Para as mulheres namorando um

Universa, a nova plataforma do UOL para a mulher que protagoniza um mundo em evolução. Discussões sobre caminhos para que cada mulher possa levar a vida do jeito que ela quiser. Reportagens especiais, entrevistas, experiências e reflexões com um novo olhar sobre o mundo, além de momentos de descontração e histórias divertidas sobre o que está rolando com os famosos Vejo muitos homens comentando que as mulheres se perderam e que é impossível encontrar uma boa mulheres para namorar no mundo de hoje. ... que as mulheres precisam tratar os homens como um ser supremo, que as mulheres demonstrem totalmente dependência dos homens e que apenas os homens podem aproveitar a vida. ... quando está namorando ... Como Lidar com um Namorado Casado. Entrar em um relacionamento com um homem casado pode parecer atraente para algumas mulheres. No entanto, também pode ser uma experiência muito difícil e dolorosa. Há muitas razões para explicar porque uma ... 1/fev/2019 - Exclusivo Para Mulheres - Como Definitivamente Dar Certo com os Homens - Porque os relacionamentos não dão certo ? como fazer o amor permanecer e muito mais ... Entenda a Mente dos Homens Com o Coach Em Relacionamento . . . #amor #relacionamento #vidaadois #lookdodia é Amar !#modafeminina Muitas mulheres estão namorando um cara só porque ele estava lá, só porque é conveniente e não porque ele é o cara certo. Na maior parte do tempo, as mulheres só querem estar com alguém. Elas conhecem um cara e começam a namorar com ele, mas elas ainda estão esperando “O Cara” chegar. Namorar mulheres mais velhas – Quando saímos da infância e ingressamos na puberdade, passamos a entender melhor sobre a sexualidade e a malícia começa a aparecer no dia-a-dia. A partir daí, buscamos sempre novas experiências com mulheres dos mais diversos tipos, pois assim saberemos todas as peculiaridades de cada tipo de garota. Nas relações subsequentes com homens mais velhos, eu também nunca senti um desequilíbrio de poder, e eu também não sinto com o homem que estou namorando agora (embora ele seja apenas 13 anos ... O nosso sistema detectou que você raramente responde a novas conversas. Especialmemte quando se trata de mensagens vindas de novos membros, pedimos que lhes dê as boas vindas para que eles não se sintam perdidos.. Nota: Você pode usar o AOutraMetade quando e como quiser, e o site continuará sendo grátis. O nosso único pedido é que você participe, sendo ativo nesta comunidade. Para dar o próximo passo e sair da Internet para um relacionamento sério e físico, você deve ter coragem de visitar o Brasil para conhecer sua nova namorada. Prepare-se para ler sobre sua cultura, converse com pessoas que já se relacionam com mulheres do Brasil e colete todo tipo de informação. ENCONTRAR UM AMOR Cansou de quebrar a cara com os Homens? De sempre se decepcionar? De ser abandonada, trocada ou traída? Então clique e aprenda como, finalmente, conseguir um relacionamento sério. LER OS ARTIGOS SUPERAR UM TÉRMINO Enfrentar o fim de um relacionamento é um processo doloroso, e,

Há um ano atrás tudo era diferente.

2020.09.16 02:56 fcost9 Há um ano atrás tudo era diferente.

Já parou para pensar como tudo muda de um ano para o outro?
Comigo não foi diferente, lembro exatamente de tudo do ano anterior. Estava vivendo um dos melhores anos da minha vida.
Estava namorando com a mulher que eu nunca senti tamanha paixão parecida, daquelas que você chora de felicidade e sem explicação, aquele relacionamento que você sentia tudo diferente ao estar com a pessoa, e que com o seu abraço você literalmente se desconectava e ia para longe. O relacionamento que todo cara gostaria de ter, literalmente assim como o Chorão do CBjr descreveu a mulher na letra de 'Ela vai voltar'.
Além do meu namoro, da família que pude conhecer por parte da minha ex, que por sinal todos me colheram super bem, e fiz deles a minha família também. Pois eu passava um final de semana inteiro com as suas presenças.
Eu tinha também um grupo de amigos com um projeto entre nós muito legal, todos eramos bem unidos. Planejávamos o futuro como crianças na espera do coelho da páscoa ou do papai noel, todos ansiosos por cada passo que poderíamos dar.
Por fora tudo estava fluindo da melhor maneira de todos os tempos, mas por dentro da minha cabeça uma guerra sem fim acontecia. Uma mistura de sentimentos sem respostas, atitudes sem motivos, coisas que eu fazia que após de muito tempo eu me perguntei 'por que eu tive essa atitude?' 'por que eu fiz tudo da maneira mais difícil?' 'por que eu não falei a verdade sobre o que eu fiz antes e preferi mentir?' 'por que eu me confortava com uma atitude que não correspondia com o que realmente aconteceu?'
E de um ano para cá sem procurar ajuda eu perdi tudo e estou recomeçando do zero, como se eu chegasse em uma cidade nova e não conhecesse ninguém ao meu redor.
Esse post é tanto um desabafo quanto um toque para quem esteja passando pelo mesmo problema, problema no qual você faz tal coisa e nem sabe porque fez aquilo. Por que você preferiu mentir do que dizer a verdade.
Portanto, por mais difícil que seja para você, quanto foi para mim acreditar que algo de errado esteja acontecendo, pare e pense, e não deixe para procurar ajuda depois, depois de perder tudo. Procure ajuda psicológica, se cuide, valorize-se e também valorize quem está ao seu redor. Ame, mas também se ame, se cuide e não cometam o mesmo erro que eu tive por teimosia minha ao achar que não era nada.
Não digam não ou mintam caso esteja tudo bem, pois no fim não está. E principalmente não recusem conselhos de quem sabe o que está acontecendo.
Sejam felizes e acima de tudo sejam psicologicamente saudáveis.
submitted by fcost9 to desabafos [link] [comments]


2020.09.12 23:26 PeterX095 Não me sinto importante e minha autoestima só diminui a cada dia.

Eu to tendo problemas de autoestima e já não é de hoje. Acho que é desde meus 12 anos. Eu nunca fui de ter muitos amigos e normalmente quando tinha era sempre em trio eu e mais dois garotos. E bem normalmente nessa de trio um dos 3 sempre fala menos é lembrado menos ou recebe menos atenção e tudo mais, i problema é que sempre fui esse "terceiro". Meus amigos sempre tiveram facilidade em conversar com os outros, sempre tiveram atenção dos outros e normalmente eu ficava para trás (me perdoe se estiver sendo dramático odeio drama), mas é claro sempre aceitei isso, mas agora que terminei o ensino médio, vejo quase todos meus amigos namorando, estão sempre socializando (nem tanto por causa desse corona), e eu ali não conseguindo acompanhar, eles ignoram grande parte das minhas mensagens no gp de zap sempre comigo de lado, eu não sei conversar com as pessoas e assim eu não consigo me expressar bem, nunca consegui para ser honesto. Agora que to na faculdade eu já não tinha feito nenhum colega antes da pandemia agora mesmo que não consigo, sempre ignoram minhas mensagens no gp da faculdade. Eu me sinto uma pessoa que não ta ali sabe, e com isso tudo minha autoestima ta abaixando tanto que agora não consigo aceitar minha aparência, minha personalidade e tudo isso vindo como uma bola de neve. Eu sempre que tento conversar com alguém eu gaguejo não consigo puxar assunto e quando é mulher aí mesmo que travo, tanto que tenho nenhuma amiga sem ser minha mãe e irmã. Enfim pode ter sido meio confuso meu desabafo, mas eu em si to confuso, é isso. Espero não ter soado como se eu tivesse fazendo drama.
submitted by PeterX095 to desabafos [link] [comments]


2020.09.09 22:17 BanselSavant A maldição da demissexualidade

Edit: a "namorada" me chutou. A gente ia se encontrar na segunda, adiou, na semana que vem, agora nunca. Depois n querem meu psicológico fodido. Me dispensou pois pretende se mudar pro nordeste e facilitei isso com umas informações que n tinha. Sucesso pra ela, enquanto eu continuo na merda. Nada muda E a outra lá eu chutei. Sanguessuga malvada
Acho que é óbvio o paradoxo, mas quero discutir. Sim, por causa da pornografia, um monte de fetiches e invejas me surgiram, como pegar em festa, ou em público, ou em situações específicas, etc, mas n sei se conseguiria fazer de fato. Sou um fracasso na vida, logo na sexual também. Todo sexo q tive foi pagando e o que foi "na amizade" mesmo pagando foi o único q gostei, justamente pela amizade, pela conexão, pelo gostar da mina. Posso ficar duraço com uma mina que vejo na rua, mas obviamente n poderia chegar ou tentar algo. Essas histórinhas de rolar com desconhecidos deve ser meme ou com sortudo, como uma que a ex (diaba muito diaba) me contou. Conversaram um pouco na piscina do hotel e foram e fizeram no banheiro. Queria muito saber como ele convenceu ela a isso, como ela n se arrepende e tal (n q deva ter motivo de arrependimento. Quero q ela se exploda), como rola essa conexão. Parece q existe palavra mágica. Invejo esses caras q conseguem boquete aleatório de desconhecida, etc. Roteiro de pornô, mas da uma depre pq existe na realidade e queria q rolasse comigo. Diversas vezes fiquei atraído e seria tão massa se rolasse, sem machismo, sem estupro, sem forçação, sem mimimi, só tesão, dois corpos se pegando. Obviamente acho q n sou atraente. Sou estranho, alto, magrelo, desvio os olhos, etc. (Tou melhorando, mas longe de ser um garanhão) Mas convenhamos q muitos feios pegam, que muitas minas só querem o pau e tão nem aí se o cara é casado, santo ou bate na mãe. Muitas tem seu tesão e queria topar com uma que só rolasse e tal. Seria tão massa. Maaaaas eu conseguiria? O pau continuaria duro? Conseguiríamos um posição confortável? São tantas dúvidas e pensamentos q quase piro. Por outro lado, quero a minha gata, passear pelo corpo dela, endeusá-la, ajudá-la a sentir todo prazer possível. Eu sou romântico. Mas parece que romantismo afasta as mulheres. Qual o problema de meter até o talo sim, num banheiro sujo qualquer, mas com carinho? N gosto mesmo da ideia de objetificar, por mais q tenha meus fetiches de dominação. Dominação é objetificar? O que difere uma mina que gosta de ser chamada de puta do cara que chama ela de puta? Ela é um lixo? Ele é um lixo machista? Acho que notaram q tenho dúvidas sobre pessoas em geral. Gostaria de entender, como lidar com as pessoas, como reconhecer que uma mina tá a fim... É meme aquela história (isso é exemplo) do caminhoneiro que mostrou o pau pra filha do dono do posto de gasolina, incentivou ela a entrar na cabine do caminhão, tocar nele, chupar ele, ele depois mandar ela se limpar e n dizer nada a ninguém e ainda ela ainda ter gostado de tudo isso? N que eu queira mostrar o pau por ai, mas já vi tanta história de cara exibicionista que despertou tesão na mina e comeu ela. Ou é tudo meme? Ou acontece mesmo, principalmente nesses interiores de fazenda, região rural e menos urbana ("menos civilizada")? Pessoal, são dúvidas sinceras. Meio que tou namorando agora e tou sem saber lidar com ela. N gooooosto dela, mas n quero perder ela. Eu sei que pareço um canalha que vai usar ela e depois abandonar, mas realmente n quero isso. Se for para deixar ela, ela vai continuar virgem, pq n vou me aproveitar. Já cometi uns erros na vida e minha disciplina está intacta, meu senso de moral engrossou. N é divertido machucar coração. N é divertido fazer mal a alguém. Mas já vi tanta história de casais q de comum acordo desvirginaram, mas n ficaram naquela de ficarem juntos para sempre. Já vi tanta história de nego q comeu e abandonou e a mina continua a vida como se nada tivesse acontecido, n sente raiva dele e tal. Deliberadamente eu casaria sem hesitar com umas meninas específicas, mas n essa "namorada". Moramos perto, mas ainda n nos vimos pessoalmente. Quando acontecer, vou poder estourar ela de beijos (devo, por palavra dela), mas nem pensar muito em algo sexual. Okay dela n daaar no primeiro encontro. Compreensível, mas em algum momento vai rolar. Acho q sinto um medo de ficar preso a ela. Sou muito sentimental e sabem a ex diaba q citei? Diaba pq ela casou e ainda me contata. E ela é de outro estado e nunca nos vimos pessoalmente. Ela me persegue, acho q esperando q eu mande ela tomar no cu e bloqueie. Mas n sou de fazer isso. Tenho raiva dela, mas se eu externar, meu coração q vai sentir e n vou ter um piripaque por causa dela. Mas é notável q ainda sou um pouco preso a ela. N no sentido amoroso ou sexual (quero que ela se exploda²), mas n consigo levantar o dedo para dar fim de vez a esse contato. Sinto q eu perderia algo. Sabem a história dela com o cara na piscina? Consegui arrancar dela indagando sobre tesão feminino, oq no homem atrai a mulher e tal, pois já que ela é mulher experiente e eu preciso de respostas, resolvi tentar aprender um pouco, tirar algum proveito dela, depois dela brincar tanto comigo. Gente, o que eu faço? Tou certo em algo? Tou errado em algo? Em q? Oq faço? N quero machucar ninguém e com essa postura acabei bem machucado pelos anos ae (antes e depois de eu ter cometido os uns erros que citei)
submitted by BanselSavant to sexualidade [link] [comments]


2020.09.04 04:07 Kl111w Não tenho vontade de "pegar" ninguém (🛑ALERTA DE TEXTO GRANDE🛑)

Pois é, 16 anos; e que bela bosta de 16 anos. Eu queria fazer mais uma espécie de desabafo, mas isso vou fazer em outro sub-reddit, aqui vou dar mais um resumão. Tenho problemas, na justiça com meus familiares e comigo mesmo; minha auto estima é muuuuuito baixa, e sou extremamente tímido (porém quando estou com amigos perto, eu estranhamente passo a ser extrovertido). Bom, nunca beijei ou transei, ou fiz qualquer coisa "jovem" se é que eu posso falar assim; sabe aquele cara, isolado, que fica no fundo da sala que quando você olha pra ele percebe que ele está em uma linha tênue entre prestar atenção na aula e completo desinteresse? EU sou esse cara. Bom, tenho amigos de 14 anos que já beijaram, transaram e etc..., eu sei o que você está pensando (não eles não colocam pressão em mim para eu fazer essas coisas), por incrível que pareça quem põe é minha IRMÃ; ela tem 13 anos e é a pessoa mais extrovertida que eu conheço, ela passa praticamente o dia inteiro fora de casa com amigos e etc...(moro em Portugal, é normal isso por aqui, tem uma espécie de praça gigante atrás do meu prédio), e ela já pegou não sei quantas pessoas, pra vocês terem uma ideia ela tem um fucking VÍDEO no celular dela, dela aos beijos com uma garota (minha mãe é lésbica, por isso esse tipo de coisa e conversa nunca foi tabu aqui em casa), e a mais ou menos uns 3 dias atrás ela me perguntou se eu já tinha beijado, transando e essas coisas, eu falei que não e ela começou a me zoar dizendo que eu não sei aproveitar a vida e tals; foi a mesma coisa em um aniversário passado que teve em que me foi oferecido bebida alcoólica e eu recusei, e minha irmã começou a falar pra eu passar a viver e aproveitar as coisas e etc, etc, etc...). Mas sendo sincero nessa coisa de se "pegar" e transar e tals; eu simplesmente não me vejo nesse mundo, eu vejo realmente como algo impossível pra mim, algo que eu nunca vou conseguir agarrar com as duas mãos e dizer "eu faço parte disso" (não foi uma analogia muito boa, eu sei); mas sei lá eu vejo pessoas namorando e se pegando e... sendo sincero? Parece tudo tão fútil, tudo tão superficial sem nada realmente profundo, eu não consigo explicar. Eu devo dizer que nunca genuínamente me apaixonei por alguém, nunca olhei pra uma pessoa e disse algo do tipo: "Nossa, eu quero muito pegar essa daí", não entra na minha cabeça; a única palavra que eu encontro pra definir o do porque eu não querer algo do tipo é que parece superficial, eu não sei explicar direito, desculpe. Mas eu sempre tenho mais meus olhos pra mulheres, já me perguntei se sou gay, assexual ou algo do tipo, mas eu sinto lá no fundo que não. Não sei também se é preguiça de tentar pegar alguém, ou só insegurança. Olha, acho que me empolguei um pouquinho escrevendo isso daqui, desabafar no anonimato para pessoas desconhecidas e muito emocionante kkkkk. Bom, de qualquer forma duvido que alguém tenha lido até aqui, se sim, desculpa pelo texto enorme...
submitted by Kl111w to sexualidade [link] [comments]


2020.08.30 15:46 Luckman28 Decepcionado: Várias decepções com ela como namorada e agora mais uma com ela sendo Ex

Conheci uma mulher cerca de 4 anos atrás e no momento em que a conheci percebi que queria algo sério... Além de ser gentil, bem humorada e muito bonita, ela fazia eu me sentir bem e querer tê-la por perto, porém mal sabia eu que eu estaria entrando em um namoro onde eu seria a pessoa que sofreria de um relacionamento abusivo sem nem perceber que era abusivo e agora após me libertar disso, a pessoa continua a me decepcionar.
[Resumo (quem quiser ver as decepções é só pular o textão)] Ficamos juntos durante quase 3 anos, iniciando namoro 1 mês após termos nos conhecido (maio/2016 até dezembro/2019)... Na época que eu a conheci fiquei cego, deixando de lado relacionamentos com amigos de longa data, cortando laços com as pessoas que eu estava ficando e inclusive me afastando de minha própria familia... Tenho 28 anos, não me considero feio, sou formado, pós graduado, fluente em inglês, tenho carro sedam do ano, apartamento, sou músico com formação, acho que sou esteticamente bonito, trabalho em uma startup tendo um cargo de confiança e um salário bem acima da média... porém eu não ligo para nada disso, apesar de ser algo para me gabar, poucas pessoas sabem dessas coisas que alguns consideram qualidades, e não, não sou filho de papai, sou da periferia e batalhei muito para chegar onde estou, enfim.
Durante o início do namoro tudo eram rosas, até que as primeiras brigas e discussões começaram a acontecer e eu vi quem realmente ela era... Resumindo bastante o que rolou: já fui agredido, ela era extremamente ciumenta, tinha que vê-la todo dia da semana, recebia xingamentos, ela dizia coisas para me ferir de propósito, extremamente criticista, mentirosa e manipuladora... Eu praticamente virei um capacho dela. Ela não possui muitas condições financeiras e eu por ja ter conquistado uma certa estabilidade a ajudei e de diversas formas: de meia, eletrodomésticos, pagar faculdade e dar celular até viagens internacionais (sem cobrar 1 centavo dela), podem imaginar quaisquer outros mimos, dentro desses parâmetros... E não fiz para contar ao mundo, fiz porque a amava e queria que ela tivesse o maior conforto do planeta e ficasse feliz.
[decepções] Durante o namoro as decepções que acumularam giram em torno de ela ter mentido várias vezes, descobri através de um amigo que ela mantinha contato e enviava mensagens e fotos a ex namorados (um dos motivos que levaram ao término), descobri também que aparentemente só eu amava nesse relacionamento, que o motivo de ela estar comigo era puro interesse e porque para ela o namoro era cômodo.
Agora nessa pandemia ela voltou a ter contato comigo, me mandando mensagens constantes dizendo que queria voltar, aparentando ter mudado, pedindo desculpas e tudo mais, porém ontem eu descobri que ela está namorando há um bom tempo e mesmo assim ela tem agido com o atual dela da mesma forma que agiu durante o nosso namoro... Simplesmente perdi meu chão em saber que ela estando já com alguém ela tem me enviado mensagens querendo voltar, além de ter me pedido dinheiro emprestado (não emprestei), pedindo conselhos e me chamando para sair!!! O pior de tudo isso é que ela não me falou que está namorando com alguém ou seja estava querendo me usar, está usando outra pessoa e ninguém estava sabendo de nada!!!! (Agora eu estou, o cara lá eu não sei)
É triste saber que alguém dessa forma existe e mais triste ainda é por eu ter me envolvido com alguém assim.
submitted by Luckman28 to desabafos [link] [comments]


2020.08.21 17:11 PokerLucky84 Nice People from past

Bom apenas um relato, vou resumir o backgound history que é de suma importância.... quando colocar datas, é para contextualizar a "situação"
2000 - Conheço a Carls
2002 - Entramos para uma federal "perto" de onde morávamos..
2004 - Vamos morar juntos em uma "republica" cada um em um quarto....
2004/2 - No segundo semestre devido a falta de dinheiro vimos que teríamos que rachar um quarto, nesta época rolou "brotheragem" entre eu e a calrs, estávamos Financeiramente fodidos, e a faculdade consumia todo o nosso ser, ja que ela era integral, nos sustentávamos fazendo bicos de garçom e outros)
2007 - conseguimos nos formar, cada um seguiu a sua vida, eu me mudei pra um outro estado, ela voltou para a cidade onde morávamos, Neste 12 anos que ficamos longe ainda mantínhamos o contato, mas a vida cotidiana acaba afastando as pessoas, neste meio tempo ela casou, teve uma filha, divorciou-se mergulhou em uma depressão profunda por anos (onde inclusive foi preciso intervenção para interna-la), ela se recuperou, e algum tempo ja esta reconstruindo a sua vida.
2019/2 - Me recusei a fazer algo inescrupuloso na empresa onde trabalhava por 10 anos, pedi conta, voltei para a cidade natal.
Hoje - Arranjei um novo trabalho no Inicio de 2020, e hoje tenho mais controle sobre todos aspectos da minha vida do que jamais tive morando em SP.
Começa a historia aonde a empresa decide contratar uma outra profissional para ajudar o time B, essa profissional era carls.
A carls é uma mulher de personalidade muito forte, perfeccionista, o que acaba sendo "qualidades" importante para a tarefa que desempenhamos.
No meu time, acabo recebendo muitos novatos e estagiários, pessoal jovem (sim sou boomer) acaba tendo mais energia, e ate a maneira de se relacionar com companheiros de trabalho acaba diferente....
Aqui começa a besteira toda.
antes da quarentena, todo mundo no meu time acabava indo para um happy hour, e de vez em quando carls aparecia, mas as coisas começaram a mudar quando uma guria inclusive é filha de um amigo nosso começou a trabalhar para gente.
Numa dessas compartilho um stories onde a "guria" e o resto do time esta comemorando um importante marca que atingimos. então ela me chama no privado e manda uma mensagem
-Sua esposa sabe disso?
-Ola Carls, Bom dia, sabe de que?
-Voce de rosto coladinho com a varls filha do john.
-ué.... o que que tem isso?
-ela não se importa?
-não, deveria?
-voce tem que se dar o respeito, voce é chefe deles....
(nesta hora pensei em dar uma reposta mais brusca, mas decidi levar o papo na moral.)
-Olha carls, Chefe, é o brals, eles são minha equipe, eles são foda pra caralho no que fazem, são excelente pessoas, não sei porque voce pensa desse jeito, mas não ligo.
-ahh poker(eu), eu nao confio em estagiários, e também não confio em homens...
-pera ai, o que tem uma coisa a ver com a outra.
(neste momento ela da uma pausa longa e depois continuou)
-é realmente isso não é da minha conta, mas se fosse eu, eu não faria isso.
-calrs, que inferno, o que voce esta falando?
(nesta hora eu entendi, só queria ver o que ela iria falar, o negocio pegou foi porque ela achou desrespeitoso eu tirar uma foto com a varls, naquela epoca fiquei sabendo que a varls estava quase namorando com o ex marido da carls, por tabela ela achava que varls estava dando em cima de mim).
-poker voce tem que ter mais cuidado com o jeito que voce trata os seus subalternos (sim ela disse essa palavra), principalmente as meninas, se não vai ser desrespeitoso com sua esposa.
(como eu disse la em cima, minha esposa não se importa, chegamos ao um nivel de confiança um no outro que sabemos aonde estão os limites, nessa hora soltei os cachorros)
-Carls, olha não tenho culpa se por acaso voce casou com fulano e na epoca ele era um FDP que te deu um pé na bunda depois que voce teve depressão, eu não iria me envolver com alguem do trabalho, ou qualquer outra pessoa, não foi porque a gente fodia quando jovem e eramos livres que eu vou repetir esse comportamento aqui, eu acho que voce tem que cuidar da sua vida, nada mais que isso.
nesta hora o selo de nice girl veio.
-nossa voce se acha a ultima bolacha do pacote né? se enxerga filho, eu fui a mulher mais bonita que voce ja ficou.
(realmente ela continua extremamente bonita, mas ela não conseguiu conectar-se a alguem para entender que beleza não faz companheirismo, ou te da força em horas difíceis)
-realmente carls, o problema é que voce não viu que beleza não preenche caráter.
-vc ta me chamando de sem caráter poker.....
(aqui vou poupar voces das coisas que ela me disse, porque algumas são +18, mas é aquele mix, de sempre, sou muito bonita, sua esposa é feia, varls é feia, voce deveria ter me chamado para namorar naquela epoca, sou uma profissional muito melhor que voce, voce esta fardado a ruir).
-carls se voce esta infeliz na sua vida pessoal, olha.... não vem descarregar essas merdas na minha, to na nice, to tranquilo, felizão com o meu trabalho, se vc tem algum problema pessoal com alguem da minha equipe, vai la e fala pra pessoa no pós expediente, desculpe se eu não tive uma vida fodida como a sua, que não tive uma pessoa que me tratou como merda, e que sou realizado profissionalmente, olha vou te tratar normalmente e fingir que isso aqui nunca ocorreu, em respeito pela amizade e todas as merdas que passamos juntos no passado.
- ai voce joga a minha depressão na minha cara como se fosse culpa minha....
(nessa hora eu ja vi que tinha descarrilado o trem, simplesmente relevei e disse)
-caso você não saiba ler, disse para voce não vir descontar suas frustrações em mim, e te dar a dica, o plano de saúde da empresa tem terapeuta ta?! da uma passada lá, porque da pra ver que voce tem uma lista de coisas não resolvidas na sua vida.
Dias depois ela pediu uns dias, hoje teve uma reunião (agora a pouco na verdade) ela se quer me olhou na cara....
PS:Eu tenho os prints dessa patacoada toda, mas tenho quase certeza que a filha dela assiste o luba, e possivelmente conhece o sub.
submitted by PokerLucky84 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.19 02:57 fotosintetico Minha tristeza e aflição por falta contato com garotas

Eu cresci em uma família muito religiosa, por isso cresci achando q namorar sem o intuito de se casar era errado Sendo assim acabei q por muito tempo me distanciando das garotas sem conversar sem tocar sem nada desde criança, nunca soube como sequer falar,por isso elas sempre me trataram com diferença e nojo ,sofri e sofro com as consequências até hoje de nunca ter me aproximado muito de garotas ,olho para os lados e me vejo diferente dos outros vejo eles crescendo na vida conversando com garotas todos eles, e eu até hoje sem ter uma grande conversa ,beijo ou sequer um abraço,até hoje passo por depressões vão e vem , a sensação de ser diferente dos dos outros sempre me deixou muito mal ,saber q todos a minha volta já namoraram se beijaram me detona ,não ter me aproximado na idade certa acabou comigo transformando em uma luta diária de não me aproximar, Minha irmã sempre teve bons contatos com meu pai de falar sobre namoro, aos 14 anos ela conversou com meu pai sobre, e ele disse q só deixaria ela namorar qnd ela tivesse 16, o tempo passou hoje tenho 16 anos e nunca conversei com ele sobre Os meus pais sempre desconfiavam q minha irmã estava namorando ,passando por seria discussões entre eles ,hoje ela tem 21 anos e namora com um cara a 3 e meus pais apoiam, Uma das coisas que mais me deixa mal e que mesmo a minha irmã tendo passado por tudo que eu passei ela ainda beijou com 12 anos namorou várias vezes ,teve mais amigos homens do que mulheres ,e eu ainda aqui com 16 e nada E de mim meus pais nunca suspeitaram nunca colocaram regras me fazendo ainda mais triste por nem meus próprios pais pensarem algo melhor de mim
Isso acaba comigo diariamente
submitted by fotosintetico to desabafos [link] [comments]


2020.08.11 15:53 raposi42 SOU A BABACA POR BEIJAR ACIDENTALMENTE A NAMORADA DO MEU MELHOR AMIGO E FICAR COM RAIVA DELE?

Olá Luvas Foinochute, gatitas, editores, seres animados e desanimados do estudio do Luvas e turma que está a ler. Essa é uma história que faz tempo que quero compartilhar na turma feira, mas se não chegar no Luvas espero que ao menos alguém faça um haha ou solte arzinho pelo nariz lendo.
Então vamos lá Em 2016, conheci um amigo online através de um grupo de RPG, mas eu morava do outro lado do RS, então ficamos conversando só por mensagem por um bom tempo. O chamaremos de Calrs. Eu acompanhei os namoros e terminos dele e ele acompanhou os meus, e assim, ficamos muito amigos chorando no ombro um do outro e jogando juntos. Em 2018 eu fui morar na mesma cidade que ele (onde ja tinha morado antes) e finalmente nos conhecemos pessoalmente. Nessa época ele ja estava namorando uma menina há algum tempo e estavam muito bem juntos, e eu tinha avompanhado a distância o começo desse namoro. Foi muito fofo, de verdade. Vamos chamar ela de Carlsa. Eventualmente, ele me apresentou a um grupo de amigos dele, onde conheci meu namorado. Tudo era flores e felicidade ate que as coisas começaram a ir mal com o meu namorado e nos terminamos, mas naquelas de continuar amigos. Nessa época era final do ano e era pra ter a última sessão de RPG do ano, onde era muito óbvio que o meu ex estaria, mas eu decidi ir mesmo assim. Nessa época tambem, eu e a Carlsa tinhamos nos tornamos amigas e estavamos jogando juntas naquela mesa. Em um dado específico momento, estavamos ambas de pé, lado a lado, de ombros encostados, olhando algo na mesa, e nos viramos para nos olhar ao mesmo tempo. ACIDENTALMENTE (muito importante registrar) eu dei um SELINHO nela. Um selinho. Sabe selinho que as pessoas dão ate pra se cumprimentar? Esse selinho. Talvez valha ressaltar aqui que sou bissexual (mulher) e que eu realmente gostava muito da menina, mas eu nunca tentaria nada com ela, ate pq já via ela como uma irmã. Claro que a gente quase morreu de vergonha e fugiu cada uma pra um canto. Até ai acho que tava tudo bem. O problema foi no dia seguinte. Naquela noite, eu estava um tanto incomodada com a presença do meu ex, e quando eu fui embora, ele disse que me levava. Eu disse que não precisava, mas como ele insistiu, eu aceitei. Não ia precisar pagar uber ne. Ele me levou e é óbvio que eu não me estressei, pq eu sou uma pessoa muito calma. O pior foi dormir e acordar com uma penca de mensagem do Calrs por que eu tinha "beijado" a namorada dele e que ele não podia mais confiar em mim. Primeiro eu pedi desculpas e tentei explicar que foi um acidente, mas ele disse que não ia mais poder confiar em mim. Depois ele me falou que a Calrsa teve uma crise de ansiedade por causa daquilo e que a culpa era minha. Aparentemente, ela contou e alguem que viu a cena tambem falou e fez parecer que eu tinha feito tudo de propósito so por que ele não estava olhando. Assim eu perdi contato com aquele grupo por um bom tempo. Com o tempo eu fiquei com raiva dele por ter jogado nossa amizade no lixo daquele jeito por causa de um acidente ridículo desses, e depois eu so fiquei triste por ter perdido um grupo inteiro de amigos de uma só vez. Hoje em dia eles ainda namoram e ambos estão muito bem, e eu fico feliz por eles. Ate voltei a ter contato com esse grupo de RPG, meu ex acabou por se tornar meu amigo mesmo apesar de tudo que aconteceu, mas nunca mais foi a mesma coisa. Hoje me sinto extremamente deslocada com eles, como se não fosse bem vinda naquele grupo, mesmo sabendo que deve ser só paranoia minha, sinto que estão todos contra mim de alguma forma, mas ainda é meu único grupo de amigos nessa cidade.
Enfim, fui a babaca por ter beijado a namorada do meu amigo e guardado rancor pelo jeito que ele me tratou depois?
submitted by raposi42 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.11 00:33 maluzinhagameprays um almoço homofobico pt 3

oi pela terceira vez luba,editores, gatas, papeloes, e leitor ;)
estou aqui para terminar a historia do " almoço homofobico ".
peço perdao pelo nome [email protected], mas é que a historia ia ser outra, so que resolvi contar desde o inicio e nao troquei o nome chat.
as historias nao serao muito grandes pois n consigo escrever por muito tmp, se n fico com dor de cabeça kkkkkkkkkkkkk
enfim,nos paramos na parte da foto,entao,boa historia a todos <3
a foto foi tirada pela a minha melhor amiga " carla ", mas eu nao sabia da existencia da foto ate o grande dia do almoço homofobico.
alguns meses se passaram, e no inicio de 2018, eu e a aninha comecamos a namorar.
eu ja estava com 15 anos, e ainda ao tinha coragem de me assumir como homosexual, mesmo namorando.
aninha havia se assumido como bissexual no final de 2017, ela foi super apoiada pela familia e amigos e etc.
um final de semana, algumas semanas de começarmos a namorar, minha mae fala que vamos almoçar na casa da minha avó e que eu podia levar uma amiga ou amigo.
falei para a aninha, convidei, ela e ela disse que poderia ir sim, pois amaria conhecer minha familia e que seria uma boa chance para eu me assumir.
nos fomos.minha mae foi buscar a aninha na casa dela e postamos uma foto no insta " indo p casa da vo com a amig.., quer dizer, namorada hahaha".
(isso foi um belo erro)
a carla foi perguntar o porque eu chamei a aninha e nao ela, falando que desde que eu tinha comecado a namorar eu tinha esquecido ela e talz.
depois que chegamos na casa da minha vó, a aninha foi se apresentar e coisas assim, e depois de uns 15 minutos fomos almoçar.
eu,sendo vegetariana desde pequenininha, nao comi muito, e minha mae tentando dar aquela de "mulher fitness ocupada e moderna " (suspeitosamente especifico), terminou de comer, pegou o celular, e viu uma mensagem, mais especificamente uma foto que a carla havia enviado e adivinha oque era?
EXATO
a foto minha e da aninha
minha mae S U R T O U
ela gritou, esperniou, chorou, quase bateu em mim mano
começou a chamar eu e a aninha de nojentas e todo aquele papo de "deus nao vai te aceitar " ou "voce vai p infern0"
eu tentava nao demostrar raiva, mas eu fui logo socorrida pelo resto da minha familia
minha vó, primos, tias e tios me defenderam, disseram que a unica nojenta ali era a minha mae e que quem iria p infern0 era ela e etc
acabou que, no final,minha mae se arrependeu e eu perdoei minha melhor amiga.pode parecer meio babaca da parte dela, mas ela realmente se arrependeu. hoje moro em paz com minha mae e o meu pai, e eu e a aninha continuamos nosso relacionamento. ;)
obrigada por lerem e se vcs quiserem eu coloco uns extras aqui no reddit sobro as historias ksks
obrigada turma,desculpem pelo tamanho pequenos dos textos anteriores <3
submitted by maluzinhagameprays to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.01 17:52 Natalia_Richarde2020 O DIA QUE FUI AMEAÇADA DE MORTE PELA EX

oi luba, turma, gatas maravilhosas, papeis assassinados, editores e possível convidado (que quase nunca tem), hoje vou contar minha triste historia de como fui corna e traída por amigos. bom luba essa é a minha primeira vez participando e espero muito que goste da historia.
ps: estou repostando, pq a anterior tinha alguns detalhes faltando e alguns erros de português ( me perdoe se ainda conter alguns), mas sem delongas vamos a historia.
Eu tinha uma amiga e a gente era bem próximas no período do ginásio e aí quando fomos para o 1° ano do colégio (2015) foi quando eu conheci um menino e a gente sempre foi próximos e por mais que ele trocava de turno na escola (por conta de trabalho),mas isso não interferia nossa amizade e nessa época ele começou a namorar essa amiga minha e cara eu shippava eles pra caralho e sempre apoiava e tudo mais, mas quando foi no 3°ano do colégio (2017) eu e esse meu "amigo" ("amigo" pq eu considerava ele mais um irmão) a gente caiu na mesma sala e aí ele sempre me pedia conselhos sobre o namoro pq segundo o que ele me contava, ela era muito infantil no namoro e tinha ciúmes demais e ainda tinha ciúmes de mim e tipo sempre dei conselhos para ele conversar com ela e assim se resolverem e essa amiga minha em vez de chegar em mim e perguntar as coisas para mim, ela simplesmente mandava outras pessoas perguntar sobre minha relação com o namorado dela e bom sempre fui sincera e sempre falei que considerava ele como meu irmão e que eu e ele não tínhamos nada. Mas ela sempre vinha com as criancices e tudo mais e depois dele passar o ano todo nesse chove não molha ele pediu mais conselhos para mim sobre e eu já tinha dado vários conselhos e o namoro deles não melhorava e o mais sensato quando isso acontece é o término (principalmente quando o diálogo não funciona mais) e aí eu falei para ele que se não tinha jeito que ele terminasse com ela, pq eu não queria o meu irmão sofrendo e assim ele fez e nisso começou o inferno, pois, ele começou a ficar com uma outra amiga nossa e ela começou a xingar eu e essa menina para o colégio todo e sempre quando alguém ia tirar satisfação, bom se fingia de que não tava fazendo nada e que os outros queria envenenar ela para nó,s blz os dias foram passando e aí eu e ele começou a ficar mais próximos, pois a gente cantava no mesmo ministério e aí a gente acabou começando a ficar serio e após 1 mês e começamos a namorar e aí a ex dele veio de mimimi para o meu lado sobre ele e dizia que ele amava ela ainda e aí eu contei que a gente tava namorando e tudo mais e que ele já tinha esquecido ela e que era pra ela seguir a vida dela(maldita hora que fui falar isso) essa menina começou a nos perseguir e nesse meio tempo conheci uma menina (meu namorado que apresentou ela)e ela se tornou uma irmã e ela sempre me ajudava em tudo ( guarde essa "melhor amiga/irmã", pois ela é importante), bom essa ex dele começou a nós perseguir e me atormentar e vindo conversar comigo no whatsapp (na maioria das conversas era nós duas brigando) e vinha postando indiretas para mim (e eu como uma boa pessoa retribuía as indiretas, com outras indiretas) e nessa época eu trabalhava e meu namorado sempre ia lá e passava um tempinho lá para me ver, mas teve um dia que ela viu ele lá e foi lá e sentou do lado dele e começou a me provocar tirando fotos dele e postando com legendas fofas e logo depois ela foi na mulher que cuidava do caixa e era amiga dela (essa mulher era bem próxima minha, era quase uma mãe no trabalho, foi ela que me ensinou tudo e me ajudou com tudo sempre, ou seja ela sabia da historia e ela iria me defender e me contar) e essa garota começou a falar que eu tava atrapalhando o namoro dela com ele e falando outras coisas além disso e tentando me envenenar para ela e meio que querendo que eu perdesse meu emprego, mas essa mulher já sabia da verdade e apenas acalmou ela e falou que se ela namorasse ela o pq de quando ele caiu de moto eu que estava lá do lado dele no hospital e não ela e quem cuidou dele foi eu e não ela e outras coisas e nisso ela saiu e a mulher veio conversar comigo e falar o que ela tinha falado e nisso eu comecei a chorar e tudo mais, pois meu psicológico tava totalmente abalado e estava totalmente frustada com tudo ( e também tinha medo dessa menina fazer eu perder meu emprego, pois era meu refugio aquele trabalho e por mais que era difícil lidar com as pessoas, aquele trabalho me fazia esquecer dos problemas em casa e no pessoal) e aí passou um tempo e ela ainda estava atormentando e um certo dia ela veio falar para ele que tava grávida dele (pois eles tinha feito fuc fuc 1 mês antes da gente começar a namorar ou seja, quando a gente estava ficando serio) e aí ele veio até mim e me contou tudo e eu perdoei ele e aceitei ele mesmo tendo um filho com ela e que estaria aqui para ajudar ambos no que precisar e umas horas mais tarde ela apareceu e começou a forçar ele a terminar comigo e ele falava que não ia terminar e ela ficava insistindo e aí eu perdi a cabeça e comecei a discutir com ela no meio da praça e todos olhando (puta vergonha que passei), mas aí como eu vi que ele não estava bem parei de discutir e ele foi conversar com ela e até que conseguiu fazer ela ir em bora e ai ele decidiu não assumir a criança, porém ajudar financeiramente ela e ela não aceitava essa ajuda nossa e fazia altos dramas ( de como ia ser o filho dela sem pai presente e tudo mais) e até que um dia a gente fez ela fazer exame para a gente realmente saber se era verdade a gravidez (como ela tinha uma certa fama de destruir relacionamentos dos outros, a gente foi ter certeza se procedia a história) e aí no dia que eles marcou os exames, meu namorado ia com ela neh, porem ela não esperou ele e tirou sangue sem ele e isso aí já fez a gente suspeitar da procedência do exame (pq o laboratório não era tao confiável), mas aí passou uns dias os resultados chegaram e dizia que ela tava realmente grávida e ainda sim existia a dúvida de ser dele e ela ainda continuava infernizando a gente e aí sempre que eu pedia conselhos para aquela "amiga" minha, ela sempre falava para mim terminar com ele e nunca me apoiava e tudo mais e isso me fez ter um pulga atrás da orelha sobre fidelidade dela (mesmo ela falando que ele não fazia o tipo dela, pq ela pode estar mentindo e a fama dela não era tão boa assim, tanto que tinha vindo pessoas me alertar sobre ela) e comecei a ficar esperta, pq meu namorado sempre que a gente ia sair ele gostava de passar na casa dela e tudo mais (e também comecei a ficar alerta, quando meu cachorro avançou nela, sendo que ele é amoroso e tem teorias de que cachorro tem o sentido de descobrir que não tem boas intenções e isso já me deixou encafifada e também teve um dia que a gente foi na casa dela e eu meio que me senti excluída ) e aí um dia a gente marcou de ir eu, meu namorado e a ex dele para a gente sentar e conversar sobre e bom esse dia chegou e após muita discussão ele me escolheu e ela não queria aceitar e começou a fazer chantagem e ainda mandando indiretas para mim por celular e a gente discutia sempre no whatsapp e aí teve um dia que ele foi por um ponto final e aí ela me ameaçou de morte e tudo mais (pse ele gravou um áudio sem ela perceber e ela me ameaçava e falava que se ela não podia ficar com ele, que eu não ia ficar e que ela poderia ir pro inferno por me matar, mas ela não se importava) e quando descobri isso fique desesperada e com medo e com raiva por ele nunca por um ponto final e tudo mais e isso tava me fazendo perder muito cabelo e eu ter crises de ansiedade, pois estava aguentando essa barra toda sozinha, pois não tinha apoio de ninguém (minha mãe sabia do namoro, porém nunca fui de dividir os problemas com ela e ela amava meu namorado) e aí um dia a ex dele teve um aborto espontâneo e aí ela parou de nós infernizar (esqueci de falar que ela sempre falava que ele só está a comigo para fazer ciúmes nela e tudo mais kkkk sendo que ele odiava ela) e aí a gente começou a ter paz, porém ele começou a ficar mais distante (ele falava que eu era a que tava distante, sendo que eu sempre fazia textinho e ele sempre falava as mesmas coisa que ''ele estava surpreso e não sabia o que dizer'' e demais desculpas esfarrapadas e até gastei 150 reais em uma aliança nova, pois eu tinha perdido a outra numa viagem e cara sempre fazia surpresas eu dava 100% de mim e ele nem 50% dele e isso me deixava muito triste e insegura comigo mesma) e um dia ele foi trabalhar em uma festa e aí ele me traiu com uma outra amiga nossa e ele falou que não foi culpa dele e que a menina que tinha beijado ele e tudo mais (e eu a trouxa perdoei)(esse rolo todo foi em 2018) e aí o ano passou e faltando 2 semanas para acabar fevereiro de 2019 ele me pediu um tempo e nesse período aquela minha "amiga" começou a postar fotos com ele com legendas fofas e tudo mais e era todos os dias praticamente e aí eu me afastei dela e aí nesse período saiu o resultado do meu vestibular e eu consegui passar aonde eu queria e aí eu e meu namorado marcou de conversar e resolver o nosso namoro (pq eu tava quase indo para outra cidade por causa da faculdade) e a gente foi no dia que a gente completava 1 ano de namoro e aí ele chegou deu feliz 1 ano e aí começou a falar que me amava,mas que ele tinha medo de eu ir para outra cidade e trair ele ou conhecer alguém melhor que ele e tudo mais (sendo que qualquer babaca seria muito melhor que ele e serio eu trair ele? esses medo era pq ele era o infiel da relação)e aí ele falou que se eu queria terminar com ele e aí eu falei que seria melhor a gente terminar, pq se pra ele nosso relacionamento a distancia não ia funcionar, então para que continuar e aí ele veio me abraçou e começou a chorar, porém percebi que aquele choro não era muito verdadeiro e aí eu chorei vindo para casa, mas era um choro dele alívio e um pouco triste por ter que contar para minha mãe que a gente tinha terminado, pois como a gente terminou eu estava tranquila que eu não iria sofrer mais e assim iria para outra cidade e não precisarei conviver com aquelas pessoas e aí alguns meses após o término meu ex veio conversar e pedir desculpas por tudo que ele tinha feito e pedir uma segunda chance, pois ele tinha se arrependido de tudo (pq ele tinha namorado e essa menina tratou ele tão mal, quanto ele me tratou e aí ele se deu conta das merdas que ele fez com quem realmente amava ele e que sempre cuidou e quis seu bem), porém após esse término eu comecei a ter mais alto estima e perceber que eu merecia alguém muito melhor e que ele e aí eu naturalmente dei um fora (ele começou a falar coisas do tipo ''você fazia cursinho fora e você acha que eu não iria desconfiar de algo'', insinuando que eu tinha traído ele e eu me estressei e comecei falar e por pra fora tudo e ai ele viu o quão errado ele estava) e uns dias depois um amigo meu veio me contar que esse ex meu tinha ficado com essa "amiga" minha um pouco depois que a gente terminou e eu fui e perguntei para ele e ele me confirmou e aí eu cortei minha amizade com aquela "amiga" e aí ele queria continuar a amizade comigo e eu aceitei, porém sempre fui fria e aí ele veio reclamar que eu não era a mesma e que eu estava fria com ele e aí eu falei que depois de tudo ele queria ainda que eu fosse igual com ele e fingisse que tava tudo ok e aí ele parou de falar comigo, por atualmente eu já os perdoei e queira que ele sejam feliz, contei para minha mãe os reais motivos de eu ter terminado com ele uma semana depois de ter me mudado para outra cidade, pq eu não tinha coragem de contar cara a cara e aí lubinha atualmente eu encontrei alguém que realmente me ama e me valoriza do jeito que sou e sempre me anima e sempre está disposto a tudo por mim, tanto que foi ele que me apoio a vir contar para você essa historia (eu e ele te assiste e então sempre que a gente joga a gente usa algumas frases suas), bom lubinha tenho algumas prints das conversas e queria muito poder deixar aqui para você ver, mas não sei como faz para colocar kkkk, a já ia esquecendo de contar que essa ex namorada dele sempre tentava fazer meu amigos se virarem contra mim, porem não conseguiu e então é isso lubinha essa é minha historia de quando fui traída em um relacionamento e em amizades . bjs lubinha e obrigada por todas as noites de diversão que você me proporciona (principalmente com o quadro nice mendigos e sempre coloco eles quando estou com crise de ansiedade ou insonia, pois me ajuda a acalmar e dormir) e caso queira julgar quem foi o babaca da historia pode ficar a vontade (apesar de eu achar que todos foram kkkkk). é isso lubinha,bjs e desejo todo o sucesso do mundo para você, seus editores e turminha. então é isso bjs lubinha, amo você.
submitted by Natalia_Richarde2020 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.30 20:23 Jaozim_capixaba_VV Frustração sexual e puritanismo. A má influência da igreja e como ela tem afetado a vida sexual de jovens da sociedade

Edit: aproveito para deixar 2 subs sobre o tema:
exchristian e exReformed (em inglês)

Vou falar sobre meu passado religioso e como isso afetou minha vida sexual.
Exemplos deste puratinismo pode ser visto em blogs como https://naomordamaca.com/ que foi um dos principais sites que eu seguia na adolescencia para buscar a abstinência sexual e me reservar para "a minha escolhida".

As frustrações sexuais são sintomas e não uma causa.
Estes sintomas, incluem a falta de atenção afetiva, de poder se abrir e ser falar com honestidade os seus sentimentos para outra pessoa, de se sentir desejado/a de ter contato físico, carícias e até sexo.
Pode ser que existam diversas causas que levem as pessoas a se isolarem deste tipo de intimidade. Se trancando em suas conhas e criando assim a frustração.
Vou citar um exemplo que destas causas que perdurou por quase toda a minha via (tenho 28 anos)
Para mim, a causa foi ter sido criado em um lar extremamente religioso que moldou minha visão de que sexo (fora do casamento) é pecado, sujo e imundo. Além disso sofri anos de abuso emocional por parte dos meus pais (e ainda sofro com isso).
Uma vez que alguém se encontra em uma situação dessas, é difícil arranjar uma solução fácil. Tem gente que vai pras drogas e sexo/vida loka, mas que acaba sofrendo por que, pra falar a verdade, sexo não é tudo. o que a pessoa buscava era uma alguém que a aceitasse por completo.
Outras pessoas, como eu, passam a se reclusar e a lutar fortemente contra estes instintos sexuais e a negar a própria vontade.
É tipo como você se obrigasse a fazer um jejum intermitente. Exemplo: "comer apenas uma refeição por dia por 5 anos seguidos".
Certamente será danoso para o corpo, vc vai ficar fraco, zonzo, ter anemia, pior desempenho e tudo mais.
Exceto pelos religiosos mais "birutas" (desculpe se ofendi) ninguém vai ficar 5 anos fazendo este tipo de jejum.
Então, voltando ao meu caso (que certamente é compartilhado por algumas pessoas com frustração sexual):
Ao ser criado neste ensino religioso Eu aprendi que:
Isto sem falar nas outras áreas da vida (mas este post já tá gigante)
Observando estes pontos, qualquer um consegue entender por que eu nunca namorei e nunca fiz sexo.
Esta vontade não era minha. eu tinha desejo de buscar felicidade ao lado de uma mulher.
Esta vontade foi imposta a mim (e vários outros jovens da minha igreja. Muitos, ainda virgens e com a minha idade).
Foi inculcada na minha cabeça. Foi uma lavagem cerebral. Também foi defendida por minha mãe.
Logo, eu, com 16 anos, tinha medo de namorar e correr o risco de levar esporro de meus pais. Eu não tinha coragem de levar uma garota pra minha casa. Na verdade, eu raramente levava amigos pra minha casa (mas aí é por causa de outros problemas).
Nestes ultimos 4 anos, eu comecei a mudar
Primeiro, eu fui perdendo a fé nas coisas da igreja de pouco a pouco.
Por incrível que pareça, o motivo não era as coisas que escrevi acima. Eu perdi a fé justamente por ler a bíblia, orar e por ir nas atividades da igreja.
Com a gradativa perda da minha fé. de pouco a pouco, fui reavaliando minhas "filosofias de vida" e todos os conceitos que eu tinha. mutos desses novos conceitos eu adquiri por mídias (livros, tv, algumas músicas) e graças a algumas comunidades no reddit.
Um dos conceitos passados que eu perdi, foi essa "pureza sexual"
Teve várias influencias para isso, mas o anime Dororo (2019) tem uma cena realmente chocante e que me fez realizarr o quão estúpido é isso de dizer que uma mulher que teve vida sexual ativa é nojenta e impura. (mas vou evitar os spoilers)
Presente:
Neste ano, entrei em um grupo do Discord que tinha acabado de ser criado. Grupo pequeno. razoavelmente fechado e certamente seguro (ou seja, tolerancia zero contra trolls)Neste grupo, a galera conversava sobre o tema principal, mas também tinha canais para publicar fotos/selfies em geral.
Decidi publicar uma selfie lá.
Passado uns dias, uma garota de lá disse:"Achei seu cabelo lindo! seria muito estranho se eu dissesse que quero passar a mão nele?"
Aí com mais um tempo de conversa, a gente começou a namorar.
É namoro a distância? é!
Pode ser que dê em nada? Sim! (Foda-se!)
Mas depois de todos estes anos me repreendendo, tentando fugir da realidade. Todos estes anos fugindo dos meus desejos...Eu finalmente estou namorando, me abrindo com uma garota, e vendo ela se abrir comigo (no sentido emocional).
Sinceramente. Estou feliz! Me sinto motivado!Quero mudar pra onde ela mora!
(Na verdade eu já planejava mudar pra lá, Mas agora estou bem mais motivado)
submitted by Jaozim_capixaba_VV to desabafos [link] [comments]


2020.07.30 19:54 sushiestragado -O CARA ESCROTO

Ola Luba,editores,gatas e turma que esta a ler!Bom minha historia começa em 2018, já fazia1 ano que eu era escoteira,la eu já tinha conhecido um garoto que eu gostei mas ele saiu,logo depois entrou outro neste ano,bom eu não gostava muito dele,mas sei la por qual fuckin motivo ele começou a gostar de mim,e eu como sou idiota comecei a gostar dele sem MAS ou MENOS.Nesse role ai de eu gosto de você e você gosta de mim começou a pintar um clima,bom todos shippavam a gente e ate ai beleza,isso só em 2018.Beleza em 2019 as coisas começaram a ``esquentar´´um pouquinho e nesse ano eu meio que comecei a me sentir mal vontade de chorar e afins,minha amiga começou a gostar dele e ela e loira e tem olho verde ela e linda! E bom isso não iria me ajudar.....e então em um bivaque(dia de atividades escoteiras)nos estávamos plenos na cachoeira e ela começa a pular nele e abraçar e ele aceitou numa boa,eu fiquei pistola mas minha melhor amiga me acalmou,chegando em casa eu fui correndo ir tirar satisfação com ele,e ele me disse que estava gostando dela e dizia que eu não dava atenção pra ele apenas para o meu melhor amigo,na hora desmoronei,comecei a chorar muito,ouvi musica mas nada resolvia,no dia seguinte eu fui pedir desculpas a ele....pq eu sou idiota e era só oq faltava,ele aceitou e falou que tava doido dizendo que gostava dela,bom depois de um tempo eu comecei a fazer terapia pois como eu disse eu já não estava muito bem,depois de três meses na terapia eu recebo a noticia de que ele estava namorando uma menina que ele conhecia a um mês.......eu chorei e muito,o melhor e que neste dia eu estava muito pra baixo,falei para a minha terapeuta e ela me ajudou a superar tudo fiquei melhor e amadureci,depois do termino dele, ha.....ele vem coma cara de pau de me pedir desculpas e falar que sempre me amou.....eu não acreditei mas perdoei,beleza tudo estava bem,no ultimo acampamento de 2019 no fogo de conselho(fogueira na qual nos reunimos para fazer apresentações,e um momentos ``sagrado´´)a chefe falou coisas lindas me emocionei,no inicio de 2020 eu me sentia melhor como se o acampamento tivesse me ajudado a melhorar eu não chorava e nem ficava triste,eu estava feliz,bom depois desse tempo o menino teve a cara de pau de me dizer que tava gostando de mim de novo que me amava e que eu tava linda de cabelo curto e óculos,ate ai tudo ok beleza mas para a desgraça de todos,eu assim como muita gente acredito que tenham ou estão passando por duvidas em relação a sexualidade,eu disse pra ele que não estava interessada pois eu gosto de mulheres e afins,ele virou outro ser,me disse que eu estava perdendo meu tempo,que era um erro,ele me disse muitas coisas homofóbicas e machistas também,eu vi ele na rua e ele tentou me beijar depois eu dei um soco na cara dele por ser homofóbico e machista,eh isso:> um beijo <3
submitted by sushiestragado to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.29 04:52 Widowmaker098 JA QUE VOCE TEM DINHEIRO, VOCE TEM QUE PAGAR MINHA CESTA NATALINA

Olaa luba com -15 de sanidade, papelões em seus caixões gatas e editores, meus pais são separados e moram e cidades diferentes, nesse mês que eu fiquei com a minha mãe aconteceram coisas bem agitadas, eu descobri que ela estava namorando depois de anos, a primeira vista eu achei ele legal e tals, hoje 28/07 minha mãe foi surpreendida pela filha do namorado dela (sim o namorado da minha mãe tem dois filhos, um pequeno de 8 anos e uma maior de 16), a filha (fars) mandou mensagem para a minha mãe falando mal do próprio pai, dizendo que ele era pai de status e que só pagava pensão mas não ficava com os filhos ( o que é mentira, pelo pouco tempo que eu conheço eu já sei que ele é um amor com o filho mais novo...) Então o pai (Mars) já paga pensão toda semana exatamente nas sextas-feiras. Aí então que surge a conversa, a fars está grávida de um cara que tinha acabado de sair da cadeia, e precisava de dinheiro para ir fazer exames e etc, só que o pai já paga a pensão (que é alta) e a mãe não se providência em nada. Mas agora o motivo do título do texto, no natal do ano passado, que caiu em uma quarta-feira, o combinado era, Farls e o menorzinho passar o natal junto com Mars, só que a mãe parecia estar relutante em deixar as crianças irem, por que segundo ela o Mars devia dar dinheiro para ela fazer a ceia ela mesma na casa dela, o que ele achou incoerente, então depois de um tempo discutindo ela finalmente abriu o jogo "EU CHAMEI MEUS PAIS PARA VIR AQUI, MAS O DINHEIRO DA SUA PENSÃO NAO DEU NEM PARA A METADE DO QUE EU GASTEI" e então se aproveitou pra dizer "Eu sei que você tem dinheiro, o mínimo que você tem que fazer é dar para mim, ou você quer que eu me estresse?". No dia seguinte Mars foi trabalhar cedo com o carro da empresa, até que ele recebe uma ligação de um amigo dizendo "ei, sua ex mulher tá aqui na frente da sua casa bêbada quebrando seu carro todo", ele entrou em choque e foi direto, o pior foi ela usando como argumentos "me bate, eu sou mulher, quero ver me bater". Tem mais histórias mas vai ficar muito grande, espero que Mars e minha mãe sejam felizes, beijos >30.
submitted by Widowmaker098 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.18 08:30 rafaspbarbie A AMANTE.

Oi genty, povo tudo vocês, Lubisco, gatitas, editores, turma, galero, convidado não por que né QUARENTENA, mds to nervouser. Essa história é a história de como eu virei a amante de um cara. Como é uma história anônima, vou mudar os nomes tudo. Se preparem pois ela é looooonga
Bom, em meados de 2016, tinha voltado a estudar na Tijolinhos (nome fictício de uma escola particular em Brotas-SP) depois de repetir de ano e tal. Lá conheci a Joséfa, que virou minha melhor amiga pra vida (ou não, né?), e desse rolê todo boa parte foi culpa dela (TÔ DE OLHO JOSÉFA). Um lindo dia na escola, tava eu lá, com vontade de fazer pipi, ou só me olhar no espelho pra ver o quão bonitona eu tava, e quando tava descendo eu vi ELE, Pablo, na sua escadinha de técnico de Wi-Fi, skksksksksks ele era lindimais (bom, eu achava né) e daí eu passei por ele, trocamos olhares bem calientes, mas ficou por isso.
Logo de noite ele me adicionou no SNAP, sim, snapchat. E trocamos muita ideia, ele era muito inteligente e a gente combinava em muitos aspectos, tava xonadinha. Depois de uns dias conversando com ele, o mesmo apareceu na escola de novo, E DAÍ QUE COMEÇA A MERDA. Estava sentada com Joséfa e comentei:
Na hora eu mandei mensagem pra ele falando um monte de coisa, que era um absurdo ele namorar e falar comigo daquela forma, insinuando coisas, falando pra gente ficar e tal e que eu seria só amiga dele a partir daquilo, AHAM.
Daí entra a parte importante da Joséfa na história. A doida nada mais nada menos me chamou pra fazer vôlei com ela, e eu fui, tinha dois horários, o das kids e dos adultos, íamos nos dois. Fomos no primeiro horário, e partimos pro segundo logo em seguida. Então tava eu lá, linda e plena mexendo no celular e daí a anta da Joséfa começa a dar risada olhando pra longe, eis que me vem à imagem de quem? PABLO. Ela já sabia que ele fazia vôlei, acho que ela queria ver o circo pegar fogo, MESMO. Ele me cumprimentou todo sem graça, mas sempre trocando olhares comigo do tipo "te quero" e eu me segurando pra não pular nele ali mesmo. A gente continuou conversando normalmente, mas havia um flerte sim, mesmo que muito inocente.
Mais pra frente, decidi chamar ele pra conversar, falar pra ele que eu estava gostando dele de verdade, combinamos de conversar depois do vôlei e ele me daria uma carona até a casa dele. A conversa foi basicamente os dois se olhando na maior vontade, eu falando que gosto dele, ele retribuindo, mas também falei que não faria nada em respeito a namorada, AHAM². Durante a conversa teve troca de carícias, muitos abraços, carinhos e olhos nos olhos. Quando íamos pro estacionamento pegar a moto dele, ele me levou para um canto escuro e tentou me beijar, mas dei um abraço porquê não tava me dando por vencida. Quando subimos na moto, ele me disse que ia passar na casa dele pra pegar o carro pois seria mais confortável pros dois (o que ia ser mais confortável hein, Sr. Pablo?!), mas que não era pra me preocupar pois não teria ninguém em casa... MAS TINHA! A família toda dele tava lá, mãe, padrasto, irmãos.. entrei lá com a maior vergonha, ainda tive que ouvir do irmão "quem é essa menina estranha?" Fui pro QUARTO dele, sentei lá na cama e fiquei um tempo ali absorvendo tudo, enquanto ouvia ele falando com a mãe sobre mim, "apenas uma amiga"... sei (foi exatamente o que a mãe dele disse, não tínhamos muita credibilidade). Fomos pra minha casa e ele tentou me beijar de novo, mas não rolou, ainda achava que não daria o gostinho pra ele.
Continuamos conversando e tendo uma relação bem inocente, e era muito bom, confesso. A gente ainda ia no vôlei, ele me dava caronas, era bem discreto e bom, como aqueles romances dos anos 50 que não havia nem beijo, o sentimento se mostrava em outras demonstrações, no carinho, no toque, nas conversas, nos olhares e era bem assim, me vendo por fora da cena, veria uma garota com cabelos aos ventos sorrindo na garupa de uma moto abraçada em um cara que a fizesse sentir o amor, o vento, borboletas no estômago uma primeira vez.
Eu, Joséfa e Pablo descobrimos que teria uma chuva de meteoros na madrugada de quarta pra quinta, nos animamos muito pra ir, mas no fim iria só eu e ele... era o que eu achava, né? (Só pra constar, não havíamos beijado ainda.) Bom, ele me buscou em casa, fomos pra casa dele buscar cobertores e nisso ele me deu uma camiseta (que eu tenho ate hoje) de unicórnio. Com isso ele me disse que umas pessoas iam junto, fiquei meio assim, mas se não tinha problema pra ele, por que teria pra mim? Só que essas pessoas eram o que? A FAMÍLIA DELE. Primos, tios, tia avó (que aliás, gostou muito de mim) muitos deles achavam que eu era a namorada dele mesmo, pois estávamos muito próximos já. Durante a chuva eu só conseguia olhar pra ele, muitas das vezes ele me fazia olhar pras estrelas (não é atoa que eu o chamo de "Sr. das estrelas"), esperando algum meteoro cair, mas eu não vi nenhum. Enquanto estávamos lá, com a família dele, a gente se acariciava, ele me dava selinhos e eu juro que podia ser só isso pro resto dos meus dias com ele, pra mim estava perfeito. Fomos embora, levamos um dos tios dele pra casa, nisso ele me pergunta se eu queria ir embora já, obviamente disse que não.
Fomos para uma parte onde dava pra olhar bem as estrelas, mas naquele dia eu tava cansada de olhar pra elas. Nós paramos o carro e, naquele momento tudo parecia em câmera lenta, de olhar um para o outro, como tirar o cinto e até na hora do (finalmente) beijo. Sim, naquele momento eu virei A Amante. O beijo foi incrível, tudo se encaixou, foi o melhor beijo da minha vida até hoje, tínhamos química, minha pele se arrepiava só dele me tocar, era tudo como um conto de fadas, só que sem a parte do príncipe encantado.
Eu vivia com ele, vivia na casa dele, assistimos vários filmes, passamos por lugares incríveis, daqueles que faziam a gente suspirar e não querer parar de olhar. Cada vez mais eu me apaixonava, ele me fez sentir coisas que eu nunca senti, me fez ver coisas que eu nunca vi, me fez me maravilhar com as coisas simples, como estrelas. Mas eu sempre ouvia dele que ele sempre era o coitado, de como a Jurema (a tal da namorada) era ruim com ele, das vezes que ela traiu ele, das vezes que ela o tratou mal, mas mal sabia Jurema o que ele fazia também, mal sabia ela o quanto eu me sentia mal por isso. Sempre coloquei na minha cabeça que não tinha motivos para trair, mas que eu me conformei com a situação, achei que, dessa vez, tava tudo bem, até porquê eu tinha ele, né?
Como o tempo, tudo se passava, ele me fazia promessas, me prometia terminar com Jurema, que seríamos felizes, ja estava enjoada de ser rotulada como A Amante, não só por mim, mas por ele, por Joséfa também (que passou vários momentos de vela entre eu e Pablo). Numa dessas fui até na casa da avó dele, joguei truco com sua família, beijei ele na frente deles, (um deles lembra de mim até hoje, fala comigo como se eu fosse a ex oficial dele kkkk). Numa outra saímos com um dos seus amigos, nesse dia descobri que a nossa música era aquela lá, a tal da Cataflor do Tiago Iorc, aquela que toda vez que ouço lembro do dia em que eu ouvi pela primeira vez. Esse tal dia estávamos eu e Pablo em sua casa quando ele recebe uma ligação do seu amigo falando que ele queria vê-lo, Pablo falou que estava com uma "amiga" e esse amigo, o Gerson, disse que tudo bem eu ir junto. Entramos no carro, cumprimentei ele, e logo ligamos o som do carro ouvindo Tiago Iorc num tom bem doce, todos cantando e, no momento que esta começou a tocar, ele segurou a minha mão e disse:
-Ok.
Nisso começa a letra, não era atoa que eu me apaixonei, um cara que disse que me daria todas as flores no mundo mas que nenhuma delas chegava a ter a beleza que eu tinha, que a natureza tentou imitar 'tamanha' beleza mas que falhou, pois não tinha como ter algo tão bonito quanto. Como eu não me apaixonaria? Eu também não sei responder essa.
Logo após um tempo, comecei a cobrar o término dele e ele sempre me dizia que era muito difícil, pois era um relacionamento muito longo (3 anos). Pois bem, um mês depois disso ele terminou, viajou pra cidade dos primos dele, foi em várias festas, beijou várias meninas e depois que voltou, me buscou em casa, fomos pra um dos "nossos" lugares, ele sentou comigo e me contou tudo, das meninas, de quem ele teria ficado, como que ele estava amando ser solteiro e tudo mais. A ficha não tinha caído, ele realmente estava solteiro, não devia mais nada à ex, mas ao mesmo tempo parecia que ele não devia nada à mim também, que o cara que falava aquelas coisas, me fazia sentir aquelas coisas e falava que era apaixonado por mim havia sumido junto com o término dele. E. ISSO. DOEU. MUITO. Ficamos naquele dia, mas eu fiquei extremamente desconfortável, cheguei em casa e chorei por horas, do tipo "será que aquele cara nunca existiu?". Nos afastamos cada vez mais, e cada dia que passava a única oportunidade de ver ele, eu não via.
Teve uma festa, a Semáforo, foram todos meus amigos, me diverti pra caralho, dancei por bosta e por fim, ele estava lá, fiquei com ele várias vezes, fiquei com a Joséfa também (pela primeira vez), demos um beijo triplo, ficamos por maior tempão juntos, até subi no colo dele quando ele tava deitado no sofá kkkk, hoje em dia isso é de boas, mas na época muita gente me julgou. Depois disso nos afastamos de vez.
Umas semanas depois, estava na aula de artes, (na qual a professora era madrasta do Pablo) quando a professora diz:
Olhei pra Joséfa na hora e fiquei muda, aquilo partiu mais ainda meu coraçãozinho. Mas o que não era pra ser, não ia ser, não é?
Bom, gente, essa foi a minha história. O Pablo continua com a Múmia, mas não adianta ter uma aliança no dedo DE NOVO, e ainda olhar pra mim com a mesma cara de apaixonado de antes, vir me seguir nas redes e ainda dar em cima de mim, TÁ PABLO??? VÊ SE APRENDE A RESPEITAR A SUA MULHER, BEIJOS.
Um beijo no core de vocês, espero que tenham gostado, xau.
submitted by rafaspbarbie to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.12 08:34 littleant9 A aposta

Olá Luba, possível convidado, papelões, gatas e turma que está a ler isto.
(A história é grande mas vale a pena... eu acho)
Está história ocorreu em meados de 2019 e nos primeiros meses de 2020.
Um pouco de contexto: Em 2019 eu havia entrado em uma nova turma, eu não conhecia ninguém na época por isso eu sempre ficava no final da sala. O primeiro dia foi muito divertido, as pessoas foram super simpáticas comigo já que eu sou MUITO tímida e não consigo puxar muito assunto, umas das meninas (Vou chama-lá de Ana) foi super incrível comigo, ela era extrovertida e engraçada (as vezes), conheci várias pessoas através dela que eu considero meus melhores amigos. Nas primeiras semanas eu já estava fazendo amizade com todo mundo da sala (do meu jeito tímido de sempre, mas tava indo), e foi desse jeito que eu fiz amizade com uma garota que era uma das mais inteligente das turmas (Vou chama-lá de Ester) eu realmente ficava horas e horas conversando com ela sendo pessoalmente ou por Whatsapp, ela é incrível e muito legal.
Em Julho desse mesmo ano a nossa escola estava recebendo muitos alunos novos e um deles foi parar na minha sala (Vou chama-ló de Kaio) o primeiro dia foi "incrível" já que todo mundo decidiu zoar o menino por nenhum motivo, mas depois de algumas semanas ele já estava fazendo amizade com o pessoal da sala. E foi assim que toda a merda começou.
Nesse mesmo período, nós estávamos fazendo um trabalho de História era basicamente um filme sobre a 2° Carls Mundial e cada grupo ficaria com um acontecimento sobre. O meu grupo está todo incompleto e era obrigatório ter mais de 5 pessoas e foi ai que eu pensei: "Hum... porque não chamar o Kaio para o nosso grupo vai ser incrível". Eu e a minha amiga Ester sempre ficávamos na biblioteca lendo alguma coisa ou conversando e nesse dia o Kaio estava lá assistindo algum anime aleatório, eu estava um pouco receosa em chegar nele e pergunta se ele gostaria de entrar no nosso grupo por causa da minha timidez e ele também parecia alguém muito fechado que não gostava muito de conversar. Mas Graças a Deus ele já estava em outro grupo e não poderia participar, mas tirando isso nós três (Kaio, Ester e eu) ficamos bastante tempo conversando sobre coisas aleatórias e animes, e foi assim que começando a ficar bem próximos. Depois daquele dia sempre ficávamos conversando sobre algo aleatório, eu me divertia bastante com eles, uma vez quase levamos advertência por chegar atrasados na sala pois a conversa tava tão engraçada que nem ouvimos o sinal tocar.
Meses se passaram e já éramos bem próximos, durante este período o Kaio disse para uma das minhas amigas que ele estava gostando da Ester e queria namorar com ela, não demorou muito para Ester descobrir, mas mesmo assim ela sempre me dizia que não queria nada com ele que era apenas amizade, mas adivinha ela sempre se encontrava com ele fora da escola ou no curso que eles faziam juntos e não demorou muito para que os dois começassem a namorar. (É uma coisa que até hoje eu não entendo). Minhas amigas ficaram com um pé a trás dizendo que isso não ia durar nem um mês direito que uma hora ou outra isso ia dá muito ruim para a Ester já que os pais dela são bem reservados e não queriam que ela começasse a namorar tão cedo assim.
Mesmo com esse namoro entre o Kaio e a Ester nós nunca deixamos de nós falar, muitas vezes ela me disse que prefiria passar um tempo comigo do que com o Kaio. Em um lindo dia eu chego em casa e começo a fazer minhas coisas quando do nada eu recebo uma ligação da Ana dizendo que o Kaio e outras amigas minhas fizeram uma aposta para descobrir se eu era lésbica já que eu passava muito tempo com a namorada dele (Sim foi exatamente isso que ele falou em um áudio para uma dessas amigas), eu fiquei em choque e muito puta com ele e com uma das minhas amigas (Eles apostaram até dinheiro nisso) acho que ninguém em hipótese alguma deveria fazer esse tipo de coisa com alguém e neste período eu estava me descobrindo (Só consegui me assumir esse ano assexual/arromantica, pra facilitar não gosto de homem e nem de mulher). Depois de alguns dias eu contei isso para a Ester já que ela estava preocupada por que eu tinha me afastado de todo mundo, ela ficou muito brava com o Kaio por causa disso e de outras coisas que ele estava fazendo com ela, ela me disse que queria terminar com ele o quanto antes (Mas eles só terminaram mesmo em Janeiro de 2020 e isso aconteceu em Outubro de 2019, e eles só terminaram por que ele disse que não gostava mais dela). Eu disse a ela que mesmo eles sendo namorando eu não queria ter nenhum tipo de vínculo com ele.
Depois de tudo isso minhas amigas pediram desculpas para mim, mas o real motivo é que eu não fiquei nem um pouco brava por acharem que eu vou lésbica ou bi, mas por terem apostado dinheiro em cima disso.
E nesse ano aconteceu de novo mas dessa vez foi a última pessoa que eu esperava isso, nós passamos de ano e agora estamos no ensino médio e a Ana decidiu espalhar pra todo mundo da sala dela sobre esse boato que eu era lésbica. E sim pessoal minha mãe conversou com a mãe dela e foi a maior surra que a Ana já levou na vida dela, ela ligou pra todo mundo chorando e pedindo desculpas sobre algumas coisas que ela já falou (Ela é aquele tipo de pessoa que gosta de força casalzinho esse tipo de coisa até virar um negócio insuportável, ninguém da nossa antiga turma gostava dela). Dias depois ela me pediu desculpas pessoalmente, mas eu nunca mais falei com ela depois daquele dia.
Ps: E eu infelizmente fiquei na mesma sala que o Kaio este ano e ele nem olha na minha cara e ele sempre diz para os outros que eu destruí o namoro dele com a Ester e blá blá blá e nem a decência de pedir desculpas para mim ele teve. Mas tirando tudo isso conheci várias pessoas legais e com certeza eu vou levar elas pra vida inteira.
Fico triste em saber que amizades que eu considerava importante acabaram me magoando bastante... mas enfim é isso um beijo <3.
submitted by littleant9 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.23 22:37 jujuoshi Dormi na casa da amante do meu pai e não contei nada pra minha mãe, sou babaca por isso?

Ola pessoas, espero que me ajudem! enfim, meu pai ele é muito cuzao, traiu minha mãe muitas vezes ao longo dos 20 anos de casados, inclusive quando eu era menor eu fiquei com certo trauma das brigas e discussões sobre isso que eu chorava toda as vezes que eles discutiam. Então em 2019, minha mãe comentava com a minha irma mais velha, que achava que meu pai tava estranho e distante. Então eu decidi perguntar diretamente pra ele, porque ele tinha me prometido que jamais faria mal pra nós, traindo a nossa família, no caso. Ele tava viajando e falamos por celular mesmo, e ele disse que tava tudo bem e que não havia nada. Logo no meio de 2019, ele foi me buscar um dia no meio da aula, tipo do nada ele apareceu lá e me tirou da aula. Me levou para dar uma volta de carro com ele e foi então que ele me contou que andava “namorando” uma mulher, sendo que isso foi logo depois dele negar tudo pra mim! Eu fiquei um pouco chocada mas eu meio que quis bancar a agente duplo e descobrir mais, tipo saber mais e ser amiga dele. Ele disse que ele ia se separar da minha mãe ( pela 4 vez) Kk enfim, ele disse que amava aquela mulher que ele estava, me mostrou foto. E no mesmo dia ele veio e dormir em casa, como se nada tivesse acontecido. Eu fiquei com muito medo de ver minha mãe sofrer, então como ele disse que ia fazer as coisas da maneira certa, eu deixei rolar e fingi que não aconteceu.
Já era dezembro de 2019 e a relação dos dois só piorava e minha mãe já havia desconfiado que ele tinha outra pessoa na vida dele, mas ela preferiu tentar conversar e descobrir por ele. Ele tava muito estranho parecia odiar a família dele, na virada ele queria dormir em vez de ficar conosco. Ele tava bem estranho mesmo. Mas eles não tinham se separado ainda.
Foi então que ele queria que eu conhecesse a tal amante dele, pq ela disse que queria me conhece que eu era uma pessoa muito boa, encheu minha bola sem nem me conhecer. Bem estranho. Eu com medo de dizer não pro meu pai, acabei aceitando que ela me chamasse no WhatsApp para conversar, só que eu achei que não seria nada demais, e meu pai saia pra ir na casa dela e eu sabia e não contava nada pra minha mãe.
Teve um dia que eu tava mal e eu geralmente tenho dificuldade de falar com q minha mãe sobre as coisas da adolescência, não consigo ser aberta com ela como sou com meu pai. Então essa mulher acabou me ajudando em alguns assuntos e eu até gostei dela, mas rapidamente me senti muito mal, parecia que eu tava traindo minha mãe junto. Foi quando eu falei pro meu pai dar um basta nisso, e ele acabou sendo rude comigo.
Então no próximo final de semana, eu e meu pai íamos ficar sozinhos em casa, e do nada eu começo a passar mal ( eu tenho o cóccix quebrado e as vezes dói muito que eu passo mal) então eu queria ir em um médico sei lá, eu tava em panico. E então ele me disse que ia me levar para a casa da amante dele, pq tinha um hospital perto. Eu fiquei desesperada, mas aceitei pq a dor estava insuportável. Ele me levou lá e eu acabei dormindo lá e meu pai também. No outro dia eu me senti tão mal por aquilo q eu fiz mas eu precisava manter em segredo, minha mãe NUNCA me perdoaria. Nunca mesmo. Então eu deixei quieto e até agora minha mãe não fazia ideia de que existia outra mulher na jogada, so eu.
Agora em 2020, ele ficou sabendo da mulher e está ainda com meu pai, e eu pedi pra ele voltar pra família pq eu não quero que ele fique com aquela mulher, até pq ela foi errada em aceitar um caso com homem casado. Só que minha mãe está indo cada vez mais fundo, e eu acabei ajudando ela em muitas coisas ( mas nunca mencionei nada sobre eu ter dormido e falado com a mulher), e agora ela parece estar cada vez mais próxima de descobrir... eu fui a babaca por não contar pra ela sobre a traição e sobre eu ter dormido na casa da amante dele? Por favor me ajudem, estou nesse impasse faz meses e tenho medo da reação da minha mãe! Me aconselhem kkkkk realmente não posso contar pra “Ninguem”, então I need help
submitted by jujuoshi to desabafos [link] [comments]


2020.06.23 17:44 jujuoshi Dormi na casa da amante do meu pai e nunca contei pra minha mãe, sou babaca por isso?

Ola lubinha, editores e pipipi kkkk enfim, meu pai ele é muito cuzao, traiu minha mãe muitas vezes ao longo dos 20 anos de casados, inclusive quando eu era menor eu fiquei com certo trauma das brigas e discussões sobre isso que eu chorava toda as vezes que eles discutiam. Então em 2019, minha mãe comentava com a minha irma mais velha, que achava que meu pai tava estranho e distante. Então eu decidi perguntar diretamente pra ele, porque ele tinha me prometido que jamais faria mal pra nós, traindo a nossa família, no caso. Ele tava viajando e falamos por celular mesmo, e ele disse que tava tudo bem e que não havia nada. Logo no meio de 2019, ele foi me buscar um dia no meio da aula, tipo do nada ele apareceu lá e me tirou da aula. Me levou para dar uma volta de carro com ele e foi então que ele me contou que andava “namorando” uma mulher, sendo que isso foi logo depois dele negar tudo pra mim! Eu fiquei um pouco chocada mas eu meio que quis bancar a agente duplo e descobrir mais, tipo saber mais e ser amiga dele. Ele disse que ele ia se separar da minha mãe ( pela 4 vez) Kk enfim, ele disse que amava aquela mulher que ele estava, me mostrou foto. E no mesmo dia ele veio e dormir em casa, como se nada tivesse acontecido. Eu fiquei com muito medo de ver minha mãe sofrer, então como ele disse que ia fazer as coisas da maneira certa, eu deixei rolar e fingi que não aconteceu.
Já era dezembro de 2019 e a relação dos dois só piorava e minha mãe já havia desconfiado que ele tinha outra pessoa na vida dele, mas ela preferiu tentar conversar e descobrir por ele. Ele tava muito estranho parecia odiar a família dele, na virada ele queria dormir em vez de ficar conosco. Ele tava bem estranho mesmo. Mas eles não tinham se separado ainda.
Foi então que ele queria que eu conhecesse a tal amante dele, pq ela disse que queria me conhece que eu era uma pessoa muito boa, encheu minha bola sem nem me conhecer. Bem estranho. Eu com medo de dizer não pro meu pai, acabei aceitando que ela me chamasse no WhatsApp para conversar, só que eu achei que não seria nada demais, e meu pai saia pra ir na casa dela e eu sabia e não contava nada pra minha mãe.
Teve um dia que eu tava mal e eu geralmente tenho dificuldade de falar com q minha mãe sobre as coisas da adolescência, não consigo ser aberta com ela como sou com meu pai. Então essa mulher acabou me ajudando em alguns assuntos e eu até gostei dela, mas rapidamente me senti muito mal, parecia que eu tava traindo minha mãe junto. Foi quando eu falei pro meu pai dar um basta nisso, e ele acabou sendo rude comigo.
Então no próximo final de semana, eu e meu pai íamos ficar sozinhos em casa, e do nada eu começo a passar mal ( eu tenho o cóccix quebrado e as vezes dói muito que eu passo mal) então eu queria ir em um médico sei lá, eu tava em panico. E então ele me disse que ia me levar para a casa da amante dele, pq tinha um hospital perto. Eu fiquei desesperada, mas aceitei pq a dor estava insuportável. Ele me levou lá e eu acabei dormindo lá e meu pai também. No outro dia eu me senti tão mal por aquilo q eu fiz mas eu precisava manter em segredo, minha mãe NUNCA me perdoaria. Nunca mesmo. Então eu deixei quieto e até agora minha mãe não fazia ideia de que existia outra mulher na jogada, so eu.
Agora em 2020, ele ficou sabendo da mulher e está ainda com meu pai, e eu pedi pra ele voltar pra família pq eu não quero que ele fique com aquela mulher, até pq ela foi errada em aceitar um caso com homem casado. Só que minha mãe está indo cada vez mais fundo, e eu acabei ajudando ela em muitas coisas ( mas nunca mencionei nada sobre eu ter dormido e falado com a mulher), e agora ela parece estar cada vez mais próxima de descobrir... eu fui a babaca por não contar pra ela sobre a traição e sobre eu ter dormido na casa da amante dele? Por favor me ajudem, estou nesse impasse faz meses e tenho medo da reação da minha mãe! Me aconselhem kkkkk realmente não posso contar pra “Ninguem”, então I need help
submitted by jujuoshi to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.22 19:31 anthonystark42 SOU BABACA POR NÃO REATAR COM MINHA EX APÓS SABER QUE ELA FOI ESTUPRADA?

Olá lubixco, turma, gatos, editores escravos, terraplanistas (eles precisam de atenção), e etc.
Essa história aconteceu no começo deste ano, porém, vou resumir rapidamente coisas que aconteceram a 4... 5 anos atrás para que vocês possam se localizar.
Contexto: em 2015, eu estava no segundo ano do ensino médio (eu tinha 16 anos), e conheci uma garota (vamos chamar de Carls) eu vi ela pela primeira vez no colégio, (ela era do sexto ano, tinha 14 anos) muito bonita e tal, e após alguns dias ela se mudou para a mesma rua que moro. Íamos e voltava-mos de o ônibus para casa, e no ponto mais próximo de nossa rua, ainda tinha-mos que caminhar cerca de 1Km até em casa, e nesse trajeto a gente foi se conhecendo aos poucos durante o tempo e criando afeto de amigos.
Em 2016, entrei para o terceirão, ela foi para o sétimo ano, e lá estávamos nos, todo dia cedinho indo para aula e voltando pra casa juntos, e eu comecei a gostar dela, obviamente não correspondido, ela ficava com alguns garotos da escola mas eu só ignorava, até porque eramos só amigos na visão dela. Ajudava ela com estudos, era colega do irmão dela, mãe dela vivia dando carona pra escola, meio que já era um cara bem próximo a família. Cortamos para metade de 2016, e ela começou a demonstrar sentimentos, e então pensamos "vamos nos dar uma chance", porém, a mãe dela só aceitaria que ela namorasse ao completar 15 anos, e sem pensar muito minha atitude foi esperar por ela, e dia pós dia, estávamos juntos, abraçados, praticamente assumidos para o público, mas sem mais que isso, pois levaria-mos a sério o pedido da mãe dela. (Sim, sem beijos nem nada)
Cortamos para final de 2016, dezembro, ano letivo já tinha acabado, mês do aniversário dela, e ali então seria não só o aniversário dela, mas também o nosso início. Cerca de dois dias após a festa ela mandou mensagem que iria passar as férias na casa do pai biológico, na cidade ao lado (a mãe dela se mudou por conta da separação). Mas nossa deixa para nós vermos seria o curso dela, ainda aqui na nossa cidade, ela teria que vir toda semana uma vez, e lá ia eu, de ônibus, toda quarta para falar com ela da saída do curso até ela embarcar novamente no ônibus, mas cada vez mais, ela estava fria, distante, nem parecia mais a mesma carls.
E cortamos para fevereiro, eu já não estava mais na escola por ter me formado, mas ainda ia sempre na escola acompanhar ela na saída, e como antes, ela continuava fria. Um dia tentei tirar satisfação via messenger e ela disse que não poderia assumir um relacionamento naquele momento, que não estava preparada, e nunca mais falou comigo.
Entrei pra faculdade, fiquei quase 8 meses sem me interessar em relacionamento por ter ficado completamente destruído, mas quase como um presente, vamos chamar de "Mila" a garota mais incrível do mundo apareceu em minha vida. Eu em SC ela em MG, e embarcamos em um aventura, muitas dificuldades, sofrimentos pela distância, mas chegamos a 2020, treix anos de namoro, com uma pessoa incrível e extremamente cumplice para tudo, planejando nosso noivado e o momento para ficarmos juntos de fato. (Se quiserem cinto nossa história muito louca em outro post)
E aqui começa o julgamento de se fui babaca ou não, em abril, recebi uma mensagem no WhatsApp, da minha "ex quase sogra", desesperada, que precisava conversar comigo, então pedi para falar por ali mesmo se era tão urgente. Depois de enrolar um pouco ela começou a mandar fotos, áudios, e a primeira foto que abir estava escrito "delegacia de polícia da mulher de SC, corpo de delito, Carls de Oliveira e papapa" e nos audios, uma voz trêmula me dizendo que descobriu que Carls tinha sido estuprada pelo pai biológico. Fiquei chocado no momento, mas fui ouvindo e entendendo, a história aconteceu quando Carls tinha 8 anos, e somente agora teve coragem de contar. Inciou processo, denuncia e tudo mais.
No dia seguinte ela mais calma, continuamos conversando e me dei a disposição, que caso ela precisa-se desabafar, poderiamos marcar um momentoe. E fizemos, nós encontramos pós o almoço, e conversamos no carro mesmo, ela me contou tudo de novo, e ao fim da conversa ela solta a frase "a Carls se afastou de você por medo desse acontecimento, medo de homens", "eu sei que você tá namorando, não quero nem que ela fique sabendo dessa conversa, pra não estragarem sem relacionamento", "Carls gostaria de poder contar com você de novo".
No mesmo instante me coloquei a predisposição, caso Carls precisa-se de um ombro amigo, poderia contar comigo. Finalizamos nossa conversa e minha primeira reação foi contar tudo pra Mila, o que ela achava disso, e ela concordou que eu desse um ombro amigo a Carls.
Algum dias depois, Carls começou a mandar mensagens pelo Messenger, e conversamos por algum tempo, todo dia tirava algum tempo para falar com ela, dar atenção. Até que ela começou com indiretas "ainda tenho nosso ursinho de pelúcia", "que saudades daquele dia", e ficou nisso algum tempo, chegava a ser incomodo. Então, chegou o dia que ela disse "você realmente gosta dela?" Se referindo a Mila, e eu confirmei, e veio o escândalo, "como você ama alguém assim tão fácil, se um dia disse que me amou?", "Quem ama espera". Mesmo nessa situação, eu fui calmo com ela, por tudo o que ela passou, e disse que seria seu amigo, poderia apoiar ela, mas que em forma de relacionamento, não teríamos nada.
E tomei um block, em sequência minha "ex quase sogra" me manda áudio que Carls estava no quarto chorando com a porta trancada e expliquei a situação, e recebi um "isso fará ela sofrer, ela quer te amar, não só um amigo, se for pra isso, e melhor se afastar" e mais um block.
Sou o babaca dessa história?
submitted by anthonystark42 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.21 02:10 thoommaaron Vc me conhece a anos e vai em trocar Assim ? .. Eu fui o Babaca ?


Olá lubaa, editores, gatas e turmas que está a ver...(Sou nordestino tia carsminha)Title : Vc me conhece a anos e esta me trocando por alguém que conhece a meses...Essa é uma mistura de Nice guy tbm, Então sou Thomas Aaron Tenho 21 anos moro em Salvador BA, eu sou uma pessoa carismática então conheço muitas pessoas por jogos online e na vida real tbm, eu conheço a pessoa a 10 anos amigos de infância vamos chamar ele Carls, A 4 anos atras chamei Carls para jogar online comigo um joguinho online LOL ,sendo como sou chamei ele para jogar apresentei pessoas para jogar com agente ele as conhece-las tbm . o tempo passou e eu reduzi meu tempo de jogatina pois sou pai e eu não moro com meus pais e el conheceu pessoas novas e ele me apresentou duas pessoas que a Darls e a Farls duas ótimas pessoas que falam comigo sempre o Carls ele tem um ego imenso por achar ser melhor que todos mais esforçado quando quer provar para alguém que ele é melhor e quando ele vê que não tem como ele desiste e descarta as objeções e objetivos eu me tornei amigo da Darls e da Farls jogando com essas pessoas com frequência !! e um dia de domingo eu decidi entrar para jogar e a Darls me chama com ele o Carls na sala para jogar ,e ele estava la e pouco segundos depois saiu alegando para ela que não ia jogar mas e ela sendo minha amiga falou que eles estava "Namorando" eu parabenizei e dei dicas pois conhecia o Carls a 12 anos... jogamos horas passou ela saiu e ele me chamou para jogar e ele e a Farls entrei falei com eles e jogamos, pouco tempo ele saiu para comer ea Farls falou que estava namorando com o Carls e eu pensei (como assim ele não esta namorando a Darls) como pode isso ... eu sendo muito amigo da Darls pensei falo com ela ou deixo quieto, deitei com minha esposa e Perguntei se deveria contar minha esposa falou que sim pois ninguém deveria passar por isso pois não é legal e fomos dormir..
No dia Seguinte: quando acordei eu estava e folga e entrei no discorde onde tinha 45 mensagem da Darls falando que tinha descobrido da farls e ela tava P*@$ da vida por ser engana ela descobriu que ele pediu as duas em namoro no mesmo dia e que ele não tinha nem trocado o contesto da frase e que tinha usado as mesmas palavras !!! ele tinha dois grupos diferentes onde jogava falando com uma e no outro para falar com a outra para não descobrir nessa situação eu aconselhei ela conversar com ele pois jogava com ambos e conhecia ele a mais tempo então só falei para ela
- Fala com ele conversa quem sabe vcs se entendam e fiquem amigos pelo menos !!
Ela se negou de falar com ele, eu entendia claro ela estava irritada e fui falar com ele sobre, ele nervoso por saber que eu sabia falou não fala com essa maluca não essa mulher é doida maluca ela acha que eu tinha algo com ela mais nunca pedi nada para ela ... eu estranhei a maneira dele falar pq ele tava nervoso e fui ate o chat falar com a Farls ela falou sobre a mesma coisa que ele era uma canalha filha da P*@% que ela não queria mais saber dele eu fui falar com o carls Sobre mais ele não argumentava e só falou que elas eram doidas que ele não pediu para namorar ninguém Então fui falar com a Darls ela me explicou e me mando ou print da Farls (Obs:isso aconteceu no ano passado e não tenho mais os prints pq para min era irrelevante mante-los no meu celularmais vou digitar em sequencia oque tinha nas mensagem vou digitar uma vez pq tinha a mesma coisa para Farls e a Darls).Mensagens :
- Carls : Serio eu te amo
- quero vc comigo para sempre
- Dars e Fars : ai que fofo tbm te amo <3 <3 <3 carinha com bucheca vermelha
- Cars : quer namorar comigo ? gosto muito de vc !
-Darls e Farls : sim Quero tbm gosto muito de vc !!!
Desfecho dramático: Eu vendo toda essa situação fui falar co m a farls e ela me mandou os mesmos prints e claramente afirmava que ele estava engando as duas, eu fui falar com ele falando que era uma sacanagem que não tinha necessidade dele estar fazendo pois as duas garotas tinham sentimentos ai ele disse.
- Carls: Então vc vai proteger elas que se conhece a pouco tempo e eu que sou seu amigo a 12 anos vai desprezar.
- Eu : Cara vou sim pq isso não se faz com ninguém ... isso é desprezível.
-Carls: vc quer ficar com elas né só pode ...sempre assim querendo me passar para traz querendo roubar minhas namoradas !! e ainda se diz meu amigo
(Obs : anos atras quando tinhas uns 5 anos de amizade ele namoro uma menina que tinha problemas com a família e se alto mutilava... ele planejava ficar com outra garota na escola tudo escondido ela me perguntou sobre tal ação e confirmei pq fiquei com medo fazer lago como tal pior ela tentou se matar por isso passou u mt empo no hospital depois ele terminou falando que ela era maluca e ela fou que não queria mais ele)Na epoca fiz oque achei certo não poderia deixar ela ser feito de besta daquela maneira.
Eu afirmei logo depois. - Cara deixa de ser idiota sou casado e tenho uma filha não estragaria meu casamento assim .. não que ficar Com "Suas Namoradas" isso é errado e repudiante mulher nenhuma vai querer vc sabendo dessas ações infantis sua
Ele sem algum argumento plausível disse. - vc é uma merda vcs 3 se merecem vcs são burros e troxas . (Claramente um nice guy)
logo apos isso ele foi falar com as minas sobre o ocorrido de 5 anos atras falando que eu queria roubar a namorada a farls mesmo eu não me metendo tanto me bloqueou do Discord e do LOL
a Darls ja sabia sobre isso e conhecia meu irmão que explico como foi a historia e continua falando comigo normal.
Segundo Desfecho dramático: Logo apos isso eu bloqueei o Carls de tudo que era rede social possível e a Darls me chamou para jogar e ai conheci a Tarls A terceira namorada dele que ele pediu em namoro do mesmo jeito sem nem troca as palavras ... a Darls me pediu ajuda para contar e eu e contei a menina ficou [email protected]*& da vida ele entrou na conta dela do discord para me falar algumas coisas mais falei para ele ir chorar no colo da mamãe para ele deixar de ser um garoto nojento e para não me procurar mais .... Eu fui o babaca em me meter defendendo a Darls ea Farls por essa atitude dele ?? ............. Fica minha historia incrível ai luba E editores e a turma toda que esta a ver ! deixem ai oque vcs acham !!! fu i realmente o babaca Bjss Flww
submitted by thoommaaron to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.11 01:18 movie_freak15 Eu to te dando chifre pq te amo

[TURMA FEIRA] primeira vez q posto aqui
Olá Lubisco, turma, editores, papelões, gatos e seres adicionais Irei compartilhar hj minha desgraça com PRINTS do meu primeiro relacionamento que acabou sendo tbm minha coming out história Eu tinha uma melhor amiga muitoooo próxima e por anos fomos como unha e carne, eu fazia tudo por ela, até mesmo uma denúncia na escola do pai dela quando bateu nela e acabou que já que sua mãe é muito influente na cidade(leia se cidade pequena e mulher podre de rica), a escola cuzona me dedou e deu toda uma merda onde a surtada da mãe dela proibiu que fossemos amigas, me perseguiu, ligava pro meu número, colocou gente me ligando, quebrou coisas minhas que eu tinha deixado na casa dela, invadiu o pátio da escola e correu atrás de mim, um horror. Enfim, pq isso importa? Pq eu fui trouxa o suficiente pra nn me afastar quando foi necessário e sair desse pesadelo, continuamos amigas á la romeu e julieta moderno. Por fim de dezembro do ano passado, ainda sendo amigas escondidas, eu percebi que estava com uns sentimentos estranhos por ela e COMO SEGUNDO ERRO, me declarei e ela disse que sentia o mesmo. Conversamos mt sobre por meses, e em fevereiro pedi ela em namoro. Superei meu medo de sair do armário que nem sabia que tava vivendo KKKKK, foi estranho, mas eu estava me sentindo feliz e confiante. Mas agr vc estão pensando, isso é uma história de chifre!!! Sim, pois é. Namoramos por 4 meses. Foram os 4 meses mais infernais da minha vida, eu vivia pra ela, ela sumia por dias sem dar notícias e eu nn podia demorar pra responder. Minha saúde mental estava um caos. O relacionamento estava abusivo e eu estava presa, todos meus amigos estavam preocupados, então eu só consegui sair quando alguém meteu a real na minha cara sobre as traições dela: Um dia, um menino que eu nem conversava mais (eu costumava ser amiga dele, mas agr ele era amigo muito mais dela) chegou e me perguntou se realmente estavamos namorando (eu nn estranhei TANTO que ela nn contou pq eu ainda estava saindo do armário, e se a mãe dela descobrisse iria começar a me caçar dnv, mas eles eram mt amigos, ela poderia confiar), eu confirmei, e a partir disso segue os prints Prints insta: garoto me contando Prints tt: eu enfrentando a Carls egoísta
https://imgur.com/gallery/ZYYSn69 (são uns 11 acho)
Achava que acabava por ai???? NOOOOO Eu contei pros meus amigos e ela nn tem muitos por si (pode ser pelo comportamento doentio e egoísta), mas uma das nossas amigas em comum é amg dela a 13 anos e minha a 3. Bom, ela ficou tão puta com isso que bloqueoou a Carls em tudo e disse q nn queria mais nada dela. A menina montou um fanfic na cabeça e agr conta que nunca houve namoro e o pior de tudo virou a mãe dela pq agr me persegue. Na última semana ela viu uma mnsg minha para um amigo flnd que minha psicóloga tinha dito pra eu me afastar msm, que ela era egoísta com essas atitudes, bom... O surto em forma de gente achou o contato da minha psico MANDOU MENSAGEM pra ela invadindo meu espaço terapêutico total né e perguntando se era vdd que ela era infantil e imatura, ta foda. Nos últimos dias nn aconteceu nada felizmente e espero que eu tenha paz agr
Bom é isso, espero que essa bola de neve tenha rendido algooo, um beijooooo goxxto mt de ti e sigo a anos, se cuida 💙💙💙
submitted by movie_freak15 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.09 04:18 Flavio_TV Minha mãe foi babaca por dizer que eu perderia o apoio da família inteira por conta de uma escolha minha?

Olá Lubinha (vulgo Lubixxco), Editores, gatas e gatos, presentes e ausentes papelões, inexistentes convidados, turma que está a ver, quarentenados e pessoal do reddit. (Sou nordestino rs) Essa minha história é sobre como quase perdi o apoio da minha família por conta de uma escolha minha considerada “errada” pela minha mãe. Pois bem, essa história é um pouco longa, mas vou tentar resumir o máximo, pois ocorreram muitas coisas nesse período. Foi no começo do ano, eu tinha acabado de sair de um relacionamento e passado por um pequeno “trauma” (coloquei as aspas pois não considero um evento tão traumático, porem me deixou marcas), sofri assedio pelo meu professor de música (posso contar melhor sobre essa história num próximo post). Como minha relação com minha mãe é bastante bacana, ela me ajudou a superar isso. Eu sou um cara que ainda não possui uma definição para a minha orientação sexual, já tive relacionamento com mulheres, porém não com homens e sempre tive a curiosidade de saber como é, pois já senti um certo interesse por isso. Eu tinha um certo interesse por um guri com o nome de Carls que me fazia querer saber como seria (nessa época, já tava namorando). Pouco tempo depois do término do meu namoro, entrei em contato com o Carls que sempre admirei e gostava muito, porém nunca tive coragem de avançar nossa relação (minha orientação sexual sempre foi um tanto que confusa pra mim, porem sempre deixei fluir pra ver no que dava), ele era um cara bastante interessante pra mim, que me deixava fascinado com sua performance. Eu já havia comentado com minha mãe sobre isso (antes de eu namorar), porém ela nunca entendia e sempre ficava confusa sobre esses assuntos. Particularmente, pelo fato dela não saber lidar com isso, ela tem um pequeno preconceito por esse tipo de coisa, ela me disse para ter calma e que talvez não era isso o que queria, fiquei bastante confuso, porem resolvi esperar. Depois de nós termos trocado mensagens, fui contar a minha mãe sobre ele e o que eu realmente queria, imediatamente ela brigou comigo pelo fato de eu ter recém-terminado um relacionamento e já estava querendo partir pra outro, ela ficou extremamente com raiva dizendo que eu devia dar um tempo para pelo menos respeitar o momento, porém eu não via o tal momento para ser respeitado, ela ficou muito nervosa com a situação, ainda mais por eu ter dito que tinha interesse num relacionamento homo afetivo. Então eu disse pra ela “Mas isso é minha vontade, não posso controla-la”, então ela me colocou contra a parede na seguinte frase que me disse “Então você vai ter que escolher entre o apoio da sua família e ele”. De repente fiquei em choque, não consegui responder nada, e logo minha mãe saiu de onde eu estava, fiquei simplesmente sem reação. Poucos minutos, chegou a minha irmã querendo conversar sobre isso, eu disse que não queria, mas logo ela me convenceu. Quando comecei a falar, não consegui segurar as lágrimas e chorei muito (como se meu mundo desabasse), falei tudo que sentia pra minha irmã, que estava extremamente confuso e chateado com ela, como minha irmã está estudando psicologia a conversa ficou muito mais agradável. Como minha irmã percebeu que eu não estava nada bem, ela imediatamente me mandou ir a um psicólogo para tratar desse problema para que ele não generalizasse e futuramente se tornar um trauma (ela não poderia me tratar pois psicólogos não podem tratar parentes e familiares, segundo o que ela disse). No início fui contra pois eu tinha muitos estereótipos de psicólogos achando que só pessoas com depressão que deveriam ir, mas logo me convenci a ir e gostei bastante da terapia (graças a Deux hoje estou muito bem, obrigado por preocupar rs), inclusive recomendo a qualquer um ir a uma terapia pois é simplesmente ótimo a experiência. Logo após estes eventos, minha mãe me pediu desculpas pelo que ela falou e eu sem contestar nada a perdoei, pois não queria nenhuma desavença com a minha mãe. Eu expliquei pro rapaz que conversava sobre o pq de eu não poder mais conversar com ele, ele super entendeu a situação e acabamos por se despedindo um do outro para não ter mais essa confusão (se não tivesse apagado a conversa, teria mandado alguns prints da nossa conversa). Agora fica a pergunta: “Minha mãe foi babaca por dizer que eu perderia o apoio da família inteira por conta de uma escolha minha? ” , Enfim Lubixco e todos que leram, essa é minha historinha, espero que tenham se entretido um pouco e Bjsss =>30. ❤
submitted by Flavio_TV to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.07 03:53 mainicrafiti Eu fui babaca por descobrir a verdade??

Oi lubisco, editores, falecidos papelões, possível convidado e turma que está a ver.
(Se quiser usar sotaque sulista, eu sou daqui ;) )
Essa história se passa a uns 3 meses atrás mas ela existe a mais de 3 anos. Eu era amiga de uma menina que chamarei de Barls, e ela era namorada de um amigo meu bem íntimo, e sempre havia briga entre eles. Eu odiava cada briga que eles tinham toda vez que se viam, e ela me contava que ele era muito abusivo e controlador e por essas histórias que ela me contava (e que eu acreditava), eu acabei me afastando desse amigo (Farls), até pegando uma raivinha e repulsa dele. Ela chorava me contando o que ele fazia com ela e eu me sentia horrível por não poder ajudar. Ela dizia que ele não deixava ela falar com os amigos machos dela e nem sair com a amiga dela (vulgo irmã do Farls) e palavras grosseiras contra ela. Falando que ela era uma vadia por falar com os rapazes ao redor dela, estando ela namorando ele. Eu achava um absurdo por ele fazer isso. Até o dia em que estivemos em um acamps de amigos e ele estava lá. E conversamos por um bom tempo, até que tocamos no assunto do ex namoro deles. Eu fiquei muito irritada quando soube da versão dele. Ele me disse que ele era possessivo e tudo mais, mas não dá forma que ela o descrevia. Pois quem proibia as coisas no namoro era ela. Houve uma vez em que ele me contou que a Barls e o Farls estavam na escola, e na sala da Barls tinha um garoto que namora, e a Barls apertou a bunda dele no meio da aula (ela estando namorando com o Farls) e logo após a aula a namorada do guri com a bunda apertada foi falar com o Farls, o avisando para segurar a namorada dele. Estando ele irritado, foi em direção da Barls tirar satisfação, então na cara dura ela mentiu falando que não havia feito aquilo. Então sem mais demora ele chamou a namorada do guri da bunda e o guri. E ele confirmou a história. E então ela havia falado a verdade. (Basicamente coisas assim que ela fazia) Eu fiquei muito irritada com ela dps dessa descoberta, por ela ter mentido para mim por mais de 2 anos. Depois de um tempo dps do passeio, ela veio desabafar pra mim, dizendo que estava mal e tudo mais. E eu mandei os prints do desabafo dela para o ex dela. Falando o quanto ela mentia pra mim. Mas dps de ver a cagada q eu tinha feito, eu pedi ajuda pra ele para saber o que falar pra ela. Pois eu gostava da minha amiga. Apesar da mentira. Eu mostrei os desabafos todos pra ele. E ele ria, pois já tinha visto o teatrinho várias vezes, como uma maneira de se desculpar com ele, para ele sentir pena dela e perdoa-la. Eu ri junto com ele mas sabia que tinha feito errado. Mas NN liguei. Depois de umas 2 semanas depois, ela me mandou mensagem me xingando muito por eu ter feito isso, me chamando de cínica por não me importar com tal ação minha. Pois já havia de passado MT tempo. Ela me xingava me dizendo que para comer a comida dela eu fui mulher mas NN dizer que conversava com o ex dela eu NN fui. Então eu perguntei como ela sabia disso, sendo que a conversa havia ficado entre ele e eu. Então ela me disse que havia pegado meu celular escondido enquanto eu fui no banheiro na casa dela e viu as mensagens com ele. Eu fiquei indignada com tal confissão. Eu me senti traída com traí de certa forma. Ela me mandou áudios e audios dizendo que eu NN deveria me intrometer e tudo mais. Mas eu simplesmente estava nem aí para os xingamentos dela. Então me desculpei bem "sentimental" para ela e até hoje estamos sem nos falar.
Lhe pergunto: EU FUI A BABACA??
Desculpe por ser curto, =30. Beijos lubisco
submitted by mainicrafiti to TurmaFeira [link] [comments]


um namorado para minha esposa 2008 dvdrip xivid dublado by ... MULHER GOSTOSA - Humor Tadela - YouTube Namorando uma Mulher 2018 - YouTube NAMORANDO UMA MULHER GORDA - YouTube Um Namorado Para Minha Mulher-assistir filme completo dublado em portugues O que as mulheres devem fazer após as relações? - YouTube Conquistar mulher vocé é um produto vendido as mulheres Homem X Mulher Namorando e Casados Por que homens olham para outras mulheres - YouTube Um Namorado Para Minha Mulher -assistir filme completo dublado em portugues

Autoridade Feminina Relacionamento para Mulheres

  1. um namorado para minha esposa 2008 dvdrip xivid dublado by ...
  2. MULHER GOSTOSA - Humor Tadela - YouTube
  3. Namorando uma Mulher 2018 - YouTube
  4. NAMORANDO UMA MULHER GORDA - YouTube
  5. Um Namorado Para Minha Mulher-assistir filme completo dublado em portugues
  6. O que as mulheres devem fazer após as relações? - YouTube
  7. Conquistar mulher vocé é um produto vendido as mulheres
  8. Homem X Mulher Namorando e Casados
  9. Por que homens olham para outras mulheres - YouTube
  10. Um Namorado Para Minha Mulher -assistir filme completo dublado em portugues

Entre em contato por: [email protected] Adquira o Batom Jéssica Lopes para Tblogs: https://www.tblogsshop.com.br/batom-jessica-lopes-matte.html Br... Me perdoem. Muita gripe e febre por aqui, queridas do meu canal, mas não esqueço de vocês. Vejam as dicas sobre os cuidados íntimos após as relações sexuais,... Acesse o site: humortadela.bol.uol.com.br para mais animações legais como essa. Curta a página do HT: www.facebook.com/humortadela Você levou sua namorada para dar uma volta no shopping e ai passou aquele avião do seu lado. O que você faz? Olha para moça, se faz de cego ou finge lesão e ... 5 coisas que o marido espera da mulher - Duration: 14:54. Renato Cardoso Recommended for you. 14:54. In The Mix YouTube Movies. 2005 · Action & Adventure; 1:35:48. um namorado para minha esposa ... inscreva-se no canal novo filmes todos os dias Um Namorado Para MInha Mulher com Ingrid Guimarães , Caco Ciocler Trailer Oficial - Duration: 2:48. FilmIsNow Movie Trailers International 160,624 views 2:48 E ae galera do YouTube.. Desta vez voltei com a participação da minha irmã Daiane Lopes para falar da diferença entre Homem X Mulher Namorando e Casados... Se gostaram compartilhem o vídeo e ... Você é um produto que está sendo vendido para as mulheres. 12:00 Reflexões 6 comments Muitas vezes, nos meus largos passos dentro a fundo da internet, ainda me deparo com pobres jovens em ... Tana Ferro (Valeria Bertuccelli) está sem trabalhar e seu mal humor está enlouquecendo seu marido Tenso Polsky (Adrián Suar). Sem saber como melhorar a situa...