 09:02 SLAPPVISHKK Fiz um teste social com meus "amigos" sem saber.

Hola luvra (eu sei que ele tá de férias mais eu só queria compartilhar isso aqui) gatas incriveis editores incriveis e papelões (ou o que sobrou deles kkk) e turma que está á veler.
Bom tudo começou quando eu mudei de escola depois de cinco fucking anos eu estava em uma escola nova onde não conhecia absolutamente ninguém. Então como qualquer pessoa eu queria fazer amigos porém, eu sempre tive problemas com isso porque eu sou meio estranho quando eu fico muinto a vontade (então dá pra imaginar que as pessoas me ignoravam muinto por causa disso né?). Então a solução que eu encontrei pra isso foi fazer uma coisa que eu fazia com muinta proficionalidad (leia com a voz que o Luba faz pro Meme Man) e o que era? Mentir óbvio (pra caso você não saber, tem niveis que você pode ir em uma mentira que vai de algo ser verdade, mentira, uma mentira muinto bem contada, uma história tão absurda que só pode ser mentira e uma história tão absurda de improvavél que só pode ser uma verdade). Então eu comecei a mentir usando fatos tão absurdos que ninguém disconfiaria que podia ser mentira. Então criei algumas amizades com isso, e isso continuou por quatro anos ( e isso não é um exagero). O que aconteceu depois de um tempo eu menti que sobre estar namorando, só pra ter um conforto e atenção de outras pessoas mais depois de um ano aconteceu o pior, eu fiz amizade com uma menina (que vamos chamar de Rainara) que eu já conhecia por causa de outras amizades mais nunca era tão proximo dela, mais quando eu descobri que ela era praticamente eu quanto fico muinto a vontade eu fiquei muinto próximo dela e comecei a gostar dela. Mais eu teoricamente estava "namorando" né? Então não tinha como eu ficar com ela ainda mais porque depois de um tempo ela começou a namorar também (FUCK) então eu simplismente desisti de tentar ficar com ela também por respeito com ela já que de fato ela era a minha melhor amiga. Ou isso era o que eu pensava até ela términar com aquele cuzão e ficar solteira e carente. Mais no resumasso eu comecei a namorar com ela usando a mentira que eu términei com a minha ex (o que nunca aconteceu já que até aquele ponto eu nunca fiquei com ninguém). Ai que me caiu a ficha que sem querer eu fiz um teste social com todos os meus "amigos" (o teste que eu fiz sem querer pra quem não entendeu foi: Eu praticamente provei sem querer que as pessoas se enteressam por quem tem uma vida absurdamente interesante e com as minhas mentiras eu fiz a minha vida interresante com fatos falsos [eu sou um gênio do crime]). E eu comecei a me sentir culpado não porque eu fiz um teste social mais sim porque eu percebi que as minhas mentiras tomaram um rumo que eu não tinha mais controle se eu nunca falasse a verdade mais mesmo assim eu não parei de mentir pra justamente eu tentar manter meu namoro com a Rainara. Mais aconteceu o pior, a Rainara términou comigo porque ela ficou traumatizada com o primeiro namoro dela (que foi um relacionamento extremamente tóxico diga-se de passagem). E foi aqui que eu perdi o controle das minhas mentira. Porque eu estava metindo sobre a minha saúde mental pra tentar voltar com ela ( eu sou o babaca realmente) mais o pior é que de fato eu desenvolvi uma psicopátia e comecei a tomar muintos anti-psicoticos pra controlar isso. Eu cheguei em um ponto que eu recentemente eu tive que contar toda a verdade para a Rainara. Eu não sei o que vai acontecer agora depois dessa saga que foi na minha vida e eu estou com medo de perder algumas dessas amizades.
Eu estou contando isso aqui porque eu precisava de algum lugar pra desabafar e eu lembrei da melhor comunidade do Youtube então aqui foi quase uma sessão de térapia pra mim. E se por alguma conhecidencia desgraçada algum dos meus amigos que eu fiz nessa fase da minha vida estiverem lendo isso, eu só pesso desculpas.
submitted by SLAPPVISHKK to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.21 17:11 PokerLucky84 Nice People from past

Bom apenas um relato, vou resumir o backgound history que é de suma importância.... quando colocar datas, é para contextualizar a "situação"
2000 - Conheço a Carls
2002 - Entramos para uma federal "perto" de onde morávamos..
2004 - Vamos morar juntos em uma "republica" cada um em um quarto....
2004/2 - No segundo semestre devido a falta de dinheiro vimos que teríamos que rachar um quarto, nesta época rolou "brotheragem" entre eu e a calrs, estávamos Financeiramente fodidos, e a faculdade consumia todo o nosso ser, ja que ela era integral, nos sustentávamos fazendo bicos de garçom e outros)
2007 - conseguimos nos formar, cada um seguiu a sua vida, eu me mudei pra um outro estado, ela voltou para a cidade onde morávamos, Neste 12 anos que ficamos longe ainda mantínhamos o contato, mas a vida cotidiana acaba afastando as pessoas, neste meio tempo ela casou, teve uma filha, divorciou-se mergulhou em uma depressão profunda por anos (onde inclusive foi preciso intervenção para interna-la), ela se recuperou, e algum tempo ja esta reconstruindo a sua vida.
2019/2 - Me recusei a fazer algo inescrupuloso na empresa onde trabalhava por 10 anos, pedi conta, voltei para a cidade natal.
Hoje - Arranjei um novo trabalho no Inicio de 2020, e hoje tenho mais controle sobre todos aspectos da minha vida do que jamais tive morando em SP.
Começa a historia aonde a empresa decide contratar uma outra profissional para ajudar o time B, essa profissional era carls.
A carls é uma mulher de personalidade muito forte, perfeccionista, o que acaba sendo "qualidades" importante para a tarefa que desempenhamos.
No meu time, acabo recebendo muitos novatos e estagiários, pessoal jovem (sim sou boomer) acaba tendo mais energia, e ate a maneira de se relacionar com companheiros de trabalho acaba diferente....
Aqui começa a besteira toda.
antes da quarentena, todo mundo no meu time acabava indo para um happy hour, e de vez em quando carls aparecia, mas as coisas começaram a mudar quando uma guria inclusive é filha de um amigo nosso começou a trabalhar para gente.
Numa dessas compartilho um stories onde a "guria" e o resto do time esta comemorando um importante marca que atingimos. então ela me chama no privado e manda uma mensagem
-Sua esposa sabe disso?
-Ola Carls, Bom dia, sabe de que?
-Voce de rosto coladinho com a varls filha do john.
-ué.... o que que tem isso?
-ela não se importa?
-não, deveria?
-voce tem que se dar o respeito, voce é chefe deles....
(nesta hora pensei em dar uma reposta mais brusca, mas decidi levar o papo na moral.)
-Olha carls, Chefe, é o brals, eles são minha equipe, eles são foda pra caralho no que fazem, são excelente pessoas, não sei porque voce pensa desse jeito, mas não ligo.
-ahh poker(eu), eu nao confio em estagiários, e também não confio em homens...
-pera ai, o que tem uma coisa a ver com a outra.
(neste momento ela da uma pausa longa e depois continuou)
-é realmente isso não é da minha conta, mas se fosse eu, eu não faria isso.
-calrs, que inferno, o que voce esta falando?
(nesta hora eu entendi, só queria ver o que ela iria falar, o negocio pegou foi porque ela achou desrespeitoso eu tirar uma foto com a varls, naquela epoca fiquei sabendo que a varls estava quase namorando com o ex marido da carls, por tabela ela achava que varls estava dando em cima de mim).
-poker voce tem que ter mais cuidado com o jeito que voce trata os seus subalternos (sim ela disse essa palavra), principalmente as meninas, se não vai ser desrespeitoso com sua esposa.
(como eu disse la em cima, minha esposa não se importa, chegamos ao um nivel de confiança um no outro que sabemos aonde estão os limites, nessa hora soltei os cachorros)
-Carls, olha não tenho culpa se por acaso voce casou com fulano e na epoca ele era um FDP que te deu um pé na bunda depois que voce teve depressão, eu não iria me envolver com alguem do trabalho, ou qualquer outra pessoa, não foi porque a gente fodia quando jovem e eramos livres que eu vou repetir esse comportamento aqui, eu acho que voce tem que cuidar da sua vida, nada mais que isso.
nesta hora o selo de nice girl veio.
-nossa voce se acha a ultima bolacha do pacote né? se enxerga filho, eu fui a mulher mais bonita que voce ja ficou.
(realmente ela continua extremamente bonita, mas ela não conseguiu conectar-se a alguem para entender que beleza não faz companheirismo, ou te da força em horas difíceis)
-realmente carls, o problema é que voce não viu que beleza não preenche caráter.
-vc ta me chamando de sem caráter poker.....
(aqui vou poupar voces das coisas que ela me disse, porque algumas são +18, mas é aquele mix, de sempre, sou muito bonita, sua esposa é feia, varls é feia, voce deveria ter me chamado para namorar naquela epoca, sou uma profissional muito melhor que voce, voce esta fardado a ruir).
-carls se voce esta infeliz na sua vida pessoal, olha.... não vem descarregar essas merdas na minha, to na nice, to tranquilo, felizão com o meu trabalho, se vc tem algum problema pessoal com alguem da minha equipe, vai la e fala pra pessoa no pós expediente, desculpe se eu não tive uma vida fodida como a sua, que não tive uma pessoa que me tratou como merda, e que sou realizado profissionalmente, olha vou te tratar normalmente e fingir que isso aqui nunca ocorreu, em respeito pela amizade e todas as merdas que passamos juntos no passado.
- ai voce joga a minha depressão na minha cara como se fosse culpa minha....
(nessa hora eu ja vi que tinha descarrilado o trem, simplesmente relevei e disse)
-caso você não saiba ler, disse para voce não vir descontar suas frustrações em mim, e te dar a dica, o plano de saúde da empresa tem terapeuta ta?! da uma passada lá, porque da pra ver que voce tem uma lista de coisas não resolvidas na sua vida.
Dias depois ela pediu uns dias, hoje teve uma reunião (agora a pouco na verdade) ela se quer me olhou na cara....
PS:Eu tenho os prints dessa patacoada toda, mas tenho quase certeza que a filha dela assiste o luba, e possivelmente conhece o sub.
submitted by PokerLucky84 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.11 15:53 raposi42 SOU A BABACA POR BEIJAR ACIDENTALMENTE A NAMORADA DO MEU MELHOR AMIGO E FICAR COM RAIVA DELE?

Olá Luvas Foinochute, gatitas, editores, seres animados e desanimados do estudio do Luvas e turma que está a ler. Essa é uma história que faz tempo que quero compartilhar na turma feira, mas se não chegar no Luvas espero que ao menos alguém faça um haha ou solte arzinho pelo nariz lendo.
Então vamos lá Em 2016, conheci um amigo online através de um grupo de RPG, mas eu morava do outro lado do RS, então ficamos conversando só por mensagem por um bom tempo. O chamaremos de Calrs. Eu acompanhei os namoros e terminos dele e ele acompanhou os meus, e assim, ficamos muito amigos chorando no ombro um do outro e jogando juntos. Em 2018 eu fui morar na mesma cidade que ele (onde ja tinha morado antes) e finalmente nos conhecemos pessoalmente. Nessa época ele ja estava namorando uma menina há algum tempo e estavam muito bem juntos, e eu tinha avompanhado a distância o começo desse namoro. Foi muito fofo, de verdade. Vamos chamar ela de Carlsa. Eventualmente, ele me apresentou a um grupo de amigos dele, onde conheci meu namorado. Tudo era flores e felicidade ate que as coisas começaram a ir mal com o meu namorado e nos terminamos, mas naquelas de continuar amigos. Nessa época era final do ano e era pra ter a última sessão de RPG do ano, onde era muito óbvio que o meu ex estaria, mas eu decidi ir mesmo assim. Nessa época tambem, eu e a Carlsa tinhamos nos tornamos amigas e estavamos jogando juntas naquela mesa. Em um dado específico momento, estavamos ambas de pé, lado a lado, de ombros encostados, olhando algo na mesa, e nos viramos para nos olhar ao mesmo tempo. ACIDENTALMENTE (muito importante registrar) eu dei um SELINHO nela. Um selinho. Sabe selinho que as pessoas dão ate pra se cumprimentar? Esse selinho. Talvez valha ressaltar aqui que sou bissexual (mulher) e que eu realmente gostava muito da menina, mas eu nunca tentaria nada com ela, ate pq já via ela como uma irmã. Claro que a gente quase morreu de vergonha e fugiu cada uma pra um canto. Até ai acho que tava tudo bem. O problema foi no dia seguinte. Naquela noite, eu estava um tanto incomodada com a presença do meu ex, e quando eu fui embora, ele disse que me levava. Eu disse que não precisava, mas como ele insistiu, eu aceitei. Não ia precisar pagar uber ne. Ele me levou e é óbvio que eu não me estressei, pq eu sou uma pessoa muito calma. O pior foi dormir e acordar com uma penca de mensagem do Calrs por que eu tinha "beijado" a namorada dele e que ele não podia mais confiar em mim. Primeiro eu pedi desculpas e tentei explicar que foi um acidente, mas ele disse que não ia mais poder confiar em mim. Depois ele me falou que a Calrsa teve uma crise de ansiedade por causa daquilo e que a culpa era minha. Aparentemente, ela contou e alguem que viu a cena tambem falou e fez parecer que eu tinha feito tudo de propósito so por que ele não estava olhando. Assim eu perdi contato com aquele grupo por um bom tempo. Com o tempo eu fiquei com raiva dele por ter jogado nossa amizade no lixo daquele jeito por causa de um acidente ridículo desses, e depois eu so fiquei triste por ter perdido um grupo inteiro de amigos de uma só vez. Hoje em dia eles ainda namoram e ambos estão muito bem, e eu fico feliz por eles. Ate voltei a ter contato com esse grupo de RPG, meu ex acabou por se tornar meu amigo mesmo apesar de tudo que aconteceu, mas nunca mais foi a mesma coisa. Hoje me sinto extremamente deslocada com eles, como se não fosse bem vinda naquele grupo, mesmo sabendo que deve ser só paranoia minha, sinto que estão todos contra mim de alguma forma, mas ainda é meu único grupo de amigos nessa cidade.
Enfim, fui a babaca por ter beijado a namorada do meu amigo e guardado rancor pelo jeito que ele me tratou depois?
submitted by raposi42 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.11 00:33 maluzinhagameprays um almoço homofobico pt 3

oi pela terceira vez luba,editores, gatas, papeloes, e leitor ;)
estou aqui para terminar a historia do " almoço homofobico ".
peço perdao pelo nome [email protected], mas é que a historia ia ser outra, so que resolvi contar desde o inicio e nao troquei o nome chat.
as historias nao serao muito grandes pois n consigo escrever por muito tmp, se n fico com dor de cabeça kkkkkkkkkkkkk
enfim,nos paramos na parte da foto,entao,boa historia a todos <3
a foto foi tirada pela a minha melhor amiga " carla ", mas eu nao sabia da existencia da foto ate o grande dia do almoço homofobico.
alguns meses se passaram, e no inicio de 2018, eu e a aninha comecamos a namorar.
eu ja estava com 15 anos, e ainda ao tinha coragem de me assumir como homosexual, mesmo namorando.
aninha havia se assumido como bissexual no final de 2017, ela foi super apoiada pela familia e amigos e etc.
um final de semana, algumas semanas de começarmos a namorar, minha mae fala que vamos almoçar na casa da minha avó e que eu podia levar uma amiga ou amigo.
falei para a aninha, convidei, ela e ela disse que poderia ir sim, pois amaria conhecer minha familia e que seria uma boa chance para eu me assumir.
nos fomos.minha mae foi buscar a aninha na casa dela e postamos uma foto no insta " indo p casa da vo com a amig.., quer dizer, namorada hahaha".
(isso foi um belo erro)
a carla foi perguntar o porque eu chamei a aninha e nao ela, falando que desde que eu tinha comecado a namorar eu tinha esquecido ela e talz.
depois que chegamos na casa da minha vó, a aninha foi se apresentar e coisas assim, e depois de uns 15 minutos fomos almoçar.
eu,sendo vegetariana desde pequenininha, nao comi muito, e minha mae tentando dar aquela de "mulher fitness ocupada e moderna " (suspeitosamente especifico), terminou de comer, pegou o celular, e viu uma mensagem, mais especificamente uma foto que a carla havia enviado e adivinha oque era?
EXATO
a foto minha e da aninha
minha mae S U R T O U
ela gritou, esperniou, chorou, quase bateu em mim mano
começou a chamar eu e a aninha de nojentas e todo aquele papo de "deus nao vai te aceitar " ou "voce vai p infern0"
eu tentava nao demostrar raiva, mas eu fui logo socorrida pelo resto da minha familia
minha vó, primos, tias e tios me defenderam, disseram que a unica nojenta ali era a minha mae e que quem iria p infern0 era ela e etc
acabou que, no final,minha mae se arrependeu e eu perdoei minha melhor amiga.pode parecer meio babaca da parte dela, mas ela realmente se arrependeu. hoje moro em paz com minha mae e o meu pai, e eu e a aninha continuamos nosso relacionamento. ;)
obrigada por lerem e se vcs quiserem eu coloco uns extras aqui no reddit sobro as historias ksks
obrigada turma,desculpem pelo tamanho pequenos dos textos anteriores <3
submitted by maluzinhagameprays to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.06 06:08 denesfernando Sou Babaca Por Querer Que O Namorado Da Minha Amiga Não Passe Mais A Quarentena Aqui E Volte Pra Casa Dele?

Olá Luba, editores, gatas e Turma. Essa história que vou compartilhar aqui é recente, ainda estou tratando em terapia, mas ela começa um pouquinho lá atrás.
Um ""pouco"" de background para situar a todos de onde tudo isso começou.
Em 2013 comecei namorar um cara que vou chamar de Karen, por ele ser muito, mas muito CUSÃO (inclusive, ele se parece muito com você Luba e por vocês serem tão idênticos, eu passei um bom tempo sem assistir o canal, pois não conseguia te ver sem lembrar dele). Mas, enfim, em 2015 ele e o grupo da faculdade dele decidiram morar todos juntos em uma casa perto da faculdade, pois estava exaustivo para todos trabalharem em pontos distintos da cidade (São Paulo, para se alguém quiser se situar).
Então, em janeiro de 2016, eles se mudaram e eu ia para lá aos fins de semana, até que acabei me mudando para a casa em Junho do mesmo ano, no dia do meu aniversário.
Pois bem, foi uma fase horrível da minha vida por causa do meu ex, terminamos em maio de 2017 e tive que sair da casa. Esse meu ex era um abusador, um aproveitador, a pior pessoa que eu poderia ter conhecido na minha vida. Os abusos psicológicos que ele cometeu comigo, afetaram totalmente minha confiança e em como eu viria a me relacionar com outros caras, fora as crises de ansiedade que eu arrasto até hoje.
Mas então, eu fiquei amigo dos amigos dele da faculdade e em especial da Karls que virou minha melhor amiga.
Em 2017 eles terminaram a faculdade e em 2018 o contrato da casa venceu e eles finalmente poderiam se mudar, áquela altura ninguém suportava mais olhar pra cara do Karen.
Então, foi nesse momento, que a Karls e o Akarls me chamaram para vir morar com eles numa nova casa. Sem o Karen. E hoje nós três vivemos como uma família feliz com os nossos pets.
2019
Eu conheci um cara, eu vou chamar ele de Lars.
Lars e eu começamos a trocar mensagens, se conhecer, nos aproximarmos. Até então, antes dele, todos os outros caras que eu acabei ficando, não davam certo, (tem muito gay problemático nessa cidade). Mas Lars foi diferente, conforme nos conhecíamos, ele ia transpondo todas as muralhas que eu usava como defesa, pois meu maior medo seria voltar para um relacionamento abusivo, tóxico e doentio.
Com o Lars eu fui bem devagar, realmente queria conhecer ele, pra ver se o que eu estava sentindo era o certo e se ele não iria me fazer mal.
Nesse tempo conhecendo ele, eu desabafava com Karls todas as minhas inseguranças, pois ela tinha vivido todo o meu drama com o meu ex, ela sabia dos meus medos, receios, inseguranças em me relacionar com alguém e ela me dava todo o apoio, pra poder voltar a acreditar e saber que nem todo mundo é igual o Karen, que na verdade eu dei azar com o Karen, mas que não seria assim de novo.
Depois de tantos embates sobre minhas agruras eu acabei me desarmando e me permiti começar algo com o Lars.
Um mês e meio depois, finalmente decidi trazer ele em casa, para conhecer meus amigos e 😏.
Então, foi nesse fim de semana de novembro de 2019 que coisas aconteceram.
Depois de ficarmos, acabei aceitando os meus sentimentos por ele, pensei que depois de tanto tempo solteiro, passando por aventuras fracassadas com pessoas que não se encaixavam, onde a química só proporcionava uma reação inicial. Ali estava talvez o momento de poder compartilhar momentos com alguém.
Mas aquele início de sonho desmoronou muito rápido. No domingo quando ele estava pra sair para trabalhar, Lars me contou que iria para o Beto Carrero com um amigo. Fui pego de surpresa, pois ele não havia mencionado nada nas nossas conversas durante a semana.
Na época, Lars trabalhava como bartender numa cafeteria e reclamava de trabalhar muito, não ter finais de semana livres e só folgar nas segundas-feiras.
Como não tínhamos oficializado nada, nossa primeira vez foi na noite anterior e o fato de estar disposto a querer começar a construir uma relação tinha sido algo que eu havia arrazoado no meu coração, achei absurdo demais eu questionar porque ele não tinha me falado nada antes.
Tudo bem, ele iria no Beto Carrero com um amigo, logo após sair da cafeteria. Pegaria o ônibus na estação do Tietê no domingo a noite, passaria o dia no parque, já que a folga seria na segunda, e na segunda a noite ele voltaria e iria trabalhar na terça-feira de manhã. Eu, pelo menos, imaginei que seria assim.
Na segunda-feira, eu fui trabalhar normal, vi as fotos dele no Beto Carrero, os stories no Instagram aparentemente nada de estranho, mas a primeira coisa que me chamou a atenção foi o fato dele não ter postado um único story com o amigo, mas até aí, se eu encucasse com isso, seria uma atitude tóxica e eu não queria isso. Numa relação deve existir confiança.
Nós não nos falamos o dia inteiro, pois eu não iria ficar o importunando num passeio como aquele, que ele aproveitasse o máximo possível. Foi quando às 18:00 eu resolvi mandar uma mensagem para ele, já que eu estava saindo do trabalho.
A mensagem era mandando um "oi" e desejando que ele tivesse se divertido bastante e fizesse uma viagem tranquila de volta.
Foi quando ele me respondeu que não voltaria aquela noite, que ele iria para Balneário Camboriú com o amigo passear de barco. Eu fiquei completamente sem reação, foi um choque. Ele só reclamava de como o trabalho explorava ele, não era flexível e do nada, de uma viagem totalmente espontânea que aconteceu aleatoriamente pra aproveitar um dia de folga num bate e volta, surgiu uma folga no dia seguinte.
Eu não tive como não ser arrastado de volta para os tempos do Karen, onde eu fui trouxa por anos, onde ele matava aula pra transar na escada da faculdade, dizia que ficava até mais tarde no serviço pra não pegar trânsito, mas na verdade ia para dates furtivos de apps de pegação (inclusive tenho uma história ótima com relação a isso da época do Karen), enfim, meu cérebro e meu coração ligaram o sinal vermelho, as sirenes começaram a zunir no meu ouvido, a última coisa que eu queria era ser enganado como fui na minha última relação.
Voltando, Lars não falou mais nada depois disso, fui pra casa naquele dia. Na terça-feira de manhã, outro sinal de alerta, não tinha nenhuma mensagem no celular. Isso poderia ser irrelevante, se a gente não tivesse passado o último mês e meio, trocando várias mensagens e memes da hora que acordava até a hora de dormir. Me senti mal, a conversa tinha morrido da noite para o dia, fiquei angustiado, pois eu estava começando a gostar dele e aquilo mudou da noite para o dia.
Terça-feira se foi, ele em Balneário Camboriú, fotos e stories no Instagram se seguiram e nada desse amigo misterioso.
Finalmente, a noite ele estava voltando e mandou uma mensagem dizendo que estava exausto, mas estava voltando. Nesse momento, minha mente já tinha formulado mil e uma histórias, mas resolvi ser prudente, apesar da angustia que estava sentindo.
Foi difícil dormir aquela noite, na manhã seguinte, ele mandou uma mensagem dizendo que havia chegado, estava exausto, mas estava indo trabalhar.
Nossa conversa, já não era a mesma, algo tinha mudado, as palavras ou a ausência delas são um termômetro para o coração, escrever para outra pessoa é um ato de conexão e o nosso elo havia se rompido.
Foi quando resolvi confrontá-lo.
Segue abaixo a conversa no whatsapp:
[28/11 11:56] Denes: Desculpa, Lars.
[28/11 11:56] Denes: Eu não sei de fato o que aconteceu
[28/11 11:56] Lars: Pelo o que ?
[28/11 11:56] Denes: mas desde terça que eu sinto que nossa conversa morreu
[28/11 11:56] Lars: :(
[28/11 11:56] Lars: Eu que peço desculpas
[28/11 11:57] Denes: se vc puder me dar uma luz
[28/11 11:57] Lars: Questão de conversa tbm não sei ... :(
[28/11 11:58] Lars: Não quero ser cuzao contigo
[28/11 11:58] Denes: me diz o que tá acontecendo
[28/11 11:59] Lars: Gosto olhando no olho
[28/11 11:59] Lars: Gosto de vc
[28/11 11:59] Denes: talvez não haja olho no olho se eu não entender o que está acontecendo
[28/11 12:00] Denes: eu tb descobri que estou gostando de vc
[28/11 12:00] Denes: descobri de uma maneira bem ruim
[28/11 12:00] Denes: só quero que vc me diga
[28/11 12:00] Denes: sem medo
[28/11 12:02] Lars: Eu recebi uma ligação de alguém antes de viajar que me deixou balanceado
[28/11 12:02] Denes: prossiga
[28/11 12:02] Lars: Não gosto da ideia por aqui
[28/11 12:03] Lars: Mas tá bom ...
[28/11 12:03] Denes: por favor, agora que começou, não pare
[28/11 12:03] Lars: Pouco antes de conhecer vc eu tinha acabado um relacionamento ...
[28/11 12:03] Denes: hum
[28/11 12:04] Lars: E tipo ainda algo que me deixa balançado e tal ...
[28/11 12:05] Denes: entendi
[28/11 12:05] Denes: ah...
[28/11 12:05] Lars: E tipo não quero mentir pra vc
[28/11 12:05] Lars: Nem ser um cuzao contigo me entende
[28/11 12:05] Lars: Quero ser sincero sempre
[28/11 12:05] Lars: Não só com vc mas comigo mesmo
[28/11 12:06] Denes: então, o livro de Harry Potter que está com vc, foi um presente de um amigo meu que faleceu esse ano, será que posso pegar com vc na catraca amanhã da Santos Imigrantes
[28/11 12:06] Lars: Sim ... Claro ... Mas queria conversar mais com vc pessoalmente
[28/11 12:06] Lars: Se não se importar
[28/11 12:07] Lars: Tenho um presente pra vc
[28/11 12:07] Denes: eu vou me importar
[28/11 12:07] Denes: por favor, sem presentes
[28/11 12:07] Lars: Tudo bem :(
[28/11 12:09] Denes: amanhã as 8:30 te encontro na Catraca
[28/11 12:09] Lars: :( eu lhe entendo sabe ... Mas confesso que gosto de vc e queria que vc permanecesse na minha vida independente de qualquer coisa
[28/11 12:09] Denes: não será possível
[28/11 12:09] Lars: Tudo bem eu entendo vc ... :(
[28/11 12:09] Lars: Me desculpa
[28/11 12:10] Denes: te encontro amanhã na catraca sem falta
[28/11 12:21] Lars: Hj vc sai que horas do trabalho?
[28/11 12:24] Denes: Desculpa, Lars. Mas eu só pretendo te encontrar para pegar o meu livro. Não, temos nada para conversar. Você não me deve satisfações, justificativas ou esclarecimentos. Apenas o meu respeito. Mas, mesmo assim. Esse ponto final precisa ser colocado.
[28/11 12:25] Lars: Tudo bem eu entendo e respeito vc ... Falei de hj pq posso te entregar hj o livro
[28/11 12:25] Lars: Ele está comigo aqui no trabalho
[28/11 12:26] Denes: Eu saio às 18:00
[28/11 12:26] Lars: Posso te entregar hj o mesmo horário ... Na estação melhor pra vc
[28/11 12:27] Denes: Que horas na Santos Imigrantes vc vai passar por lá?
[28/11 12:27] Lars: Umas 19h a 19:30
[28/11 12:28] Lars: Mas espero a sua hora
[28/11 12:28] Denes: Okay, as 19:00 estarei lá
[28/11 12:28] Denes: Se chegar antes estarei sentado em algum dos bancos da plataforma
[28/11 12:29] Lars: Tá bom
[28/11 12:29] Lars: Sei o que vc vai falar ... Mas desculpas :(
Quando ele falou dessa ligação do ex e ficou balançado, eu senti uma enxurrada de sentimentos negativos, o tsunami de chorume que eram as mentiras do Karen voltando a tona. Todas as desculpas esfarrapadas, parecia que eu estava vivendo tudo outra vez.
Eu estava cego, na gana de não querer cometer os mesmos erros do passado, acabei sendo seco, duro e intolerante, condenando um pelos erros de outro.
Eu já tinha sentenciado dentro de mim que aquela viagem foi algo que ele tinha programado com o ex e que tinha ido com ele e que eles tinham se acertado e que ele queria me manter como step se nada desse certo. Enfim…
Nesse mesmo dia, fui buscar o meu livro (um fato curioso, esse livro que foi presente de um amigo que veio a falecer em 2019, foi um presente pra me lembrar o quanto eu sou uma pessoa corajosa, era a edição de 20 anos da Pedra Filosofal nas cores da Grifinória e dentro ele escreveu a famosa frase da Luna "As coisas que perdemos sempre acabam voltando para nós. Mas nem sempre na forma em que pensamos." https://imgur.com/a/ebJFd2U
Ironicamente, quando paro pra olhar isso em particular, penso na grande ironia de tudo.
Eu cheguei antes na estação, fiquei esperando, sentado num banco na plataforma, vendo vários trens passando, várias pessoas descendo na estação vindo depois de mais um dia de trabalho. A minha ansiedade estava a mil, eu queria chorar, estava angustiado com tudo aquilo, pior, sem entender como "tinha cometido" o mesmo erro outra vez.
Ele chegou uns 15 minutos depois, estava com o livro na mão, eu peguei o livro e então ele me estendeu os braços pedindo um abraço, fiz com ele o que eu devia ter feito com o Karen, olhei para ele com a minha pior cara de desgosto e nojo e falei "Adeus", virei as costas e deixei ele lá.
Hoje, não me orgulho do que eu fiz, sinto vergonha quando penso, mas para que vocês entendam aquele gesto, mesmo ele não sabendo, era algo traumatizante, no término com o Karen, quando coloquei minhas malas e meus livros no táxi, ele chegou até mim e na maior cara de pau, na sua maior interpretação pra burguês ver, ele me pediu um abraço e o trouxa aqui cedeu esse abraço, então ele sussurrou no meu ouvido "Sou eternamente grato por tudo o que a gente viveu e você vai sempre poder contar comigo para o que você precisar" e quando eu precisei o que eu ouvi? "Não tenho obrigação nenhuma de te ajudar."
Quando eu saí da estação, bloqueei o Lars em todas as redes sociais, Facebook, Instagram, Whatsapp e até o número dele pra ele não me mandar SMS ou ligar. Não queria nunca mais ouvir falar dele pelo resto da minha vida.
Alguns dias se passaram e a Karls me contou que Lars havia mandado mensagem para ela no Instagram dizendo que estava preocupado comigo, queria falar comigo e eu irredutível falei que nunca mais queria saber nada a respeito dele.
Então ali eu tinha colocado uma pedra em cima desse assunto, vida que segue.
Dezembro de 2019
Karls é uma garota muito linda, mas em todos esses anos de amizade ela só se envolvia com os piores caras do Tinder, uma fase da vida dela que fazemos piada, mas que se você olhar atentamente, era bem triste.
Ela tinha o sonho de conhecer um cara bacana, compartilhar momentos, viver toda aquela fantasia de namoro, dormir abraçada, assistir anime, cantar músicas da Disney e cozinhar todos os pratos possíveis de todos os programas de culinária que existem no mundo.
Depois de anos, esse cara apareceu. Vamos chamá-lo de Darls.
Darls é um cara super carismático, que faz amizade por onde ele passa, falador, contador de piada, solicito, uma pessoa que todo mundo iria adorar ter como amigo.
JANEIRO 2020
Parecia que Darls sempre esteve nas nossas vidas, Akarls e eu o recebemos de braços abertos, pois víamos o quanto ele fazia Karls feliz.
Logo ele começou me pedir dicas e mais dicas de coisas que fariam a Karls feliz e nesses 5 anos de amizade eu era a pessoa que mais sabia de tudo o que a Karls gostava.
FEVEREIRO 2020
Eles oficializaram o namoro, (meio rápido, mas…), então ela entrou numa tour para conhecer todas os amigos dele, pois ele queria apresentar a namorada para as pessoas importantes na vida dele.
Darls mora a 35km de distância, num bairro distante, 2 horas de viagem no mínimo, mas ele sempre estava vindo passar mais tempo aqui.
MARÇO 2020
Pandemia chegou, isolamento social foi instaurado, pessoas em casa. Eu sou editor de vídeo, então estou trabalhando em casa desde que esse inferno começou. E quem acabou vindo para cá, também? Exatamente, Darls.
A companhia dele era agradável, e por vermos Karls feliz, nada objetamos, aceitamos naturalmente a estadia dele aqui. Mesmo que nunca tenhamos conversado isso entre nós, foi natural olharmos para a felicidade dela.
ABRIL 2020
Um mês de quarentena, eu sou uma pessoa ansiosa. Solteiro que passou da barreira dos 30, já havia sentenciado que não conheceria ninguém e morreria só, pois já estava sem esperança de conhecer alguém em um mundo sem um vírus mortal, imagina em um mundo onde estar perto 2 metros de alguém pode ser sua sentença de morte.
Eu comecei entrar numa crise terrível, comecei trabalhar demais, a fazer 12 horas de trabalho por dia e no meu tempo vago eu comecei a assistir todos os filmes e curtas gays já foram produzidos no mundo. E nisso, fiz a burrada de assistir um filme que superestimei por anos.
Brokeback Mountain.
'O que eu fiz da minha vida?'
Eu fiquei tão mal, mas tão mal, que naquela noite eu fui dormir chorando e os dias que se seguiram eu tive tanto remorso pelo final daquele filme, que certo dia eu comecei chorar na frente da Karls e do Darls enquanto a gente almoçava.
No final de abril, meu tio implorou que eu fosse na casa dele, pois estava tendo um problema entre minha mãe e minha irmã e ele estava preocupado da minha mãe acabar se metendo em um avião e vindo pra São Paulo no meio de uma pandemia. Fui, como se eu já não estivesse colapsando, ainda tinha que resolver o problema de outras pessoas.
Naquela semana, eu assisti um vídeo, tenho 80% de certeza que foi no LubaTV os outros 20% acho que foi no canal do Henry Bugalho, que falava sobre perdão, algo do tipo "se não perdoamos, do que adianta pedirmos desculpas" e eu já estava muito reflexivo.
De noite, eu estava no apartamento do meu tio, quando recebi uma notificação de que alguém tinha me seguido no Twitter.
Abri a notificação e vi que era o Lars me seguindo quase 6 meses depois. Ele não tinha twitter e tinha criado uma conta por causa da quarentena.
Minha primeira reação foi bloquear ele, mas aí bateu aquele turbilhão de coisas acumuladas nessa quarentena. O final de Brokeback Mountain, a fala sobre perdão e um detalhe sobre o Lars que pesou muito, ele tem diabetes, acho que é um tipo raro, ele desenvolveu super novo, ele toma dois tipos de insulina, ele é grupo do risco.
Sentei no sofá e me perguntei, 'o que ele queria depois de todos esses meses? Ele não entendeu o meu "Adeus"?'
Pois, bem. Fui até o Instagram, desbloqueei ele e mandei a seguinte mensagem:
"O que você quer?"
Ele levou uma meia hora pra me responder, o 'digitando…' parecia eterno.
Resumindo, ele falou que se importava muito comigo, que eu marquei a vida dele, que nunca quis se distanciar de mim, que jamais foi a intenção me magoar com o que quer que tenha acontecido e que nunca dei a oportunidade dele se explicar.
E eu respondi, que não importava o que ele tivesse para me dizer, não ia mudar a opinião que eu tinha sobre ele.
Ledo engano, meus caros.
Fui dormir às 4 da manhã, tirei tudo de dentro de mim, tudo o que eu inventei na minha cabeça. Porque no meu relacionamento anterior eu ouvi tantas mentiras, que acabei jurando que qualquer um iria mentir para mim, era o único referencial que eu tinha.
Só para que vocês saibam, era realmente um amigo, as fotos que ele tirou junto com o amigo no Beto Carrero, foram todas no celular do amigo a folga da Terça-feira, o chefe dele estava devendo uma folga para ele e como ele não iria poder tirar essa folga a mais do que as que estavam previstas para Dezembro, o chefe deu a folga pra ele na terça para que ele aproveitasse mais um dia de viagem. E sim, o ex dele ligou, ele ficou balançado, pois eles tinham tido uma história recém terminada, mas ele me contou, primeiro porque eu insisti, mas também porque ele não queria mentir pra mim, já que eu tinha todo esse problema com mentiras, então ele queria ser honesto comigo desde o início e que nunca foi a intenção dele voltar com o ex, tanto que ele não voltou, ele queria estar comigo, e que mesmo tendo passado todo aquele tempo ele nunca tinha me esquecido e não tinha desistido de mim.
Eu falei para ele que não sabia como reagir a tudo aquilo, disse que não sabia se seria capaz de confiar nele. E que ele não tivesse esperança, mas que eu iria refletir sobre tudo aquilo.
Então eu voltei pra casa e compartilhei a história com Karls e Darls.
Karls ficou meio com o pé atrás, mas Darls me apontou os erros que eu cometi, me fez enxergar o quanto eu tinha exagerado pelo medo e desconfiança que eu tinha, que não tinha nada a ver com Lars e minha ficha caiu.
Agora, tudo o que me restava era o meu orgulho, eu precisava passar por cima disso.
Voltei a conversar com Lars, aos poucos, foi difícil no início, mas ele foi muito tolerante, eu expliquei que não estava sendo fácil voltar a conversar com ele, mas que compreendi que muito daquela situação era culpa minha.
Ele começou a me mandar mensagens de manhã e a noite, de bom dia e boa noite e esporadicamente algum meme. Foram duas semanas conversando quando houve a necessidade da gente se ver. Eu não sabia como iria reagir.
Sim, ele viria aqui em casa no meio de uma quarentena, mas antes que cresça os julgamentos, moramos próximo um do outro, ele viria a pé, sem pegar nenhuma condução e num horário de pouco fluxo.
MAIO 2020
Então comuniquei que ele viria aqui em casa para Karls, Akarls e Darls. Aparentemente, achei que todos tinham recebido a notícia de bom grado.
Ele veio, a primeira coisa que ele fez foi ir para o banheiro tomar banho, com Covid não se brinca. Depois, sentamos e conversamos, e mais uma vez, eu falei tudo de novo, dessa vez olhando no olho, colocando tudo a limpo, uma conversa franca, contei de todas as impressões que eu tive de tudo o que aconteceu, como a narrativa se construiu na minha cabeça e porque agi da maneira que agi.
Em contra partida, ele disse que estava tudo bem, disse que ficou muito chateado, mas os amigos dele conversaram com ele dizendo que tinha um motivo para eu agir como eu tinha agido. Ele me falou que nunca me esqueceu e queria ter uma oportunidade de conversar comigo e esclarecer as coisas, pois sabia que tudo tinha sido um grande mal entendido. Ele falou que mandou várias mensagens para a Karls, mas não obteve resposta. E quando ele me mandou o convite no Twitter, ele disse que seria a sua última tentativa de se aproximar de mim, se não desse certo, ele mesmo desistiria de tudo.
Ele passou três dias aqui em casa, eu não me abri tanto com ele com relação a isso, mas eu senti muito remorso por como as coisas aconteceram por minha causa.
Outra coisa, lembra na mensagem, quando ele falou que tinha um presente para me dar e eu falei que não queria? Ele trouxe o presente, ele guardou o presente todo esse tempo e disse que toda vez que via o presente, ele lembrava de tudo o que a gente viveu e a coisa que ele mais queria era me dar esse presente, que ironicamente ele comprou na viagem para o Beto Carrero.
Era um funko do Harry Potter, já que eu amo muito Harry Potter. (Não, não sou transfóbico, eu amo Harry Potter desde 2000). http://imgur.com/gallery/cah0Ry7
Ele voltou pra casa dele. Continuamos a nos falar, reatar laços, ter essa troca.
Compartilhei minhas impressões com Karls e Darls, eu estava relutante, desacreditado. As pessoas subestimam relacionamentos abusivos, mas a gente carrega coisas por anos, os estragos são terríveis, estava eu provavelmente estragando uma oportunidade de ser feliz por medo de ser feliz.
As coisas foram devagar, estávamos conversando de nossas rotinas na quarentena, ele o quanto sentia falta do trabalho e não aguentava mais assistir séries e eu o quanto estava trabalhando e engordando, já que editor de vídeo trabalha em casa, praticamos isolamento social antes disso "estar na moda" (✌️ salve editores do canal, eu juro que tô escrevendo essa história que já passa de 4 mil palavras, pensando se realmente o Luba lerá essa história na Turma-Feira, fico imaginando no trabalhão que vocês vão ter pra editar, se eu puder pedir, posta a Timeline pra eu ver como ficou no final, curto muito timelines [Sim, pra quem não entende, isso é meio creep]).
JUNHO 2020
Lars voltou, veio para estar comigo no meu aniversário, inclusive ele me presenteou com Find Me do André Aciman, ele disse que queria me dar a muito tempo, pois em novembro do ano passado eu estava lendo Call me by your name e eu estava namorando pra comprar o livro quando fosse lançado, mas não deu nem tempo dele poder comprar na época.
No meu aniversário, resolvi cozinhar para comemorar, fazer escondidinho de frango. Eu estava de folga e queria fazer algo especial para Karls, Darls, Akarls e Lars. Eu passei a tarde e começo da noite cozinhando e Lars me ajudando.
Então, aconteceu o estopim de todo o caos.
Karls e Darls desceram e viram que o escondidinho não estava pronta ainda, ela fechou a cara e disse "Nossa, ainda não está pronto?". Depois eles fizeram um sanduíche e comeram e subiram, bastou aquilo pra me entristecer, até entendo que ela poderia estar com fome, mas ela bater porta de armário e a porta da geladeira acabou todo o meu ânimo, me senti super mal.
Comi aquele escondidinho triste, o clima na mesa estava tenso e na boa o que era pra ser uma comemoração no que eu acreditava ser entre família, foi a porcaria de um jantar de aniversário que eu perdi tempo fazendo.
Lars voltou pra casa dele, continuamos nos falando e estreitando os laços, aproveitando a companhia um do outro, e finalmente no meio de toda essa situação de merda que estamos vivendo no planeta, senti uma esperança de que talvez tudo daria certo, pelo menos uma vez.
Mais uma vez, ele veio passar o fim de semana aqui em casa, e foi divertido, assistimos filme, contamos piadas e o melhor, eu estava podendo dormir abraçado com ele, por a cabeça no travesseiro e não me sentir só.
JULHO 2020
O mês do caos, eu odeio Julho, por tantos motivos, sério. Eu tenho inúmeras histórias de desgraças nesse mês que PQP (Gif da Xuxa).
Lars me mandou mensagem dizendo que ele teve uma briga terrível com o sobrinho dele, na briga eles só faltaram sair na porrada, ele falou que estava mal por estar na casa da irmã dele e por toda essa indisposição com o sobrinho que tem 18 anos e é um completo folgado. Ele disse que iria procurar um lugar pra ficar, mas até lá, ele perguntou se poderia ficar aqui até encontrar esse lugar.
E como eu já fui colocado pra fora de casa pelo meu tio e me vi sozinho, eu sei o quanto é importante ter alguém pra estender uma mão amiga nessa hora.
Eu respondi que sim, mas que ia comunicar o Karls e o Akarls. Expliquei a situação Lars e eles falaram que tudo bem.
A Karls começou a fazer um freela permanente em um grande estúdio aqui de SP, então ela já não estava ficando em casa e quando estava, ficava a maior parte do tempo com o Darls, que ficou aqui em casa, mesmo ela trabalhando regularmente, já que as coisas estão flexibilizadas por aqui.
A princípio, Lars ficaria aqui até dia 10, ele tinha acertado de ir morar com um pessoal que ele achou num grupo do Facebook, mas o lugar onde esse pessoal ia morar não deu certo, pelo o que ele me contou, foi lance com a Porto Seguro, ele ficou decepcionado, porque os meninos eram legais. Então, ele voltou para a busca de encontrar um lugar pra ficar, eu inocente disse que ele poderia ficar o tempo que precisasse.
Interiormente, eu queria me redimir por toda a injustiça que foi o nosso início, queria fazer certo dessa vez, pois ele estava sendo bom pra mim e eu nunca tinha tido isso, esse convívio.
Enquanto ele estava aqui, comecei a ter companhia para o almoço, passei a comer direito, já que ele é obrigado a comer certo por causa da diabetes, eu estava até me alimentando nos horários certos. As noites assistíamos séries abraçados, até a hora de dormir. Parecia um oasis no meio de todo esse inferno que estamos vivendo, por um único instante eu esqueci de tudo de ruim.
Nesse período, ele estava procurando vários quartos, mas só encontrava cativeiros sendo alugados por mercenários.
Conforme o mês ia passando, Karls estava bem estressada com tudo e quando estava todo mundo na cozinha, ela parecia evitar querer falar com ele. No início, eu pensei que fosse TPM ou alguma coisa em particular dela com Darls.
Mas eu tive certeza que era alguma coisa com o Lars, no dia que estávamos jantando e ela veio informar que o botijão de gás tinha acabado e ela tinha comprado um novo, mas ela insinuou que estávamos cozinhando demais. Eu fiquei, sem reação, pois não esperava por aquilo, como eu falei, ela e o Darls estavam fazendo todas as receitas que existiam na internet, como que o Lars 10 dia aqui era a causa do botijão ter acabado?
Então aquilo começou a ficar espinhoso e o meu erro foi não ter confrontado. Eu comecei a me sentir acuado com o Lars e não sabia o que fazer, ele já estava numa puta situação frágil por ter saído da casa da irmã por indisposição com o sobrinho e a coisa que eu mais queria era que ele se sentisse confortável na minha própria casa.
No meio de tudo isso, ele voltou a trabalhar e eu passei a acordar cedo junto com ele, pra tomar café e abrir o portão pra ele poder sair, num desses dias, eu levantei e fui no banheiro e enquanto eu usava, a Karls bateu na porta perguntando quem é que estava lá dentro de uma maneira meio ríspida, no caso era eu, mas o Lars viu a situação toda, ele não me falou, mas eu reparei que ele parou de tomar banho de manhã antes do trabalho. Dizia ele que o banho da noite era suficiente.
Depois, ele parou de tomar café da manhã, disse que tomaria café na cafeteria que ele trabalha.
A próxima coisa que aconteceu foi um dia que eu estava na cozinha e fui informado que Karls e Akarls decidiram que não iríamos mais fazer as compras de mercado juntos. E que só manteríamos os produtos de limpeza e higiene e que o resto era cada um por si.
Confesso, que na hora não compreendi o que estava acontecendo, eu estava muito desligado, na verdade não acreditava que os meus amigos estavam me excluindo por causa do Lars, eu estava sendo ingênuo, pois não imaginaria que aquilo estava acontecendo.
No meio desse caos todo, Lars, virou pra mim e disse que a irmã dele pediu que ele fosse na casa dela. Então ele iria direto do trabalho e dormiria lá no sábado para o domingo, já que estaria de folga e voltaria pra cá no domingo a noite.
Só que ele não voltou, ele disse que a irmã dele pediu para que ele dormisse lá mais uma noite. Pensei, okay, ele vem então amanhã direto do trabalho pra cá, mas aí ele não veio na segunda, foi quando o peso de tudo bateu.
A essa altura eu já estava angustiado com tudo aquilo e direcionei minha frustração para o lado errado, em vez de confrontar quem estava causando toda essa situação insatistória, eu cobrei dele, porque ele não estava aqui. Perguntei, porque ele não queria estar mais aqui. Ele falou que queria. Então, eu perguntei porque o domingo, virou segunda e agora a segunda virou terça? Ele hesitou, aí eu perguntei se era por causa da Karls e ele disse que só não queria incomodar ninguém.
Eu fiquei mal, por ele se sentir mais incomodado na minha casa do que na casa da irmã dele com o sobrinho folgado que estava fazendo da vida dele um inferno.
Fiquei desapontado, ele veio na quarta, conversei com ele, disse que iria conversar com a Karls sobre toda essa situação. Mas já era tarde.
Era a última semana de Julho, e antes mesmo que eu pudesse conversar com a Karls, Akarls chegou dizendo que não dava mais para dividirmos a conta de água como estávamos fazendo, por 3, teríamos que dividir por 5, já que a conta ficou mais cara.
Na sexta-feira daquela semana, Lars encontrou um quarto numa casa que ele meio que alugou as pressas e ele se mudaria na primeira segunda de agosto. Quando eu pude confrontar Karls, no sábado, sobre tudo aquilo, já era tarde. Falei que fiquei chateado deles quererem repartir a conta da casa por 5 com o Lars pelo mês que ele passou aqui, mas isso nunca foi nem cogitado nos 5 meses do Darls aqui. Falei que fiquei decepcionado por ela não ser capaz de enxergar a minha felicidade. Por não ser capaz de ver o quanto eu estava feliz, como eu enxerguei a felicidade dela com o Darls e o recebemos de bom grado dentro de casa por causa da felicidade dela. Disse que foi muito cômodo pra ela ter alguém pra poder dormir junto, assistir coisas juntos, ter os momentos a dois e quando eu pude ter o mesmo, ela não olhou para mim com os mesmos olhos.
Enfim, Lars se mudou, tomei esse tempo que poderia estar assistindo uma série com ele para escrever tudo isso. Angustiado e decepcionado. Darls não tem culpa de nada do que está acontecendo, mas agora acho completamente injusto ele estar aqui e o Lars não estar, não sei o que fazer, minha vontade é de falar, "acabou a quarentena para os dois, pode voltar para sua casa". Me sinto injustiçado e triste por alguém que eu amo tanto, não ter sido capaz de enxergar que eu estava feliz. É isso, estou esperando a próxima sessão da minha terapia e Karls e Darls estão lá no quarto dela e eu estou só.
E para finalizar, essa foi minha conversa agora a pouco com o Lars.
Lars https://imgur.com/gallery/PRrxEI6
submitted by denesfernando to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.05 17:58 robby_dsg Forjaram prints contra mim e eu sai como errado

Caros Luba, editores, gatas, falecidos papelões, turma e possível convidado, OI! Antes de mais nada se sinta a vontade para ler isso com a voz q preferir. Um pouco de contexto: desde sempre me mudo bastante de cidade/escola, mais de escola, e moro em uma cidade consideravelmente pequena. Minha mãe tem depressão e um período da minha infância ela passou internada, sempre protegi ela com unhas e dente msm ñ demostrando pra ela... enfim vcs vao entender.
Qnd eu entrei no ensino médio (integral) eu resolvi "remodular minha pessonalidade" por causa de timidez eu tinha perdido muita oportunidade e por ser uma escola nova tentei não ser a pessoa estranha/excluida. Deu certo... fiz amigos, juntei casais, só não me apaixonei pq eu n sou muito desses. Enfim em meu grupo de amigos tinha o casal que eu juntei que eram os meus melhores amigos, um garoto que eu gostava, e mais 3 pessoas. A garota(pode chamar de Carls) se mudou no meio do ano e o casal teve que terminar. Continuamos no falando e tals. Não muito tempo depois DESCOBRI que o cara do casal (vamos chamar de LG) tava namorando outra mina(vamos chamar de LS), no começo eu não sabia q o LG e a Carls tinham terminado, então quando eu vi a Raynara e o LG se pegando achei que a Calrs tinha levado chifre.
(Essa Raynara por coincidência estudou comigo no fundamental que fui um dos períodos que eu não tava bem por causa da minha mãe. Eu me apoiei muito nela na época e ela espalhou pra sala toda que minha mãe era loca.)
Depois da cena do chifre que não foi chifre(perguntei pra Carls se eles ainda tavam namorando e ela confirmou q não) qse um mês dps LG queria que eu ficasse amg da Raynara e que ela qria fazer as pazes. Eu disse que já conhecia ela e q não era o tipo de pessoa que eu qria perto de mim. Eu achava ela muito tóxica eu só não disse isso, também não quis falar com precisão o q ela fez pq isso afetaria o julgamento dos nossos amgs sobre ela. LG insistiu um tempo dps dai eu falei "Cara na boa vc se enfia onde quiser só não me pede pra ir junto.". Dps disso ele parou de falar cmg e com o tempo todos se afastaram de mim, perguntei para o garoto que eu gostava o q tinha acontecido e ele falou para eu parar de pagar de sonsa e que eu era muito rancorosa. Uma amg minha chegou em mim no mesmo dia e me explicou, disse que não achava justo eu ficar sem saber o porquê de todos se afastarem. LG tinha mostrado prints onde eu puxava briga e ameassava a Raynara, precinando ela a terminar o namoro. Fiquei P* da vida! Essa amg me mandou os prints e analisei junto com a carls que tbm tinha sido vitima de prints forjados. Os de carls ela falava que era a ex e que ele ainda voltaria pra ela e que raynara era só um tapa buraco. Eu não tenho mais os prints pq já faz uns 4 anos que isso aconteceu, mas basicamente eram chats de Messenger, sem data nem hr, o formato dos balãozinhos estava no formato antigo, meu jeito de escrever tava diferente, tava NÍTIDO que ano era eu e muito menos a Carls. Mostrei para todos e não acreditaram em mim, então eu montei um print de Whatsapp melhor e mais bem bolado que da Raynara e mostrei para o LG os dois prints e disse que eram falsos disse que que não faria ele escolher mas que ele não poderiaĺ continuar acreditando naquilo. Ele ficou quieto e eu eu dei um murro na carteira que fez a turma dele me taxar de louca pelo resto do ano. Mostrei para o garoto que eu gostava e ele disse pra eu deixar quieto pq ele conhecia bem o LG e que ele era escravoceta e gado desde o fundamental. Eu nao desisti. A garota era de outra escola e conseguia me infernizar msm longe. Na saida da escola naquele dia Raynara foi buscar o LG e eu, TROUXA, fui "tira satisfação" com ela, falou que eu tava imaginado coisa e que eu tava ficando louca igual minha mãe. Eu não me aguentei e "voei" em cima dela, infelizmente não acertei nem um tapa pq me seguraram. Cheguei em casa fumaçando e contei o basico pra minha mãe (que a mina tinha chamado ela de louca e que eu fui pra bater nela) minha mãe me chamou de idiota e falou não fazia diferença nenhuma na vida dela quem a chamava de louca, disse também que se eu apanhasse pq comprei briga eu apanharia quando chegasse em casa. Matei uns dois dias de aula sem minha mãe saber e quando chegay na escola falaram que eu tinha tentado bater na Raynara pq ela tava grávida e que o LG era meu crush. Achei um absurdo mas eu tava cansade de manter a pessoa extrovertida por tanto tempo. Parei de almoçar na escola, tentava ficar o max longe de onde tinha muita gente. E quando me alguém me perguntava se era verdade eu não fazia questão de confirmar ou negar nada. Depois de três meses todos descobriram que a Raynara não tava gravida por*a nenhuma e que ela chifrava o LG com o professor da escola dela. Eu não voltei a falar com ninguém daquele grupinho e aos poucos me juntei a um outro mas que hoje tbm não converso com ninguem de lá.
Se tu leu até aqui obrigada! Ficou longa mas é uma historia que tem me tirado o sono pq não sei se fui Babaca msm ou foi tudo manipulação da Raynara... Enfim Beijos!
submitted by robby_dsg to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.01 17:52 Natalia_Richarde2020 O DIA QUE FUI AMEAÇADA DE MORTE PELA EX

oi luba, turma, gatas maravilhosas, papeis assassinados, editores e possível convidado (que quase nunca tem), hoje vou contar minha triste historia de como fui corna e traída por amigos. bom luba essa é a minha primeira vez participando e espero muito que goste da historia.
ps: estou repostando, pq a anterior tinha alguns detalhes faltando e alguns erros de português ( me perdoe se ainda conter alguns), mas sem delongas vamos a historia.
Eu tinha uma amiga e a gente era bem próximas no período do ginásio e aí quando fomos para o 1° ano do colégio (2015) foi quando eu conheci um menino e a gente sempre foi próximos e por mais que ele trocava de turno na escola (por conta de trabalho),mas isso não interferia nossa amizade e nessa época ele começou a namorar essa amiga minha e cara eu shippava eles pra caralho e sempre apoiava e tudo mais, mas quando foi no 3°ano do colégio (2017) eu e esse meu "amigo" ("amigo" pq eu considerava ele mais um irmão) a gente caiu na mesma sala e aí ele sempre me pedia conselhos sobre o namoro pq segundo o que ele me contava, ela era muito infantil no namoro e tinha ciúmes demais e ainda tinha ciúmes de mim e tipo sempre dei conselhos para ele conversar com ela e assim se resolverem e essa amiga minha em vez de chegar em mim e perguntar as coisas para mim, ela simplesmente mandava outras pessoas perguntar sobre minha relação com o namorado dela e bom sempre fui sincera e sempre falei que considerava ele como meu irmão e que eu e ele não tínhamos nada. Mas ela sempre vinha com as criancices e tudo mais e depois dele passar o ano todo nesse chove não molha ele pediu mais conselhos para mim sobre e eu já tinha dado vários conselhos e o namoro deles não melhorava e o mais sensato quando isso acontece é o término (principalmente quando o diálogo não funciona mais) e aí eu falei para ele que se não tinha jeito que ele terminasse com ela, pq eu não queria o meu irmão sofrendo e assim ele fez e nisso começou o inferno, pois, ele começou a ficar com uma outra amiga nossa e ela começou a xingar eu e essa menina para o colégio todo e sempre quando alguém ia tirar satisfação, bom se fingia de que não tava fazendo nada e que os outros queria envenenar ela para nó,s blz os dias foram passando e aí eu e ele começou a ficar mais próximos, pois a gente cantava no mesmo ministério e aí a gente acabou começando a ficar serio e após 1 mês e começamos a namorar e aí a ex dele veio de mimimi para o meu lado sobre ele e dizia que ele amava ela ainda e aí eu contei que a gente tava namorando e tudo mais e que ele já tinha esquecido ela e que era pra ela seguir a vida dela(maldita hora que fui falar isso) essa menina começou a nos perseguir e nesse meio tempo conheci uma menina (meu namorado que apresentou ela)e ela se tornou uma irmã e ela sempre me ajudava em tudo ( guarde essa "melhor amiga/irmã", pois ela é importante), bom essa ex dele começou a nós perseguir e me atormentar e vindo conversar comigo no whatsapp (na maioria das conversas era nós duas brigando) e vinha postando indiretas para mim (e eu como uma boa pessoa retribuía as indiretas, com outras indiretas) e nessa época eu trabalhava e meu namorado sempre ia lá e passava um tempinho lá para me ver, mas teve um dia que ela viu ele lá e foi lá e sentou do lado dele e começou a me provocar tirando fotos dele e postando com legendas fofas e logo depois ela foi na mulher que cuidava do caixa e era amiga dela (essa mulher era bem próxima minha, era quase uma mãe no trabalho, foi ela que me ensinou tudo e me ajudou com tudo sempre, ou seja ela sabia da historia e ela iria me defender e me contar) e essa garota começou a falar que eu tava atrapalhando o namoro dela com ele e falando outras coisas além disso e tentando me envenenar para ela e meio que querendo que eu perdesse meu emprego, mas essa mulher já sabia da verdade e apenas acalmou ela e falou que se ela namorasse ela o pq de quando ele caiu de moto eu que estava lá do lado dele no hospital e não ela e quem cuidou dele foi eu e não ela e outras coisas e nisso ela saiu e a mulher veio conversar comigo e falar o que ela tinha falado e nisso eu comecei a chorar e tudo mais, pois meu psicológico tava totalmente abalado e estava totalmente frustada com tudo ( e também tinha medo dessa menina fazer eu perder meu emprego, pois era meu refugio aquele trabalho e por mais que era difícil lidar com as pessoas, aquele trabalho me fazia esquecer dos problemas em casa e no pessoal) e aí passou um tempo e ela ainda estava atormentando e um certo dia ela veio falar para ele que tava grávida dele (pois eles tinha feito fuc fuc 1 mês antes da gente começar a namorar ou seja, quando a gente estava ficando serio) e aí ele veio até mim e me contou tudo e eu perdoei ele e aceitei ele mesmo tendo um filho com ela e que estaria aqui para ajudar ambos no que precisar e umas horas mais tarde ela apareceu e começou a forçar ele a terminar comigo e ele falava que não ia terminar e ela ficava insistindo e aí eu perdi a cabeça e comecei a discutir com ela no meio da praça e todos olhando (puta vergonha que passei), mas aí como eu vi que ele não estava bem parei de discutir e ele foi conversar com ela e até que conseguiu fazer ela ir em bora e ai ele decidiu não assumir a criança, porém ajudar financeiramente ela e ela não aceitava essa ajuda nossa e fazia altos dramas ( de como ia ser o filho dela sem pai presente e tudo mais) e até que um dia a gente fez ela fazer exame para a gente realmente saber se era verdade a gravidez (como ela tinha uma certa fama de destruir relacionamentos dos outros, a gente foi ter certeza se procedia a história) e aí no dia que eles marcou os exames, meu namorado ia com ela neh, porem ela não esperou ele e tirou sangue sem ele e isso aí já fez a gente suspeitar da procedência do exame (pq o laboratório não era tao confiável), mas aí passou uns dias os resultados chegaram e dizia que ela tava realmente grávida e ainda sim existia a dúvida de ser dele e ela ainda continuava infernizando a gente e aí sempre que eu pedia conselhos para aquela "amiga" minha, ela sempre falava para mim terminar com ele e nunca me apoiava e tudo mais e isso me fez ter um pulga atrás da orelha sobre fidelidade dela (mesmo ela falando que ele não fazia o tipo dela, pq ela pode estar mentindo e a fama dela não era tão boa assim, tanto que tinha vindo pessoas me alertar sobre ela) e comecei a ficar esperta, pq meu namorado sempre que a gente ia sair ele gostava de passar na casa dela e tudo mais (e também comecei a ficar alerta, quando meu cachorro avançou nela, sendo que ele é amoroso e tem teorias de que cachorro tem o sentido de descobrir que não tem boas intenções e isso já me deixou encafifada e também teve um dia que a gente foi na casa dela e eu meio que me senti excluída ) e aí um dia a gente marcou de ir eu, meu namorado e a ex dele para a gente sentar e conversar sobre e bom esse dia chegou e após muita discussão ele me escolheu e ela não queria aceitar e começou a fazer chantagem e ainda mandando indiretas para mim por celular e a gente discutia sempre no whatsapp e aí teve um dia que ele foi por um ponto final e aí ela me ameaçou de morte e tudo mais (pse ele gravou um áudio sem ela perceber e ela me ameaçava e falava que se ela não podia ficar com ele, que eu não ia ficar e que ela poderia ir pro inferno por me matar, mas ela não se importava) e quando descobri isso fique desesperada e com medo e com raiva por ele nunca por um ponto final e tudo mais e isso tava me fazendo perder muito cabelo e eu ter crises de ansiedade, pois estava aguentando essa barra toda sozinha, pois não tinha apoio de ninguém (minha mãe sabia do namoro, porém nunca fui de dividir os problemas com ela e ela amava meu namorado) e aí um dia a ex dele teve um aborto espontâneo e aí ela parou de nós infernizar (esqueci de falar que ela sempre falava que ele só está a comigo para fazer ciúmes nela e tudo mais kkkk sendo que ele odiava ela) e aí a gente começou a ter paz, porém ele começou a ficar mais distante (ele falava que eu era a que tava distante, sendo que eu sempre fazia textinho e ele sempre falava as mesmas coisa que ''ele estava surpreso e não sabia o que dizer'' e demais desculpas esfarrapadas e até gastei 150 reais em uma aliança nova, pois eu tinha perdido a outra numa viagem e cara sempre fazia surpresas eu dava 100% de mim e ele nem 50% dele e isso me deixava muito triste e insegura comigo mesma) e um dia ele foi trabalhar em uma festa e aí ele me traiu com uma outra amiga nossa e ele falou que não foi culpa dele e que a menina que tinha beijado ele e tudo mais (e eu a trouxa perdoei)(esse rolo todo foi em 2018) e aí o ano passou e faltando 2 semanas para acabar fevereiro de 2019 ele me pediu um tempo e nesse período aquela minha "amiga" começou a postar fotos com ele com legendas fofas e tudo mais e era todos os dias praticamente e aí eu me afastei dela e aí nesse período saiu o resultado do meu vestibular e eu consegui passar aonde eu queria e aí eu e meu namorado marcou de conversar e resolver o nosso namoro (pq eu tava quase indo para outra cidade por causa da faculdade) e a gente foi no dia que a gente completava 1 ano de namoro e aí ele chegou deu feliz 1 ano e aí começou a falar que me amava,mas que ele tinha medo de eu ir para outra cidade e trair ele ou conhecer alguém melhor que ele e tudo mais (sendo que qualquer babaca seria muito melhor que ele e serio eu trair ele? esses medo era pq ele era o infiel da relação)e aí ele falou que se eu queria terminar com ele e aí eu falei que seria melhor a gente terminar, pq se pra ele nosso relacionamento a distancia não ia funcionar, então para que continuar e aí ele veio me abraçou e começou a chorar, porém percebi que aquele choro não era muito verdadeiro e aí eu chorei vindo para casa, mas era um choro dele alívio e um pouco triste por ter que contar para minha mãe que a gente tinha terminado, pois como a gente terminou eu estava tranquila que eu não iria sofrer mais e assim iria para outra cidade e não precisarei conviver com aquelas pessoas e aí alguns meses após o término meu ex veio conversar e pedir desculpas por tudo que ele tinha feito e pedir uma segunda chance, pois ele tinha se arrependido de tudo (pq ele tinha namorado e essa menina tratou ele tão mal, quanto ele me tratou e aí ele se deu conta das merdas que ele fez com quem realmente amava ele e que sempre cuidou e quis seu bem), porém após esse término eu comecei a ter mais alto estima e perceber que eu merecia alguém muito melhor e que ele e aí eu naturalmente dei um fora (ele começou a falar coisas do tipo ''você fazia cursinho fora e você acha que eu não iria desconfiar de algo'', insinuando que eu tinha traído ele e eu me estressei e comecei falar e por pra fora tudo e ai ele viu o quão errado ele estava) e uns dias depois um amigo meu veio me contar que esse ex meu tinha ficado com essa "amiga" minha um pouco depois que a gente terminou e eu fui e perguntei para ele e ele me confirmou e aí eu cortei minha amizade com aquela "amiga" e aí ele queria continuar a amizade comigo e eu aceitei, porém sempre fui fria e aí ele veio reclamar que eu não era a mesma e que eu estava fria com ele e aí eu falei que depois de tudo ele queria ainda que eu fosse igual com ele e fingisse que tava tudo ok e aí ele parou de falar comigo, por atualmente eu já os perdoei e queira que ele sejam feliz, contei para minha mãe os reais motivos de eu ter terminado com ele uma semana depois de ter me mudado para outra cidade, pq eu não tinha coragem de contar cara a cara e aí lubinha atualmente eu encontrei alguém que realmente me ama e me valoriza do jeito que sou e sempre me anima e sempre está disposto a tudo por mim, tanto que foi ele que me apoio a vir contar para você essa historia (eu e ele te assiste e então sempre que a gente joga a gente usa algumas frases suas), bom lubinha tenho algumas prints das conversas e queria muito poder deixar aqui para você ver, mas não sei como faz para colocar kkkk, a já ia esquecendo de contar que essa ex namorada dele sempre tentava fazer meu amigos se virarem contra mim, porem não conseguiu e então é isso lubinha essa é minha historia de quando fui traída em um relacionamento e em amizades . bjs lubinha e obrigada por todas as noites de diversão que você me proporciona (principalmente com o quadro nice mendigos e sempre coloco eles quando estou com crise de ansiedade ou insonia, pois me ajuda a acalmar e dormir) e caso queira julgar quem foi o babaca da historia pode ficar a vontade (apesar de eu achar que todos foram kkkkk). é isso lubinha,bjs e desejo todo o sucesso do mundo para você, seus editores e turminha. então é isso bjs lubinha, amo você.
submitted by Natalia_Richarde2020 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.31 01:33 Felicity4Now O mundo dá voltas, meu amigo

Oi queridos, tudo bom com vcs? Essa é minha primeira vez no reddit, mas fiz o login mais pra desabafar essa história que está pesando demais pra mim. Postei essa história em outra pagina, mas vou postar nessa tbm. Quem não gosta de histórias deprimentes e longas, pule esse post.
Tudo começou faz 2 anos, em 2018, qdo eu fui para o oitavo ano e resolvi me mudar de colégio pq eu não me dava bem com os colegas da escola anterior (quer dizer, sempre fui meio excluída em todas as escolas que estudei mas enfim). Para a minha surpresa, o pessoal desse colégio aparentemente tinha me aceitado e fiquei mto feliz, finalmente tinha me sentido incluída na escola, deu até um alívio. Mas bem, a história não eh exatamente sobre isso, é sobre oq eu vivi com um amigo meu, vamos chamá-lo de Clóvis. Nunca tinha tido amigos piá, mas nesse ano foi diferente, me dei melhor com os piá do q com as guria. E para a minha surpresa, Clóvis foi, e sempre será, meu melhor amigo, por mais q ele tenha até me esquecido.
A primeira vez q vi Clóvis, ele já me atraiu, sim gente, comecei a ter um crush nele, mas eu ignorei, achei q era coisa da minha cabeça. Enfim, no início, Clóvis era uma pessoa super legal, extrovertida, gente boa, zuera, e foda kkkk. Mas... dps eu descobri q ele tinha depressao, hj eu entendo q a maior parte das pessoas q riem dms são as mais tristes por dentro... sei pq isso aconteceu cmg tbm, mas vou deixar isso pro fim. Por conta da depressao, tentei ajudar Clóvis de todas as maneiras possiveis, dava conselho, brincava com ele, tentava animar ele, mas ele sempre tentava se matar, sem sucesso graças a Deus. Mas isso fez com q meus sentimentos ficassem confusos, pq eu n queria, tipo, namorar alguem baixo astral, já q eu era tbm. Eu sei exatamente oq vcs estão pensando agora, sou uma ignorante msm, eu concordo, n precisam ficar jogando na minha cara pq eu já sei blz?
Enfim, como eu tava mto confusa, acabei me enganando e achei q estava gostando de um amigo dele (vamos chamá-lo de Roberto). Roberto era um cara foda tbm, gente finíssima, alegre e tals, até q ele me pediu em namoro no mês de Maio, mas eu recusei. Dps, Clóvis me pediu em namoro, e eu recusei tbm, n queria arranjar encrenca entre os 2. Mas, no final do mês de Agosto do msm ano, começou a merda. Eu n me lembro mto bem o motivo, porem briguei feio com Clóvis e comecei a namorar o Roberto. SIM, oq eu n queria aconteceu, treta total meus amigos. Vcs devem estar pensando: “mds q BURRA”, pse, eu tbm penso isso de mim tá? Mas n dá pra eu voltar no tempo.
Assim, o namoro q eu tive com o Roberto foi meio q uma amizade colorida (pra vcs terem uma ideia, se beijamos apenas 2 vezes em 8 meses ksks). Na fase auge do namoro, entre Agosto e Outubro, Clóvis continuava brigado cmg, até pq dava pra ver q ele tava super puto cmg por n ter sido aceito, se sentiu trocado e humilhado (tá gente, eu tava confusa, n taquem pedra em mim pq eu já taquei um monte já, pfv). Mas dai no final de Outubro a gente conseguiu fazer as pazes e continuamos bons amigos, junto cmg namorando o Roberto.
Outro ano se passou e todos continuamos estudando na msm escola, ou seja, continuou essa msm confusao, msm com tudo resolvido. Até que, no final de março de 2019, terminei com Roberto, pq ele tinha sido mto imaturo cmg e eu n permiti mais isso, e percebi q n fazia sentido eu ter namorado ele, até pq eu descobri mta coisa ruim dele tbm, mas n vamos entrar em detalhes (caso queiram saber, eu continuo amiga de Roberto hj em dia, pq odeio guardar mágoas das pessoas, ou eh pq sou mto trouxa, enfim).
E dps disso, Clóvis ataca novamente. Ele começou a me paquerar, quer dizer, ele nunca parou, mas foi mais forte dessa vez, e a gente foi contruindo uma relacao ao longo do ano, uma relacao mto, mas mto forte. Continuávamos bons amigos, mas a gente era REALMENTE melhores amigos mais aquele lance de paquera, até pq descobri q nunca tinha parado de gostar dele. (ss, Roberto aparentemente levou um chifre discreto, mas n vamos entrar em detalhes).
Continuando, eu infelizmente tive q mudar de colegio, por conta dos professores, q por mais q eu tirasse nota 10 nas provas eles me humilhavam junto com todo mundo, e por conta das minhas amigas, q andavam me excluindo do grupo delas. Mas minha amizade com o Clóvis foi longe dms, eu acabei dando mto em cima dele sem nem perceber direito e ele se iludiu cmg. No final do mês de Novembro, ele me pediu em namoro.... e advinha oq eu falei? NÃO Serio gente, eu disse não. Ai ai, nem eu creio, mas vamos continuar. Eu disse não por vários motivos, entre eles: 1- Não podia namorar, principalmente pq meus pais n deixam e meio q peguei trauma da historia com o Roberto (chorava todo dia pq odeio mentir, me fez mto mal); 2- Tinha medo q ele se revelasse pra mim e me magoasse, até pq ele eh super negativo e enfim; 3- medo de aceitacao da familia dele; 4- paranóias; 5- medo de começar o namoro e dps ele me largasse; 6- trauma do Roberto; 7- Ficar com depressao por conta do namoro, até pq eu fico mal vendo ele mal; 8- me arrepender.
Tá, podem parecer motivos absurdamente imaturos, mas se coloque no meu lugar, eu sou imatura gente, dclp.
Logo, Clóvis ficou de mal cmg por uma semana, n soube como aceitar aquilo. Mas dai, ele aplicou o golpe baixo dps, o mar diminuiu e dps veio o tsunami, se eh q vcs me entendem.
Ele resolveu q queria ser meu amigo dnv dps de uma semana brigado cmg. Eu achei estranho, mas aceitei ele de braços abertos, ate pq odeio guardar rancor, como disse anteriormente. Mas... ele nunca mais foi o msm, ele ficou mto estranho cmg a partir dai. Ele começou a me sacanear, a zoar dms cmg, mas achei q era coisa da minha cabeça e entao deixei neh.
Até q, no inicio de Março de 2020, era meu aniversario, e Clóvis sabe q eu amo comemorar nesse dia pq adoro festas. Entao, ele simplesmente me bloqueou. Eu n entendendo nada, fui falar com o irmao dele perguntando se tinha acontecido alguma coisa com o Clóvis, e ele me falou q Clóvis estava bravo cmg por conta do q eu fiz. Como já tinha se passado meses, eu achei q ele tinha já superado tudo isso, mas n.
Bem gente, foi ai q veio o tiro. Dps de horas sem me responder, ele me vem me desejando feliz aniversario, me chamando de corna tbm (ele tinha esse costume de me chamar assim por conta do Roberto). Mas eu n curtia mto isso, na maioria das vezes ignorava. Eu fiquei tao triste com aquilo, pq poxa, eu achei q tinha acontecido alguma coisa seria com ele ou q ele tava com raiva de mim, entao, bloqueei ele e fiquei sem falar com ele ate o final do mês. Mas já n aguentava mais, eu amava aquele cara (por mais q eu tenha feito mta coisa ruim). Perguntei pro irmao dele se estava tudo bem com Clóvis, e ele disse q ss.
Logo, me vem uma amiga dele me mandando direct pelo Insta e me falando q ele queria falar cmg. Pensei bem, e como n gosto de guardar rancor, desbloqueei ele. Se eu pudesse voltar no tempo, n teria feito isso de jeito nenhum gente, pq oq aconteceu dps parte meu coracao ate hj.
Conversei com ele e ele falou tudo oq eu queria ouvir, q sentia mto e q ele havia agido com mta imaturidade, disse q eu tava confusa com meus sentimentos e q ele devia ter me entendido antes. Ai gente, eu tinha ficado tao, mas tao orgulhosa dele! Qdo ele falou tudo aquilo, eu senti um alivio, até pq eu n precisava mais sentir aquela pontada de culpa q eu sentia todo dia. Q nada gente, o pior foi dps...
Uma semana se passou, e ele me bloqueou, sem deixar rastros. Fui perguntar pra amiga dele pq q ele tinha feito aquilo, e ela jogou um balde de agua fria em mim. Disse q eu n entendia nada e q eu tinha colaborado pra depressao dele, q eu só fiz mal pra ele e q eu devia me sentir arrependida diante disso. Eu como qualquer ser humano, tentei me defender na hora, tentando achar razao em mim, mas dps de uns meses percebi q realmente, eu sou uma monstra.
Pedi pra ele me desbloquear pra gente conversar, e foi uma burrice. Ele falou q eu tinha arruinado grande parte da vida dele e q eu q joguei ele no inferno q a vida dele eh, e mto mais coisas ruins q vcs n precisam saber.
Eu me senti acabada, principalmente pq a gente tava tao bem e eu achei q a gente ia conseguir seguir em frente sabe? Eu tinha esperança daquela amizade maravilhosa continuar com tudo. Achei q a gente ia festejar mais festas juninas, zoar, sair pros rolê, se divertir, cheirar pó de giz (KKKKK), entre outras coisas aleatorias. Sabe, eu amava mto ele, mas dps disso tudo oq eu fiz, era de se esperar q ele ia me dar esse tiro.
No inicio, eu tentei me esquecer dele, xingar ele, pensar coisas ruins sobre ele, tentar botar a culpa nele. Achei q em umas semaninhas ele ia voltar pra mim, mas n, ele sumiu...
Ate q, com esse sumiço, comecei a me dar conta do q q eu realmente fiz. Como pude ser tao cruel? Só pensar nos meus sentimentos e n nos dos outros? Como q eu consegui agir achando q era certo qdo na vdd era errado? Gente, eu comecei a me sentir, tao, mas TAO culpada, q a culpa até dói.
Eu sei q vcs devem ta pensando: “Ta, fez e recebeu, eh lei do retorno, lei da acao e reacao”. Mas gente, eu tava tentando ser feliz uma vez na vida, tava tentando ser aceita, e isso nunca tinha acontecido cmg e me confundi dms. Achei q tava fazendo o melhor qdo na vdd eu n deveria ter namorado ninguem isso sim. Mas eu n posso voltar no tempo...
Enfim, abril e maio se passaram, e eu comecei a manifestar sintomas de depressao, por conta das coisas da escola, por conta da cobrança, e principalmente, por conta dessa situacao, pq comecei a sentir mta culpa msm. Fiquei doente do estômago por conta de tudo isso e ainda to meio mal, n consigo comer como antes tbm. Tentei falar com Clóvis umas dezenas de vezes, mas msm assim n tinha papo.
Até q junho começa e me chega uma solicitacao no direct do Insta, era uma menina (vamos chamar ela de Folks), me pedindo dicas pra gravar videos, ate pq eu posto mto video no Insta pra ver se eu me esqueço de tudo isso. Comecei a conversar bastante com ela, principalmente pq ela eh incrivelmente incrivel. Ate q um dia eu tava bem bad e falei sobre todos os meus problemas com ela, e ela me disse... q ela era amiga do Clóvis.
Na vdd sempre desconfiei q ela era amiga dele, por conta de varios motivos, mas n vou ser especifica. Mas n deixou com q eu n ficasse em choque com Folks. Desde entao, ela tem tentado me ajudar a superar isso, conseguiu convencer Clóvis a falar cmg e enfim.
As conversas q eu tive com Clóvis, mais pioraram do q ajudaram, até pq ele dizia q me perdoava, mas q n conseguia nem falar cmg e nem voltar a ser meu amigo. Eu entendo ele pq nem eu to aguentando mais a minha presença. Mas, isso n deixou de doer em mim... E qdo ele me disse q tinha conseguido me esquecer e conseguiu me trocar pela Folks, foi a gota d’água...
Sabe, eu n sabia q eu podia ser trocada como um objeto, achava q era coisa da minha cabeça. Mas ele me trocou, e pela Folks ainda, q eu considerava e considero uma grande amiga...
Ah, o pior n foi isso q ele me falou. O pior foi qdo ele me disse q no inicio da nossa amizade, ele tinha intencoes ruins cmg... não, n eh relacionado a sexo ou coisa do tipo, eh coisa mais sombria. Eu n sei bem falar oq eh pq ele n foi mto especifico, mas isso me doeu tanto, pq eu sempre desejei o bem dele, por mais q eu tenha feito mta besteira com ele...
Entao gente, se eu n tivesse feito tudo isso, será q ele teria feito alguma coisa cmg? Eu sou a culpada ou ele? Nós 2 somos culpados? Eu devo me humilhar pro resto da vida? Ele q tem q se humilhar? Oq q eu devo fazer agora? Essas são duvidas q eu tenho, quem puder esclarecer ou tentar compreender a minha situacao, pfv me ajude. Oq vc faria no meu lugar? Se vc faria a msm coisa q eu, oq faria pra consertar?
Bom, eh essa a minha historia, q ninguem sabe o final... Dclp se foi uma historia mto deprê, mas eh q eu tinha q desabafar em algum lugar, serio msm.
submitted by Felicity4Now to desabafos [link] [comments]


2020.07.30 04:19 Alucard181 Me apaixonar pela minha melhor amiga foi o pior erro que cometi.

Estou me arriscando bastante ao postar isso aqui pois há uma grande chance dela ler esse post e descobrir quem foi que escreveu (pelo vocabulário dela eu percebo que ela frequenta fóruns na internet e se ela ver meu nick aqui, ela descobrirá que foi eu)
Vai ser um pouco difícil para eu escrever essa história e expôr publicamente, por mais que anonimamente, mas sinto que preciso tirar isso do meu peito...
Nos conhecemos pela internet nos tornamos ótimos amigos, conversavamos todos os dias sobre diversos assuntos, jogavamos minecraft juntos, enfim... Ela é uma pessoa maravilhosa, sempre me ajudou, sempre se preocupou comigo - se eu estava bem, sempre me apoiou e me incentivou a fazer as coisas que eu gosto - eu me sentia muito bem quando estava com ela, tudo parecia flores...

Foi aí que eu percebi que estava apaixonado por ela, tentei suprimir ao máximo, pois eu sabia que ela gostava de outro rapaz. Mas me mantive otimista, já havíamos conversado sobre relacionamentos, namoro, etc. e ela disse que namoraria comigo e eu retribuí dizendo que ela era uma pessoa incrível e que adoraria namorar com ela; mas a conversa não passou disso. E então eu recebi a notícia que ela estava namorando, e isso simplesmente me destruiu, eu não consegui mais manter a amizade, constantemente ela vem me dizer que sente minha falta e isso corta meu coração. Eu também sinto a falta dela, penso nela todos os dias e quero estar com ela a todo momento...

Me sinto perdido, por não saber o que fazer, se devo ter esperanças que um dia vamos ficar juntos, se devo e como esquecer ela e superar; Me sinto um trouxa por me apaixonar por uma pessoa que mora tão longe; Me sinto triste por ter perdido minha amiga, me sinto só, tenho poucos amigos e ninguém era tão especial como ela. Me apaixonei pela minha melhor amiga e isso custou toda a minha sanidade mental.

Obrigado por ler até aqui, deixe um comentário ou só um upvote que eu já estarei feliz. Tudo de bom a você.
EDIT: Nossa, quando eu postei esse texto, eu imaginava que não iria receber sequer o mínimo de atenção, principalmente sendo meu primeiríssimo post aqui no Reddit. Muito obrigado a todos que usaram o tempo livre de seu dia para comentar aqui; um abraço.
submitted by Alucard181 to desabafos [link] [comments]


2020.07.30 02:49 BruninVey Sou o babaca por "roubar" meu amigo e cortar relações com ele?

Ola Seres Celestiais(Luba,editores e gatos), e pessoas que estão a ler o meu post.Esta é minha primeira vez postando e hoje irei contar a historia de quando cometi o maior erro da minha vida."Roubar" meu amigo. título:
 O maior erro da minha vida 
Um pouco de contexto, eu jogava a alguns anos com um amigo de MG (obs:sou de MS) vamos chama-lo de Carls. Um dia Carls e eu decidimos ter a imbecil ideia de trocar de conta(obs2:eu e ele jogavamos no nintendo switch. Ou seja, trocamos de conta nintendo)ai ele ficou com os jogos que ele não tinha e eu com os que eu não tinha. Ok, mas como eu era muito retardado e como minha mente era muito infantil, entrei em um jogo na conta dele e gastei um item que ele havia ganhado de graça Depois um outro amigo, vamos o chamar de Farls.Farls me forçou a contar a ele, quando contei ele racionalmente cortou laços comigo. Depois ele contou isso para um, agora ex amigo meu chamaremos ele de Blarls, que hackeu e apagou todos os meus emails (tinham alguns muito importantes)como forma de ameaça para eu pagar Carls. Acabou que eles hackearam mais coisas minhas e eles converteram quase todos os meus amigos a ir contra mim (eu sou super sensivel qualquer coisa me machuca muito)entrei em uma depressão pesada tive que ligar para a central contra suicidio(inclusive um dos melhores amigos meus falou para eu me matar) fiquei muito mal mas melhorei. Paguei a ele(estava sendo ameaçado de processo) ele jogou comigo fiquei muito feliz e no outro dia fui falar com ele. Ele disse que não queria mais ser meu amigo e disse que não era por causa de mim e sim pelo fato de eu ser gay(obs:Não sou e nem teria problema se eu fosse, sou bi, e nessa época estava namorando o meu atual ex.
Hoje em dia estou bem melhor e praticamente não tenho mas contato com ele e com os amigos dele
Muito Obrigado Luba, te amo beijos de Campo Grande MS <3
submitted by BruninVey to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.29 22:24 Felicity4Now O mundo dá voltas, meu amigo

Olá Luba, editores, papelões mortos e possível convidado que está a ver. Essa é minha primeira vez no reddit, mas fiz o login mais pra desabafar essa história que está pesando demais pra mim. Quem não gosta de histórias deprimentes e longas, pule esse post.
Tudo começou faz 2 anos, em 2018, qdo eu fui para o oitavo ano e resolvi me mudar de colégio pq eu não me dava bem com os colegas da escola anterior (quer dizer, sempre fui meio excluída em todas as escolas que estudei mas enfim). Para a minha surpresa, o pessoal desse colégio aparentemente tinha me aceitado e fiquei mto feliz, finalmente tinha me sentido incluída na escola, deu até um alívio. Mas bem, a história não eh exatamente sobre isso, é sobre oq eu vivi com um amigo meu, vamos chamá-lo de Clóvis. Nunca tinha tido amigos piá, mas nesse ano foi diferente, me dei melhor com os piá do q com as guria. E para a minha surpresa, Clóvis foi, e sempre será, meu melhor amigo, por mais q ele tenha até me esquecido.
A primeira vez q vi Clóvis, ele já me atraiu, sim gente, comecei a ter um crush nele, mas eu ignorei, achei q era coisa da minha cabeça. Enfim, no início, Clóvis era uma pessoa super legal, extrovertida, gente boa, zuera, e foda kkkk. Mas... dps eu descobri q ele tinha depressao, hj eu entendo q a maior parte das pessoas q riem dms são as mais tristes por dentro... sei pq isso aconteceu cmg tbm, mas vou deixar isso pro fim. Por conta da depressao, tentei ajudar Clóvis de todas as maneiras possiveis, dava conselho, brincava com ele, tentava animar ele, mas ele sempre tentava se matar, sem sucesso graças a Deus. Mas isso fez com q meus sentimentos ficassem confusos, pq eu n queria, tipo, namorar alguem baixo astral, já q eu era tbm. Eu sei exatamente oq vcs estão pensando agora, sou uma ignorante msm, eu concordo, n precisam ficar jogando na minha cara pq eu já sei blz?
Enfim, como eu tava mto confusa, acabei me enganando e achei q estava gostando de um amigo dele (vamos chamá-lo de Roberto). Roberto era um cara foda tbm, gente finíssima, alegre e tals, até q ele me pediu em namoro no mês de Maio, mas eu recusei. Dps, Clóvis me pediu em namoro, e eu recusei tbm, n queria arranjar encrenca entre os 2. Mas, no final do mês de Agosto do msm ano, começou a merda. Eu n me lembro mto bem o motivo, porem briguei feio com Clóvis e comecei a namorar o Roberto. SIM, oq eu n queria aconteceu, treta total meus amigos. Vcs devem estar pensando: “mds q BURRA”, pse, eu tbm penso isso de mim tá? Mas n dá pra eu voltar no tempo.
Assim, o namoro q eu tive com o Roberto foi meio q uma amizade colorida (pra vcs terem uma ideia, se beijamos apenas 2 vezes em 8 meses ksks). Na fase auge do namoro, entre Agosto e Outubro, Clóvis continuava brigado cmg, até pq dava pra ver q ele tava super puto cmg por n ter sido aceito, se sentiu trocado e humilhado (tá gente, eu tava confusa, n taquem pedra em mim pq eu já taquei um monte já, pfv). Mas dai no final de Outubro a gente conseguiu fazer as pazes e continuamos bons amigos, junto cmg namorando o Roberto.
Outro ano se passou e todos continuamos estudando na msm escola, ou seja, continuou essa msm confusao, msm com tudo resolvido. Até que, no final de março de 2019, terminei com Roberto, pq ele tinha sido mto imaturo cmg e eu n permiti mais isso, e percebi q n fazia sentido eu ter namorado ele, até pq eu descobri mta coisa ruim dele tbm, mas n vamos entrar em detalhes (caso queiram saber, eu continuo amiga de Roberto hj em dia, pq odeio guardar mágoas das pessoas, ou eh pq sou mto trouxa, enfim).
E dps disso, Clóvis ataca novamente. Ele começou a me paquerar, quer dizer, ele nunca parou, mas foi mais forte dessa vez, e a gente foi contruindo uma relacao ao longo do ano, uma relacao mto, mas mto forte. Continuávamos bons amigos, mas a gente era REALMENTE melhores amigos mais aquele lance de paquera, até pq descobri q nunca tinha parado de gostar dele. (ss, Roberto aparentemente levou um chifre discreto, mas n vamos entrar em detalhes).
Continuando, eu infelizmente tive q mudar de colegio, por conta dos professores, q por mais q eu tirasse nota 10 nas provas eles me humilhavam junto com todo mundo, e por conta das minhas amigas, q andavam me excluindo do grupo delas. Mas minha amizade com o Clóvis foi longe dms, eu acabei dando mto em cima dele sem nem perceber direito e ele se iludiu cmg. No final do mês de Novembro, ele me pediu em namoro.... e advinha oq eu falei? NÃO Serio gente, eu disse não. Ai ai, nem eu creio, mas vamos continuar. Eu disse não por vários motivos, entre eles: 1- Não podia namorar, principalmente pq meus pais n deixam e meio q peguei trauma da historia com o Roberto (chorava todo dia pq odeio mentir, me fez mto mal); 2- Tinha medo q ele se revelasse pra mim e me magoasse, até pq ele eh super negativo e enfim; 3- medo de aceitacao da familia dele; 4- paranóias; 5- medo de começar o namoro e dps ele me largasse; 6- trauma do Roberto; 7- Ficar com depressao por conta do namoro, até pq eu fico mal vendo ele mal; 8- me arrepender.
Tá, podem parecer motivos absurdamente imaturos, mas se coloque no meu lugar, eu sou imatura gente, dclp.
Logo, Clóvis ficou de mal cmg por uma semana, n soube como aceitar aquilo. Mas dai, ele aplicou o golpe baixo dps, o mar diminuiu e dps veio o tsunami, se eh q vcs me entendem.
Ele resolveu q queria ser meu amigo dnv dps de uma semana brigado cmg. Eu achei estranho, mas aceitei ele de braços abertos, ate pq odeio guardar rancor, como disse anteriormente. Mas... ele nunca mais foi o msm, ele ficou mto estranho cmg a partir dai. Ele começou a me sacanear, a zoar dms cmg, mas achei q era coisa da minha cabeça e entao deixei neh.
Até q, no inicio de Março de 2020, era meu aniversario, e Clóvis sabe q eu amo comemorar nesse dia pq adoro festas. Entao, ele simplesmente me bloqueou. Eu n entendendo nada, fui falar com o irmao dele perguntando se tinha acontecido alguma coisa com o Clóvis, e ele me falou q Clóvis estava bravo cmg por conta do q eu fiz. Como já tinha se passado meses, eu achei q ele tinha já superado tudo isso, mas n.
Bem gente, foi ai q veio o tiro. Dps de horas sem me responder, ele me vem me desejando feliz aniversario, me chamando de corna tbm (ele tinha esse costume de me chamar assim por conta do Roberto). Mas eu n curtia mto isso, na maioria das vezes ignorava. Eu fiquei tao triste com aquilo, pq poxa, eu achei q tinha acontecido alguma coisa seria com ele ou q ele tava com raiva de mim, entao, bloqueei ele e fiquei sem falar com ele ate o final do mês. Mas já n aguentava mais, eu amava aquele cara (por mais q eu tenha feito mta coisa ruim). Perguntei pro irmao dele se estava tudo bem com Clóvis, e ele disse q ss.
Logo, me vem uma amiga dele me mandando direct pelo Insta e me falando q ele queria falar cmg. Pensei bem, e como n gosto de guardar rancor, desbloqueei ele. Se eu pudesse voltar no tempo, n teria feito isso de jeito nenhum gente, pq oq aconteceu dps parte meu coracao ate hj.
Conversei com ele e ele falou tudo oq eu queria ouvir, q sentia mto e q ele havia agido com mta imaturidade, disse q eu tava confusa com meus sentimentos e q ele devia ter me entendido antes. Ai gente, eu tinha ficado tao, mas tao orgulhosa dele! Qdo ele falou tudo aquilo, eu senti um alivio, até pq eu n precisava mais sentir aquela pontada de culpa q eu sentia todo dia. Q nada gente, o pior foi dps...
Uma semana se passou, e ele me bloqueou, sem deixar rastros. Fui perguntar pra amiga dele pq q ele tinha feito aquilo, e ela jogou um balde de agua fria em mim. Disse q eu n entendia nada e q eu tinha colaborado pra depressao dele, q eu só fiz mal pra ele e q eu devia me sentir arrependida diante disso. Eu como qualquer ser humano, tentei me defender na hora, tentando achar razao em mim, mas dps de uns meses percebi q realmente, eu sou uma monstra.
Pedi pra ele me desbloquear pra gente conversar, e foi uma burrice. Ele falou q eu tinha arruinado grande parte da vida dele e q eu q joguei ele no inferno q a vida dele eh, e mto mais coisas ruins q vcs n precisam saber.
Eu me senti acabada, principalmente pq a gente tava tao bem e eu achei q a gente ia conseguir seguir em frente sabe? Eu tinha esperança daquela amizade maravilhosa continuar com tudo. Achei q a gente ia festejar mais festas juninas, zoar, sair pros rolê, se divertir, cheirar pó de giz (KKKKK), entre outras coisas aleatorias. Sabe, eu amava mto ele, mas dps disso tudo oq eu fiz, era de se esperar q ele ia me dar esse tiro.
No inicio, eu tentei me esquecer dele, xingar ele, pensar coisas ruins sobre ele, tentar botar a culpa nele. Achei q em umas semaninhas ele ia voltar pra mim, mas n, ele sumiu...
Ate q, com esse sumiço, comecei a me dar conta do q q eu realmente fiz. Como pude ser tao cruel? Só pensar nos meus sentimentos e n nos dos outros? Como q eu consegui agir achando q era certo qdo na vdd era errado? Gente, eu comecei a me sentir, tao, mas TAO culpada, q a culpa até dói.
Eu sei q vcs devem ta pensando: “Ta, fez e recebeu, eh lei do retorno, lei da acao e reacao”. Mas gente, eu tava tentando ser feliz uma vez na vida, tava tentando ser aceita, e isso nunca tinha acontecido cmg e me confundi dms. Achei q tava fazendo o melhor qdo na vdd eu n deveria ter namorado ninguem isso sim. Mas eu n posso voltar no tempo...
Enfim, abril e maio se passaram, e eu comecei a manifestar sintomas de depressao, por conta das coisas da escola, por conta da cobrança, e principalmente, por conta dessa situacao, pq comecei a sentir mta culpa msm. Fiquei doente do estômago por conta de tudo isso e ainda to meio mal, n consigo comer como antes tbm. Tentei falar com Clóvis umas dezenas de vezes, mas msm assim n tinha papo.
Até q junho começa e me chega uma solicitacao no direct do Insta, era uma menina (vamos chamar ela de Folks), me pedindo dicas pra gravar videos, ate pq eu posto mto video no Insta pra ver se eu me esqueço de tudo isso. Comecei a conversar bastante com ela, principalmente pq ela eh incrivelmente incrivel. Ate q um dia eu tava bem bad e falei sobre todos os meus problemas com ela, e ela me disse... q ela era amiga do Clóvis.
Na vdd sempre desconfiei q ela era amiga dele, por conta de varios motivos, mas n vou ser especifica. Mas n deixou com q eu n ficasse em choque com Folks. Desde entao, ela tem tentado me ajudar a superar isso, conseguiu convencer Clóvis a falar cmg e enfim.
As conversas q eu tive com Clóvis, mais pioraram do q ajudaram, até pq ele dizia q me perdoava, mas q n conseguia nem falar cmg e nem voltar a ser meu amigo. Eu entendo ele pq nem eu to aguentando mais a minha presença. Mas, isso n deixou de doer em mim... E qdo ele me disse q tinha conseguido me esquecer e conseguiu me trocar pela Folks, foi a gota d’água...
Sabe, eu n sabia q eu podia ser trocada como um objeto, achava q era coisa da minha cabeça. Mas ele me trocou, e pela Folks ainda, q eu considerava e considero uma grande amiga...
Ah, o pior n foi isso q ele me falou. O pior foi qdo ele me disse q no inicio da nossa amizade, ele tinha intencoes ruins cmg... não, n eh relacionado a sexo ou coisa do tipo, eh coisa mais sombria. Eu n sei bem falar oq eh pq ele n foi mto especifico, mas isso me doeu tanto, pq eu sempre desejei o bem dele, por mais q eu tenha feito mta besteira com ele...
Bom, eh essa a minha historia, q ninguem sabe o final... Dclp se foi uma historia mto deprê, mas eh q eu tinha q desabafar em algum lugar, serio msm.
Gente, julguem dá forma que vcs quiserem, eh isso
Bjs <3 (vamos ver se Luba me nota, vai q ele me dá uma luz neh?)
submitted by Felicity4Now to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.27 21:15 Coffe_is_vida O meu,seu,nosso namorado?

Oi Luba,editor,possivel convidado,Gatas,Papelões falecidos,gatas e turma que está a veassistir!
(Se tiver como fazer uma voz de menina agradeço) Bem a minha história foi meio doida e aconteceu comigo minha amiga e uma menina que eu não gostava mas agora somos outra coisa!
Titulo: O meu,seu,nosso namorado?
Contesto: Eu tinha depressão na época que isso aconteceu,mas consegui sair da depressão,graças a você,o jean,meus melhores amigos e a menina que eu não gostava! então muito obrigada Luba!
Ano passado,antes da pandemia,eu namorava um menino (coloque um nome nele) e ele era atencioso comigo no começo da relação! Assistiamos séries,saiamos para passear e etc...Mas...quando completamos 1 mês de namoro ele começou a parar de ser atencioso.Então como eu tinha meus melhores amigos e minha melhor amiga eu comecei a sair com eles para me distrair e me divertir! Daí meus amigos e eu começamos a planejar um encontro de casais.Meus amigos com os boys deles e eu e minha amiga com os nossos!( Nós nos apelidamos carinhosamente de Bi chifrudos!kkkkk acho que vc já imagina o motivo!) E daí nos fomos e marcamos de fazer o encontro numa festa que aconteceria na escola e um dos meus amigos era irmão da menina que eu não gostava e claro ela foi com no encntro pois ele tinha chamado! Quando chegou um dia antes da festa (que era a fantasia, por causa do Halloween) Minha amiga falou que o namorado dela não ia e por "puro azar" o meu namorado não ia! então falamos assim ok né? devia ter outra coisa para fazer! daí quando chegou o dia da festa todos os meus amigos foram e levaram os boys e eu e minha amiga de vela!ksks Daí chega a irmã do eu amigo sem par, fui perguntar o porque dela estar sem par e ela falou que o namorado dela ia chegar um pouco atrasado! Pensei "blz"!
Nós tinhamos acabado de virar amigas e eu tinha perdido a minha impressão dela! Só que toda a diversão acabou quando o namorado dela chegou...! Então ela viu ele chegar e foi correr para abraçar ele,só que eu a impedi e perguntei quem era o namorado dela e ela respondeu falou que era o menino que tinha acabado de chegar! mas daí minha amiga escuta e fala que aquele era o namorado dela! daí pra amenizar a situação eu pedi para elas apontarem quem era e não foi uma boa ideia! pois elas apontaram para a mesma pessoa e quando eu fui reparar eu percebi que era o meu namorado tb! Falei assim"Meninas calma vamos conversar com ele!" e elas concordaram então a minha amiga foi e falou " Oi amor tudo bem? E já foi logo tacando o beijo nele" daí como tinhamos planejado ela levou ele para um canto que tinha na escola! e quando ela chegou lá a irmã do meu amigo foi e falou" Oi amor!" Daí eu atrás falei o mesmo! Luba eu te juro o menino era pardo e ficou mais branco que a cor branca! (Eu só pensei na hora que queria dar um soco na cara do Muleke)
Só lembro Luba que a irmã do meu amigo me segurou pra eu não bater no guri! Mas não lembro de mais nada pois isso meio que aconteceu e depois eu fui curtir um pouco da festa, enfim todas nós terminamos com ele, eu fui e pra esquecer (e pra não perder o meu tempo) fiquei com algumas pessoas! Só lembro que no outro dia foi só conversa disso no nosso grupo.Mas tenho uma boa notícia! Eu e a irmã do meu amigo estamos namorando, minha amiga está de vela ainda! (rsrsrs) Mas é isso Lubinha ( Se vc estiver pensando que é fanfic eu juro pra você que não é e como eu queria não ter mais um galho na minha cabeça) Um beijo=1.000 e mais uma vez muito obrigada por fazer conteudos Fod*s que ajudam as pessoas! Te amo de verdade e espero um dia te conhecer! Tchau
submitted by Coffe_is_vida to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.27 01:30 AlguemMeMataPLS O Segredo do meu Irmão Homofobico

Oi Luba, Luno, Luna e todos que estão a ver, hoje vou lhes contar o caso que esta ocorrendo nesse exato momento na minha familia.
Eu sou Bi, mas até agr só contei isso aos meus amigos que eu realmente confio, pelo fato de toda minha familia ser bem religiosa e meio Homofobica, eu estou no armário desde que descobri minha sexualidade. Meu irmão, Carls, é exepcionalmente homofomico, ele é do tipo de cara que acha que se vc n tem ft de mulher pelada no celular vc é gay, oq por si proprio eu já acho nojento, mas tudo começou um tempo atras. Eu estava comendo e assistindo um dos seus vídeos, quando ele percebe e diz "Você é gay né, pq pra assisti esse cara tem que ser, ele me da nojo". Nesse momento eu ja estava com odio mas me segurei pois ouvir coisas assim é, infelizmente, rotina pra mim. Ent dps de um tempo ele novamente falou coisas Homofobicas, mas desta vez foi do meu primo Mars (ele é gay mas a familia dele e bem parecida com a minha), isso me deu raiva, logo saberam pq, ent eu não me segurei, olhei pra ele e disse: "É Carls, eu não te culpo por dizer essas coisas, vc deve estar irritado dps de tantas coisas que esconde da Lars", Lars era a atual namorada dele, e ele ficou apreensivo, pois, como nós dois sabiamos, ele guardava muitos segredos dela.
Para dar um pouco de contexto, vamos voltar dois anos atrás.
Meu irmão namorava com uma menina diferente, vamos chamala de Farls, ja faziam 4 anos, meu irmão foi despedido da empresa dele, ent foi trabalhar em outra cidade com meu tio, ele só voltava para nos ver aos fins de semana. Isso por si proprio ja deixou Farls irritada, mas até agr ela se mostrava fiel. Farls trabalhava na mesma empresa que Marls, e assim ficamos sabendo que, dias de semana ela ficava com um cara, ja nos finais ela via meu irmão, dps disso eles se separaram, ela começou a namorar com o outro cara, e engravidou meses depois... pelo menos é nisso que acreditava-se. Fiquei sabendo por um amigo de meu irmão, que tb é nosso cunhado, que meu irmão, mesmo ja estando namorando com sua atual (oq ocorreu tb meses dps da separação) continuava indo na casa da Farls, e "dormia" com ela, ainda tendo falado que fez isso sem proteção pra se da de macho. Não contente por provavelmente ter engravidado a ex enquanto namorava com a atual, ele e os amiguinhos tem umas conversinhas bem peculiares, como:
"Carls: não, aquela lá era só uma fodinha, a Larls n vai saber ñ"
"Amiguinho: nossa aquela la nois fez estrago, n vai consegui nem anda"
Isso eu não posso provar, mas é bem provável que Lars vai ficar com mais galhos que o Jean, ou, pelo menos, será uma oponente.
Praticamente é isso Lubixco, continuo no armário, meu irmão continua, muito provavelmente, traindo, e a Lars ainda é Cornea. Quero contar mas pode cair tudo pra cima de mim, bjs >4
submitted by AlguemMeMataPLS to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.26 07:48 Xocolate_Amargo Não sei q p*ha sou e minha relações familiares.

Oi ser humano do outro lado, vou me chamar de Xoco nesse post, e tds os nomes fictícios.
(Só um ponto: meu pai tem 8 filhos e eu n conheço tds, acho q nem ele)
Uma explicação rápida sobre minha família: Meus pais estavam quase se separando qnd nasci, só servi pra segura-lós por mais 8 anos (¯_(ツ)_/¯).
Depois do divórcio, meu pai ficou com minha guarda e de meus 2 irmãos mais velhos, assim sendo: Yui (13 anos), Yva (10) e eu 8.
 Minha mãe tem um problema de coluna q a incapacita de trabalhar com carteira assinada, resumo: ela se vira com bicos e 1 aluguel. 
Tenho uma irmã de 30 anos (K, só k pq ela é o oposto de uma Karen) ela não ODEIA minha mãe... Mas não gosta dela pq qndo minha mãe tinha 17 (grávida do Yui), foi morar com ela, q tinha 12/13 e meu pai, na casa dele. (a K é minha irmã de outro casamento) e minha mãe tinha TOC, então a Eva (minha mãe) era mto chata. um irmão de 21 (vamos chama-ló de Wall. Não sou tão próxima dele quanto da K.) e vejo ele menos q o Leon achando um Porigon.
Meu pai é das antigas, ele não diz que é homofóbico, mas é do tipo "Sem preconceito, mas..." ou dizer "Morde-Fronha", "Bicha/Bichõna"...
Minha mãe não é tãaao das antigas, porém não gosta que eu use roupas q ela diz ser de menino, e diz que por ser menina devo usar roupa "de menina", me maquiar e talz; assim como minha madrasta.
Depois do divórcio meu pai teve alguns namoros, e ele namora atualmente a Nie (minha madrasta) a dois anos (namoro mais duradouro desde o divórcio em 2014/2015)
Ela tem três filhos:
★Price: uma menina mimada pela avó e desorganizada pra kssete (queria estar exagerando). (11 anos)
★Itachi: Grita toda hr por causa de jogo, sempre deixa a mesa da cozinha suja com as louças que ousou pro café/almoço e não retira a mesa. (Aqui em casa cada um lava oq usa e tem que retirar a mesa se é o último) (16 anos e menino)
★Tasmanha: um molequinho de 9/10 anos que destrói td que toca por que sabe que vai ganhar um novo. Sempre mente qnd pode pra se safar e acaba ferrando os outros por isso. Grita alto e agúdo td hr, e faz xixi na cama td dia.
(Um ponto forte é que eu e meus irmãos Yui e Yva perdemos a confiança no nosso pai dps q ele quebrou várias promessas importantes pra nós de uma vez só, por puro egoísmo e dps agiu como se nada tivesse acontecido, nós só fingimos de volta. Pelo fato de eu e K temos uma alta diferença de idade, não somos tão próximas qnt eu queria. Ela tem um esposo e duas filhas, não tão importantes pra história. [Ela tmb já perdeu 2 bbs]).
Tem muita história, porém é te que eu consigo resumir. 
Ps. Atualmente Yui tem 19 anos, Yva (comunidade n permite dizer) e eu (comunidade n permite dizer).
Personagens introduzidos, vamos a história:
Nunca gostei de me maquiar e usar roupas "de menina", acho até legal as vezes qnd tô sozinha, eu fico tipo: "Nossa, que legal, mas isso incomoda pra krl..." Como uma vez que eu avia me maquiado (pq minha madrasta insistiu) e Yva me disse:
—Nss, vc tá muito bonita! Kkk –Pô, valeu! Kk E eu fiquei: "Isso foi um elogio... Pq machucou tanto?!" Eu gostaria de me entender. Entender pq de uma hr pra outra me senti mal com um elogio?! Isso aconteceu a um tempão e eu nunca esqueci. Gostaria de ser tratada como meus irmãos, jogar jogos e me divertir como eles. De uns tempos pra cá venho me questionando mto sobre minha sexualidade e gênero. Desde que me lembro sempre fui fã de vestir roupas "de menino" e jogar jogos "de meninos". Sempre odiei estar conversando com as garotas sobre as coisas que considerava superficial, como os draminhas e outras idiotices. Por conta disso as meninas raramente brincavam/conversam cmg. E os meninos não querem estar cmg pelo fato de eu ser uma garota... E nunca me senti desconfortável qnd se dirigiam à mim como "ele". (Não que eu me sentisse desconfortável com "ela".) Eu antes de conhecer o conceito trans/gênero fluído queria cortar meu cabelo longo bem curtinho e andar em meio a pessoas desconhecidas, pra fazer amigos usando uma indentidade masculina. A um dia eu conversava com meu irmão sobre um anime e chegamos ao assunto sobre nossa relação familiar. Como qualquer adolescente meus irmãos já tomaram cerveja e outras bebidas alcoólicas por estimulação dos tios da família. Enquanto eu... Aaah não-- O mas importante é que falamos sobre os rolês deles (Yui, Wall, Yva e seus miguxos) e eu disse: —Tenho certeza que se eu fosse um garoto vcs me envolviam, né? Kkk 
E ELE NEM NEGOU, só mudou de assunto
Mas oq me irrita não é só não poder pedir ajuda pra minha família por medo do possível clima depois (principalmente pq sempre denfendi a comunidade LGBTQ+ mesmo antes de me descobrir nela, e sei que eles diriam coisas do tipo "sempre soube, kk" que me machucariam mto, pq eles me jugariam como lésbica [já até fazem as vezes] por causa disso, oq nós leva ao próximo tópico) E sim o fato dos meus parentes mais próximos sempre se referindo ao futuro dizendo que vou casar e tal, mesmo eu já negando meu desejo por uma festa estúpida feita apenas para unir recursos, algo que de certa forma foi cultivado até hj. Não quero assinar um papel pra mostrar o quanto amo uma pessoa. Isso é ridículo. Menos festas de despedidas de solteiro. Elas são legais. (já pararam para pensar que se chama despedida de solteiro quando você está namorando¿?)
Sexualidade. Mano... Eu não tenho nenhum desejo carnal. E estaria td bem se derrepente: boom! Começo a sentir sexualmente atraída por alguém?? Então percebi q sou demissexual. (Mas apenas pelo sexo masculino.) 
Eu queria explicar mais do meu ponto de vista, pra dar sentido ao q falei das pessoas, porém o post seria enorme :') Talvez eu faça uma continuação e explicando td que ficou de fora, inclusive o pq não desabafei com a K ou algum 'amigo'. É só isso, não sei se sou uma tomboy, gênero fluído, ou um trans. :')
Obrigado por lerem! 
submitted by Xocolate_Amargo to desabafos [link] [comments]


2020.07.25 04:22 MarcoDino O HEXÁGONO AMOROSO

Olá seres humanos não adaptados para 2020, olá Luba, pessoas que estão a ver este post que são demominados de turma (chega), olá gatas incríveis, restos de papelão e se eu aparecer no vídeo né, editor (COISA Q NUM VAI ACONTECER MASOK SKSK) Bom, minha história começa no meu.... Acho que 7 ano, não lembro totalmente, mas enfim, onde eu conheci minha Ex (vamos chamar ela de Chibi, pq ela é pequenininha, sem ofensa, claro) Chibi, ela se interessou por mim quando eu namorava uma amiga dela, a...... Rars, que tipo, sabe aquele namoro meio paia que só é coisa de momento e tals? Então, era isso, a gnt se conheceu nesse contexto. Chibi e eu namoramos por quase um ano, em volta de 8/9 meses, até que me mudei e fui para outra escola, onde foi nossos últimos meses de namoro. Conversa vai, conversa vêm, o namoro foi desfiando conforme os móveis da minha casa iam para outra, até que eu finalmente me mudei, foi aí que decidimos ir namorando (coisa que nunca dá certo), ao chegar na minha nova casa, obviamente fui transferido de escola, até pq a minha antiga era mt longe, foi onde conheci meus três amigos, Fars, Kars e a Lars, a gnt sempre saía juntos e tals, zoavamos, enfim, éramos um quarteto bem legal até. Nisso, eu ainda estava com a Chibi, e já não nos víamos a bastante tempo (cerca de 1 mês), ai minha amiga Rars (a mesma que me apresentou a Chibi e que por sinal era minha melhor amiga na época) pergunta como estão as coisas com a Chibi, eu respondi que estava tudo bem e que estava até andando, vendo as circunstâncias, enfim. Uns 5 dias depois, eu pergunto pra Chibi como ela estava no curso que ela estava fazendo, conversa vai, conversa vêm, ela me fala de um cara, mas assim, não foi tipo..... Passageiro sabe? Foi meio que na cara assim, ela marcou o nome dele meio q indiretamente, falando disso e aquilo, eu não sou idiota de reclamar e tals, mas sla, foi estranho. Me sentindo BEM GAIADO (corno, n sei se sabem o que é gaia né kks), vou falar com meus três amigos, e um deles, o Kars, diz que gosta da Lars, e eu tento arranjar um esquema pra ele, até pq eu gostava bastante dele e queria ver ele junto com Lars, e foi o que eu fiz, tentei, tentei e tentei, mas nada dos dois ficarem (nota:isso tudo sem o Fars saber), se passam alguns dias, e o Fars fala que também gosta de Lars, e eu, amigo legal como sou, tento "convencer" Lars a ficar com ele também, chega um ponto em que o clima está muito pesado, apenas eu no meio do tiroteio de mãos atadas, depois de um tempo tentando arranjar os esquemas, Lars fala que não quer ficar com nenhum dos dois, algo que realmente me deixou chateado, não por causa dela ter recusado eles, mas pelo o tempo que jamais terei de volta, enfim, depois de uma boa semana (e se lembre, me sentindo corno) resolvo dar o troco naquele sentimento que a Chibi me fez passar, fui até Lars e tentei fazer um esquema para mim, pois eu já sabia o que ela gostava de tanto que eu tentei arranjar esquema pros outros dois, e deu certo, chegou um ponto em que eu traí Chibi com Lars (claro que eu fiquei num lenga lenga, mas isso é algo até bom, pq depois daquilo eu sou bastante direto no que falo), primeiramente me senti aliviado por só ter tirado aquela coisa da minha cabeça, talvez ser corno não seja tão ruim quando se está com um parceiro, não é? Depois senti que devia terminar com Chibi, até pq não estávamos conversando tanto, e já estava bem claro que não poderíamos mais namorar, foi aí que me vêm a mensagem dela, Chibi também queria terminar, o que não era tão assustador assim, CONVENHAMOS. Bom, terminamos, e eu segui meu rumo, passam umas semanas e eu tenho a notícia que Chibi começou a namorar aquele menino de quem tanto falava, e mais, Rars me disse que Chibi só estava comigo esperando ele terminar seu namoro, foi quando eu fiquei P*TO, disse para Rars contar que dei gaia na Chibi (sim, ela não sabia), até pq eu não estava com paciência e não queria falar com ela (coisa bem infantil), Rars conta para Chibi, que não fala mais comigo e começa a me odiar, obviamente, e então se passa cerca de 2 meses, aonde eu começo a namorar Nars, que por sinal foi realmente um ótimo namoro, mas que por conta da minhas condições (eu tenho um distúrbio mental chamado Borderline, que pfvr, se quiser me entender um pouco nessa história, pesquise um pouco, tá mais para personalidade, mas relevamos não é mesmo?), eu simplismente termino com Nars, pois não estava bem emocionante e precisava pensar. Um tempo passou e eu me encontro recuperado, tendo apoio de profissionais aos quais eu ainda tenho que ter, pois é algo que não posso controlar tão facilmente, então tento voltar com Nars, MAS CHIBI DESCOBRE ISSO, CONTA PARA TODO MUNDO O QUE EU FIZ (possivelmente não contando a sua parte, eu não sei), CRIA UM GRUPO AONDE TÊM SUAS AMIGAS ME XINGANDO E RIDICULARIZANDO, E POR FIM, DIZ AS SEGUINTES PALAVRAS (isso após uma longa discussão do quão ela e eu fomos babacas):
-Narns não precisa de você o abandonando, tendo você na cabeça o dia todo, ele se sente mal falando com você e suas palavras o machucam, se você o ama, deixe ele em paz.
Me estressei e discuti com ela por um longo tempo, até que paro de falar com Chibi e Nars. Um bom tempo se passa, e Nars me manda uma mensagem, pouco a pouco voltamos a ser amigos, mas comigo gostando dele, mas se sentindo culpado e não podendo falar o que sente, com medo de perder a amizade. Passa-se um tempo, as conversas desenrolando, aquele sentimento ainda ali, depois de (acho, eu realmente sou MT ruim de memória) 3 meses, eu me declaro para Nars. Hoje em dia, estamos namorando, eu e Chibi nos desculpamos e agimos de forma madura, assumindo os erros e realmente olhando para trás e dizendo o quão babacas nós tínhamos sido, eu e Nars reatamos (para ele não foi um tempo, mas para mim sim) e, pelo menos para mim, estamos a quase 5 meses juntos, o que me orgulho bastante de falar é que sou feliz com ele, infelizmente minha família não apóia minha decisão, por isso deixo em segundo plano, apenas treix primas minhas sabem e apoiam com toda força, ele e eu queremos nos mudar para bem longe, aonde realmente poderemos ser felizes, venho aqui contar essa história, pois sei que, se conseguirmos viver juntos, vamos olhar para trás e nos orgulhar e dar risada do que passamos. Desculpa essa melancolia e melação, mas eu amo ele, e ele me ama, me desculpa essa Bíblia, mas espero que seja um bom entretenimento. Obrigado se você leu até aqui, se eu apareci no vídeo, é uma honra estar aqui Luba, você é uma grande inspiração para mim e acredito que para muitos É isso, muito boa noite, tarde ou qualquer outro plano existente :3
submitted by MarcoDino to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.25 03:03 OLado_bomDeSerGay Ola, turma que esta a ver, donos do-- digo... Editores, Luba, gatas, papelões e espírito maligno q vive na porta do luba

Fui babaca por ajudar um amigo a tentar conquistar seu Crush?
Bem, a uns meses atrás eu tinha um grupo de amigos (obs: todos nós somos gays). Enfim, eu havia começado a namorar um dos meus amigos (vamos chama-lo de Jack). Bom, "Jack" e eu estávamos super bem etc.... Porém um de meus amigos estava se sentindo muito sozinho (vou chama-lo de Henrique) Henrique estava gostando de um dos amigos do grupo("yago") e aparentemente eles iriam ficar. Bem, uns meses se passaram e um outro casal se formou em nosso grupo (não, não era Henrique nem Yago) é um casalzinho que vai ser meio relevante mais tarde. Henrique e um amigo nosso ("Miguel") viviam falando o quão se sentiam sozinhos etc... Yago ficava falando que iria pegar um dos dois ou namorar um dos dois, até ai blz. Meses se vão e pegação também, lembra do casal que eu disse que iria ser relevante? Então, esses dois decidiram "acolher" o Miguel no caso serem uma especie de triângulo amoroso, deu ate que certo e ficamos bem até Henrique descidir se "confessar" para Yago. Eles conversaram, porém Henrique me disse que (palavras dele): Eu me confessei para ele, disse tudo que sentia etc... Mas ele falou que dizia aquelas coisas só parar ser engraçado, ele não achou que eu levaria tão a serio . Após essa conversa ele me pediu para tentar falar com Yago, eu fiquei com pena e raiva por ele, por isso foi fala com Yago. Quando eu fui falar com os mesmo ele me disse que não poderia ficar com o Henrique pois já estava namorando (segue a lista. Lembrando q são nomes inventados para m expor ninguem): Miguel, Lucas, Davi e Gabriel. Ele estava namorando essas quatro pessoas (sim todas elas sabiam uma das outras) e quando eu perguntei pq ele "excluiu" Henrique ele me disse que não estava excluindo ninguém que gostava de Henrique como amigo nada mais. Eu entendi o ponto de vista dele, ninguem é Obrigádo a gostar de ninguém porem ele iludiu Henrique, mentiu para ele e quando disse que eu não concordava com aquilo me excluiu do circulo de amigos dele. Até ai blz eu não liguei. Alguns meses depois eu e meu namorado acabamos por termina, apos esse infeliz acontecimento Yago veio ate mim junto com seus namorados jogarem pedra (modo de falar) em mim dizendo que: Eu gostava de iludir as pessoas, que não valorizava o amor e que eu so ligava para mim msm. Sendo que eu e meu ex havíamos conversado sobre termina etc... Enfim, acabei sendo excluído por tentar ajudar meu amigo e por ter terminado com meu ex... Sou babaca por ter contrariado a escolha do "Yago" sim ou não???
submitted by OLado_bomDeSerGay to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.22 20:36 outsider2677 Amor platônico é foda!

Seguinte, na epoca do ensino médio eu gostava muito de uma garota, vamos chamar ela de "P".
Na época ela estava namorando com outro cara, porem como estudavamos na mesma sala, nós criamos uma amizade bem forte, o problema foi que eu me apaixonei hard por ela.
Como eu sempre fui confiante, quando vi que estava me afetando bastante decidi ser sincero com ela, não pra ela terminar o namoro e ficar comigo mas sim pra ela saber o que eu sentia e como éramos amigos senti a liberdade pra isso
Entao ta, falei o que eu sentia pra ela e pra minha surpresa foi recíproco, ela afirmou que também havia se apaixonado por mim mas que nao iria trair o namorado e que iria terminar com ele para ficarmos juntos. Clichê demais, eu sei.
E então ela terminou com ele mas devido a um mal entendido entre eu e ela (ela achou que eu tava ficando com outra guria porque a desgraçada da melhor amiga dela falou isso. Acho que ela não queria que eu ficasse com a "P")
Terminamos o ensino medio brigados, cada um foi pra seu lado e logo após isso eu fechei essa porta e comecei a procurar outras garotas. E acabei ficando com uma garota que conheci no escoteiro, vamos chamar de " J". Gostamos um do outro e após uma semana de eu ter pedido ela em namoro a "P" me manda uma mensagem querendo marcar um encontro com ela. Eu aceitei pra finalmente dar um ponto final.
Nós saímos e foi um dos melhores dias da minha vida, não nos beijamos nem nada, a "P" sabia da "J" e respeitou isso. Eu continuei com meu namoro (4 anos já) com a "J" e de vez em quando falo com a "P" mas mesmo eu nao tendo ficado com ela nem nada, eu continuo com esse sentimento de: como poderia ter sido, sabe?
Eu amo minha namorada, ela é a melhor pessoa que conheço mas isso fica preso na minha cabeça e eu fico maluco.
Já tentei cortar laços com a "P" várias vezes mas sempre voltamos a nos falar, até chamamos isso de temporadas.
submitted by outsider2677 to desabafos [link] [comments]


2020.07.20 15:59 ougaikkk Coreano Criminoso

Bom dia Luba, editores, falecidos papelões, gatas e turma que está a ver.
Eu sou não binário, mas faz um voz masculina, ajudando ai na hora do pronome :D
Minha história não é emocionante do tipo explosão UAU mais efeito de explosão ENT ELE TRAIU A NAMORADA COM A PRIMA DELE, MAS NA VERDADE ERA A MÃE BOOM. Não, não é esse tipo de história, mas uma pessoa foi presa :D. De toda forma vou tentar ser rápido e deixar a leitura agradável, espero que gostem.
Tudo começa no começo do ano passado, eu estava namorando com um carinha (vamos chama-lo de Alex), a nossa relação não estava tão boa nas últimas semanas, mas tínhamos acabado de completar 1 ano de namoro, 4 de fevereiro, então eu quis segurar mais um pouco, o ano letivo ja tinha começado e eu decidi finalmente falar com um garoto que ficava me observando na hora do recreio (chamemos ele de Junguicuki do bts, kkk, ta chama de Lee), eu era kpopper doente nessa época e não conhecia ninguém coreano e queria muito como qualquer kpopper doente mental, então eu comecei a reparar mais nesse Lee e decidi finalmente conversar com ele.
Contextualizando, ele me observava no recreio fazia DOIS FODENDO ANOS, nos conhecemos no banheiro da escola, eu estava chorando e perdi o 4° horário (aula depois do recreio), então quando sai da cabine no início do 5° horário ele estava sentado na pia de frente para a minha cabine, ELE TINHA OUVIDO EU CHORAR, eu sem saber o que fazer travado na frente da porta só respondi um "eu to legal" depois dele perguntar se eu estava bem, e só sai dali, depois desse dia estranho e desconfortável para um senhor cARALHO, ele tornou mais desconfortável e começou a me seguir no pátio, e eu via aquilo, dava pra perceber.
Voltando para fevereiro de 2019, começamos a conversar e viramos amigos, grandes amigos, mas eu queria que aquilo se é que me entende, 16 anos é foda, eu estava cogitando terminar o namoro porque eu não queria chegar ao ponto de trair, ja tava uma merda aquilo e eu ainda encontrei uma pessoa legal, mas não tinha "coragem", então aconteceu que nos beijamos uma vez e ai eu terminei com o Alex. Minha relação com o Lee estava melhorando a cada dia, nos pegamos todo dia no banheiro na 4° aula, descobrimos um jeito de fugir da escola pela quadra, nos voluntariamos para representante de classe, eu como Líder e ele Vice, chegamos a fazer uma guerra de giz com a sala toda na aula vaga uma vez, estava tudo dando certo na minha vida pela primeira vez em 2 anos.
E então começou a desandar. Eu descobri de uns casos de assédio do Lee por ai, umas amigas minhas disseram que amigas delas ja tinham sofrido nas mãos dele. Naquele dia Lee não tinha ido para a escola então depois da aula fui direto pra casa dele, chegando la ele estava sendo preso, Thiago (um dos policial que obviamente não se chama Thiago, que é meu amigo) me disse que ele estava sendo preso por envolvimento com tráfico de drogas e assédio, e não era só as mina da minha escola, era uma puta lista, Thiago por ser meu amigo jogou na mesa que quem denunciou foi o Alex (que é envolvido com tráfico também, mas o Thiago encobre ele).
No fim de tudo o coreano sonho de consumo de qualquer kpopper continua sendo o sonho de consumo de qualquer kpopper fujoshi, acabei com boas fodas, terminei um namoro de 1 ano pra ficar com o coreaninho gostoso, ele foi preso 2 meses depois e o Alex 3 dias dps do nosso termino em fevereiro começou a namorar meu ex.
Foi essa a história espero que gostem bjs <3
submitted by ougaikkk to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.16 22:01 vivihelriguel MEU PRIMEIRO CORAÇÃO PARTIDO E O DESASTRE DEPOIS DISSO

Essa históra será muuuito longa e é mais um desabafo, entendo q após ler vc pode me achar um ser humano horrível e eu entendo, mas me arrependi muito das minhas ações se serve de alguma coisa.
Olá Luba, editores, papelões sobreviventes, gatas e turma q está a lever.
Bem minha história aconteceu ano passado (ahh saudades de 2019) eu tinha 14 anos quando tudo começou. Por uns 3 anos eu tinha uma queda pelo meu melhor amigo q é gay e tipo eu sabia disso mas continuava a gostar dele, mas em Agosto eu decidi superar esse meu amigo.E é ai q a merda começa, eu comecei a "olhar" de uma forma diferente para um outro amigo meu (vamos chamar ele de Varls) ele sempre se abria comigo e eu lembro q em um dia o Varls me contou de um dia q ele pegou uma amiga dele no cinema (e eu fiquei puta de ciúmes , do nada) foi ai q eu percebi q gostava dele muito além q um amigo , e é claro q eu comecei a ficar meio boba perto dele e tava na CARA q eu gostava dele. Passou 1 semana e eu disse pra mim mesma q "não" gostava mais dele (na real acho q só guardei esses sentimentos).Em um dia a minha sala fez tipo uma excursão pra outra escola (estávamos no 9° ano e não tinha ensino médio na escola ai nos levaram nessa escola pra ver como era) dividiram a nossa sala em 2 grupos o 1° grupo ninguém liga era todos um bando de chatos metidos, já o 2° grupo era formado por eu, meus amigos (incluindo meu amigo gay) e o varls. Eu e meu amigo gay sempre fomos bem próximos (ele sempre foi perfeito acho q por isso tive uma queda por ele) eu sempre segurava a mão dele SEMPRE e só a mão dele (era o único menino q eu andava de mão dadas), até q em um momento o Varls simplesmente segurou na minha mão (eu sei é algo normal, MAS PRA MIM NÃO) e eu deixei é claro, ai o meus sentimentos voltaram pra me fuder.No dia seguinte dessa excursão eu toda trouxa iludida q sou fui perguntar pro Varls qual menina q ele tava gostando e ai ele toodo tímido falando tipo "ain nun sei, vc conhece ela muito bem" até q ele falou q era eu. E ai vc vai começar a ver as minha atitudes questionáveis, quando ele falou isso eu entrei em pânico total parece q na minha cabeça começou a soar uma sirene dizendo "ALERTA VERMELHO, ALERTA VERMELHO" o engraçado foi minha melhor amiga Mariana (vou expor ela sim, guardem esse nome ela é uma peça importante nessa história) já toda feliz dos dois amigos dela namorando e tals (coitada outra iludida igual eu kakakaka).Depois q ele se declarou pra mim (detalhe, ele já sabia q eu gostava dele) eu fui uma completa idiota, escrota e babaca com ele; comecei a evita-lo a TODO custo, não dei satisfação nem nada só comecei a ignora-lo (me arrependo muito dessa atitude imatura minha), mas era oq eu sabia fazer de melhor fugir ou tentar fugir dos meu problemas. Bom depois de um tempo sendo MUITO fria com ele a gente voltou a conversar normalmente como éramos antes, conversamos muito principalmente pelo discord.Acho q se passou alguns meses, acho q a gente ja tava em outubro só não lembro se isso aconteceu antes ou depois do meu aniversário a gente tava conversando eu, Varls, dona Mariana e um outro amigo (ele é irrelevante) o Varls fala: "eu sei q vc ainda gosta de mim Vitória" eu eu fiquei tipo ??????? ai a Mariana (te amooo) falou: "e vc Varls ainda gosta dela?" e ele disse q TALVEZ, ai o sentimentos q estavam se normalizando em mim voltaram com força total (novamente pra me fuder). Depois virou meio q um vai e vem sem nenhum dos dois se assumindo ou tentando algo, eu por ser insegura e não estar me sentindo preparada e ele pq sei lá; nossos amigos (a gente tem o mesmo círculo de amizade) seeeempre me falavam pra eu dar uns pegas nele só q por mais q eu queria não me sentia pronta e nem segura sobre ele (como eu havia dito antes ele se abria comigo e naquele ano ele me falou q teve uma queda por umas 3 meninas da minha sala antes de mim, e eu fui a única q correspondia ele) não sei oq ele sentia por mim e eu não iria dar um salto de fé (nem fudendo). Por impaciência dos meus amigos eles meios q nos "forçaram" a algo o Varls por livre e expontânea pressão dos nossos amigos ele decidiu me pedir em namoro, levou anel e tudo, e ele se ajoelhou e pediu e eu aceitei pq tipo tava todo mundo em volta e fiquei com vergonha de dizer não, passou uns 4 minutos q ele me pediu e eu fui e chamei ele pra um cantinho e devolvi o anel, expliquei pra ele q aquela não era a hora pra mim ainda era muito imatura, mas ele não aceitou o anel e disse pra eu ficar com ele (o anel era mó bunito) OBS: perdi o anel depois hihihihihhi. A nossa amizade aparentemente continuou a mesma e eu fiquei bem feliz com isso (por mais q a gente não fosse namorar ainda estimava a amizade dele); corta pra dezembro último dia de aula, eu toda bobinha com ele esperando ele chegar na nossa festinha, esse último dia foi terrível eu e meus amigos não iriamos estudar mais juntos (estudamos por 4 anos juntos), foi uma choradeira e quando eu fui abraçar o Varls (detalhe: eu pedi pra ele ir pra mesma escola q eu ia,mas ele foi pra uma mó cara (burguês safado)) ai eu perguntei chorando litros: "a gente ainda vai se ver?" e ele disse na forma mais fria "não sei" (não escorreu uma lágrima). Esse momento é irrelevante pra história mas quero compartilhar: quando eu fui embora dei um beijo na bochecha dele e disse "adoro seu cheiro" (aliás o perfume dele era a perfeição, mas sinto uma vergonha de ter dito isso ). Corta para o começo do ano de 2020, comigo ainda sentindo algo pelo Varls e pedi para Mariana (minha fadinha linda perfeita) mandar meu novo número de celular para ele, pra ver no que ia dar, eu e Varls conversamos mas sei lá a gente não dava certo como antes, mandava mensagem no celular da Mariana fingindo ser ela (totalmente autorizado pela própria), ate q ela decidiu perguntar se ele ainda gostava de mim e eu iludida esperançosa com a resposta (sou um pouco bipolar e contraditória eu sei) bom a resposta não foi oq eu esperei, na verdade ele disse q não sabia bem ao certo e que queria só seguir em frente, essa resposta me quebrou e eu decidi fazer o mesmo né (eu já tava imaginando a nossa vida juntos, misericórdia sou muito trouxa) mas mesmo assim ele conversava e me ligava pelo discord BASTANTE, ate q um dia (eu ja estava "bem" em relação a ele) a gente começa a conversar pelo Whatsapp e ele me manda uma foto de açai (eu amo açai) e falo "se eu sonhar com açai essa noite é culpa sua" e ele me responde com "se eu sonhar com vc é culpa sua" E FIQUEI DOIDA, pouco tempo depois ele saiu da conversa (passei a noite quase toda pensando nessa maldita frase) no dia seguinte questionei ele e o Varls simplesmente disse q era uma brincadeira, isso me quebrou, depois foi eu lá mandar mensagem dizendo q ainda gostava dele e ele disse "ata" só isso, chorei horrores. O incrível q ele é super frio, e grosso comigo a Mariana tbm concorda comigo q ele é super frio, isso me deixa triste pq eu ainda gosto dele e ver q ele superou tão rápido e eu to aqui na fossa é uma merda, além disso a nossa amizade não é a mesma não temos a mesma intimidade e dinâmica de antes, e acho q não o conheço mais, em algumas vezes ele ainda é legal comigo em outras é frio, quando eu não converso com ele ta ok mas quando a gente conversa tudo começa a voltar EU TO PIRANDO DE LEVE.
Eu tenho a teoria de q ele é frio comigo como vingança pelo q fiz antes a ele mas ele tbm é frio com a Mariana, aliás eu pedi desculpas pelo q fiz antes e ele meio q me desculpou.
tá ai meu desabafo, relevem qualquer erro ou algo do tipo
submitted by vivihelriguel to TurmaFeira [link] [comments]


MC TH - To namorando a Budweiser - Sou amante da Skol ... Mas podemos ser amigos...  Pistolada 018 - YouTube VOU SER PAI! (+ REAÇÃO DE AMIGOS YOUTUBERS!!!) - YouTube AMIGOS VAMOS SER - FORA DE SÉRIE Amigos para sempre - YouTube PEDI MEU AMIGO EM NAMORO E A REAÇÃO DELE ME SURPREENDEU Amigos Vamos Ser - Prisma Brasil - YouTube FALEI PRA ELE QUE ESTOU NAMORANDO E NÃO PODEMOS SER AMIGOS ... Terminou e quer ser amigo. Dá certo? - YouTube [GUIA] Abelhão - Vamos ser Amelgos

Tenho 18 anos e estou praticamente web namorando, pela ...

  1. MC TH - To namorando a Budweiser - Sou amante da Skol ...
  2. Mas podemos ser amigos... Pistolada 018 - YouTube
  3. VOU SER PAI! (+ REAÇÃO DE AMIGOS YOUTUBERS!!!) - YouTube
  4. AMIGOS VAMOS SER - FORA DE SÉRIE
  5. Amigos para sempre - YouTube
  6. PEDI MEU AMIGO EM NAMORO E A REAÇÃO DELE ME SURPREENDEU
  7. Amigos Vamos Ser - Prisma Brasil - YouTube
  8. FALEI PRA ELE QUE ESTOU NAMORANDO E NÃO PODEMOS SER AMIGOS ...
  9. Terminou e quer ser amigo. Dá certo? - YouTube
  10. [GUIA] Abelhão - Vamos ser Amelgos

Download Direto: https://goo.gl/k6V07Q Download da música: https://www.4shared.com/mp3/80GkypZ4c... LETRA: Coração tá gelado A maldade na mente Vários 'fala'... Conheça meu site: www.andremassolini.com.br Gravação Privada: https://goo.gl/sBoSAU E-MAIL: [email protected] (leia com atenção a RESPOSTA AUTOMÁ... Música tema da primeira temporada da série Fora De Série! Amigos Vamos Ser - Prisma Brasil Gostou do vídeo? Curta, comente e compartilhe! Siga no Insta: @portal_foradeserie Curta no Face: www ... para todos os meus amigos /as VOU SER PAI!? + REAÇÃO DE AMIGOS YOUTUBERS!!! Nesse vídeo mostrei tudo sobre meu filho noah, sim vou ser pai!! Espero que gostem!! Todas minhas rede soci... Instale o aplicativo aqui: http://bit.ly/SNTBAMANDA ★ PARCERIAS E DIVULGAÇÃO: [email protected] Instagram: https://www.instagram.com/amandafer... LINK DO VIDEO : https://youtu.be/9Z5-lLug3jk #namorando #ZabettaMacarini #zabenatticos #zabettando *SE INSCREVA e ativa as notificações para não perder nada!... Você ficava com uma garota, tudo ia bem, até que um dia o relacionamento termina. Ao invés de seguir em frente, ela lança aquele velho bordão: 'Mas podemos s... Olá pessoal, guia do pet que você consegue no Vale Trovamare através da conquista Vamos ser Amelgos, você leva sete dias e vem uma abelha linda de mascote, l... A verdadeira amizade não tem preço!